" /> Panamá, um destino surpreendente - Agarre o Mundo

Panamá, um destino surpreendente

Biodiversity Museum - Panamá Foto: Visit Panamá
escrito por Camila Carvalho

Assim que ouvimos a palavra Panamá, com toda certeza, vem a cabeça de alguns, a imagem do Canal do Panamá, uma obra da engenharia humana, que liga os oceanos Atlântico e Pacífico e assim permite que as embarcações atravessem de um lado a outro sem ter que dar a volta ao continente.

Outros podem pensar em imagens de praias paradisíacas, afinal a natureza de lá é exuberante. E para quem é louco por compras, já se imagina com várias sacolas, já que os preços são bem mais em conta, principalmente se comparado ao Brasil, onde a carga tributária é altíssima.

Entretanto, saiba que o Panamá é uma caixinha de surpresas, e além disso tudo, que citei acima, o país tem muito mais a lhe oferecer, assim, você vai se surpreender em cada esquina, em cada compra, em cada praia e em cada comida.

Convidamos então, a querida Camila Carvalho, uma vez que ela visita inúmeras vezes o país por ano, por conta da sua profissão, assim ela pode nos falar com propriedade, sobre as melhores atrações oferecidas pelo país.

Mas antes de mais nada, falaremos sobre o famoso chapéu de lá, certo?

Curiosidade: o chapéu Panamá é do Equador

O famoso chapéu Panamá

Provavelmente, algumas pessoas lembram do Panamá quando se fala do chapéu “Panamá”, mas que na verdade, tem origem no Equador, onde é chamado ainda de “toquilla” ou “montecristi”.

A saber, o nome “Panamá” surgiu quando franceses e americanos que trabalhavam na construção do canal do Panamá, compravam os modelos e diziam que eram panamenhos ao retornarem para seus países. 

Mas dizem que a fama só aumentou quando o presidente Roosevelt dos EUA, visitou o canal usando o tal chapéu. Ao aparecer nas capas dos jornais e ser questionado sobre a origem, ele respondia, “do Panamá”.

Assim, quando o mundo descobriu que os chapéus eram equatorianos, o nome “Panamá” já era bastante familiar para ser modificado.

Outro fato, é que até hoje a primeira etapa da produção do chapéu é feita no Equador, artesanalmente, por camponeses que recebem pouquíssimo pelo trabalho. Já a segunda parte é feita numa empresa, onde eles são fervidos e prensados, ganhando forma.

Como é produzido o chapéu Panamá Vídeo: UNESCO

O chapéu Panamá leva de 2 dias a 6 meses para ser finalizado, enquanto o valor varia entre 25 a 1000 dólares. Isso mesmo, 1000 dólares! Decerto você questionará por que tanta variação de tempo e valor?

Então, segundo o vendedor final, quanto mais fina a trama da palha, maior a quantidade, mais delicado e demorado, melhor qualidade, portanto, maior o preço e o lucro, risos…

De fato, eles são leves, permitem que o ar circule e mantenha a cabeça seca, além de possuir um forro fino, impedindo que a testa toque na palha e cause desconforto.

Chique, não é?
O famoso chapéu Panamá é ícone da moda

Sem dúvida, uma peça estilosa, atemporal, desejo de homens e mulheres, além de ser um acessório clássico no mundo da moda. Ah, a cor branca é a mais tradicional, entretanto existem os coloridos.

Mas antes de tudo, o chapéu é símbolo nacional e tesouro do Equador, tanto que foi reconhecido pela UNESCO como patrimônio cultural intangível do mundo.

Sobre Camila Carvalho

Camila Carvalho, 34 anos, nasceu em Salvador-BA, formada em aviação civil, sendo atuante na área. Apaixonada pela profissão que exerce, conta com mais de 10 anos de experiência no ramo da aviação.

Além da paixão por trabalhar na área da aviação civil, Camila ama aproveitar a vida viajando, conhecendo pessoas pelo mundo, desbravando lugares e novas culturas.

O Panamá é sinônimo de…

Certamente, diversão e cultura. É um lugar que liga a América Central a América do Sul. Local onde se encontram ao mesmo tempo ruínas e aranha céus modernos.

Por que você viaja muito ao Panamá e gosta tanto?

Vou muitas vezes ao Panamá por conta do meu trabalho. Mas, sinceramente, iria igualmente mesmo que não fosse a trabalho, já que sou apaixonada pelo Panamá, por ser um país incrível com muita diversidade cultural.

A saber, o Panamá e dividido em três épocas:

O Panamá Viejo, como o próprio nome diz, é a parte mais antiga da cidade, onde se encontram inclusive ruínas.

Ruínas do Panamá Viejo

O Casco Viejo ou Antíguo, como é chamado, é como se fosse o coração do Panamá, ocupando o segundo lugar entre os mais visitados no Panamá, perdendo apenas para o canal.

Casco Antíguo

Assim, o Casco Antíguo é conhecido por sua gastronomia e vida noturna, ou seja, se você deseja diversão, aqui estão as melhores baladas da cidade.

Por fim, tem a Cidade do Panamá que é uma cidade bem nova e moderna, lembra muito Miami e com arquitetura bem parecida com Dubai eu acho. Lá é a cidade moderna do Panamá, a parte mais nova da cidade.

Avenida Balboa - Panamá
Avenida Balboa – Cidade do Panamá

Você acha que é um bom país para se viver?

Apesar de ser apaixonada pelo Panamá, eu acho que não é uma boa cidade para se morar, já que o custo de vida é muito alto. Mas para passear vale muito a pena.

Conquanto o clima de lá também não é muito favorável, pois é uma cidade muito úmida e chove quase todos os dias, mesmo com o calor.

Dessa maneira, a época mais seca e melhor para visitar é de dezembro a abril. Mas lembre que a alta temporada vai de dezembro a fevereiro, portanto os preços costumam subir.

Então, o custo de vida no Panamá é alto?

Elevadíssimo, sendo muito alto mesmo e acredite, ainda que você tenha uma boa profissão, como as que são consideradas boas no Brasil, o mesmo não acontece no Panamá.

E se você acredita que morando no interior, o custo é mais baixo, saiba que o custo de vida é também alto.

Por exemplo, no Panamá a profissão de médico não é tão bem remunerada como aqui, assim, as pessoas vão para os Estados Unidos em busca de melhores salários, não é vantajoso ser médico, advogado, engenheiro, entre tantas outras profissões.

Arrisco dizer que uma das poucas profissões que valha muito a pena exercer no Panamá é a de piloto de linhas aéreas, pois se paga muito bem.

Assim, não aconselho viver no Panamá, a não ser que seja piloto pelo Copa Airlines.

Quando vamos a uma cidade, costumamos estudar um pouco sobre suas características. O Panamá superou as suas expectativas ou deixou a desejar?

Superou e muito, como eu disse, vou ao Panamá com frequência, entretanto, não imaginava que tudo fosse tão maravilhoso, que tivesse tantas coisas boas para se fazer.

Praia da Cidade do Panamá
Praia da Cidade do Panamá

Qual a característica do lugar que mais lhe agrada?

Certamente a vida noturna, que é sem igual. A saber, os pubs ficam localizados em cima dos hostels, e acredite, tem para todo lado do Casco Antíguo.

Placa "La Vida Bellea" Panamá

De tal forma que você entra em um pub e ao lado existem outros 10. Então, uma das características que me agradam é a facilidade que se tem em encontrar diversão, ou seja, tem balada para todo tipo de pessoa.

Contudo não posso deixar de falar das praias, acredito que sejam as melhores da América Central.

Praia Panamá

O que você acha que seria mais difícil para se adaptar a Cidade do Panamá?

Com toda certeza, ao clima muito úmido, pois chove todos os dias e assim o dia fica muito abafado.

Quais as características mais marcantes dos panamenhos?

São pessoas bem simpáticas, entretanto tem algo em alguns que me incomoda um pouco. Alguns homens gostam muito de ostentar, de tal forma que competem muito uns com os outros.

Aliás, eles são muito obcecados por ostentar tudo, roupas, carros, mulheres. Enfim, eles levam isso muito a sério. Respeito o modo de vida deles, mas é algo que me incomoda.

Quem vai a Cidade do Panamá não pode deixar de…

Certamente, não pode deixar de ir ao canal do Panamá, mas lembre-se de chegar cedo, ou terá que disputar um lugar para conseguir ver algum navio passando pelo canal.

Canal do Panamá
Canal do Panamá – Cidade do Panamá

E você deve conhecer também o Amador Causeway que é um lugar muito parecido com Pontão do Lago Sul (Brasília), ou seja, uma área com vários bares e restaurantes, só que bem mais bonito, sendo este o meu lugar favorito e fica apenas 15 minutos do centro.

Seus amigos lhe pediram uma sugestão de roteiro. Como você organizaria um roteiro de 3 dias, para que eles usufruíssem ao máximo a região?

Se o voo escolhido for da Copa, que chega às 6h da manhã, eu indicaria pegar logo um Uber para o canal do Panamá, mesmo que chegue cansado do voo, pois chegando cedo você poderia apreciar o canal e o museu do canal, por 15 dólares.

Pois só vale a pena ir até o canal, se for bem cedo, e para quem gosta de viajar e ficar dormindo até mais tarde, tem a opção de ir ao final da tarde. Já que em outros horários, quase não é possível ver os navios.

Depois iria para o Albrook (Mall do Panamá) e já recomendaria fazer comprinhas na El Costo ou Titan, só então iria para o hotel.

Embora pareça muito para um único dia, por volta das 19h, recomendo dar uma volta no Gatto Blanco, no Casco Antíguo. E só então, terminaria o primeiro dia, retornando ao hotel para descansar.

Gatto Blanco - Panamá

No segundo dia, recomendo uma volta no Panamá Viejo, para que conheça a região, pagará 15 dólares pela entrada. À noite, volte ao Casco Antíguo, já que ainda tem pubs para conhecer.

Por fim, no terceiro dia, recomendo passar o dia no Amador Causeway e por último se lhe apetecesse, recomendo que vá ao shopping que fica ao lado do aeroporto, o Metromall.

Comida nos move. Que especialidades gastronômicas deveríamos provar no Panamá?

De fato, para ser bem honesta, no Panamá eles misturam muito os sabores nas comidas, ou seja, eles misturam fruta com os pratos principais.

Além disso, tudo tem doce. Não estou brincando, no arroz tem doce; um exemplo, eles colocam manga no arroz. Desta forma eu não curto muito a comida típica deles, pois essa mistura é estranha para o meu paladar, mas se você curte experimentar uma comida diferente, talvez goste.

Mas vou falar o que como quando estou na Cidade do Panamá, eu adoro comer frutos do mar, então sempre vou a um restaurante, chamado Coliseum Roma, localizado no Casa Casco, então, para mim, esse é o melhor lugar para fazer uma excelente refeição, pois é tudo maravilhoso.

Hoje é um dia mega especial, que local você sugere para um jantar comemorativo?

Com toda certeza, indicaria a Casa Casco.

Qual é a melhor região para se hospedar?

No centro mesmo, ou seja, na Avenida San Francisco ou Balboa. Posso indicar hotéis que conheço: O Aloft Panamá é um hotel bem no centro, é maravilhoso e mais em conta.

Tem também o Ramada Plaza, que é uma ótima opção, com excelente custo benefício.

Melhores lugares para se fazer compras na Cidade do Panamá?

Os shoppings são os melhores, já que os preços são surreais de tão pequenos, quando comparados com os valores pagos, principalmente no Brasil. Os preços são um pouco maior que Miami, no entanto, no Dutty Free ainda é mais em conta devido a isenção do imposto.

Albrool Mall - Panamá

Então se você deseja fazer compras, tenha certeza que você encontrará tudo que deseja. É mesmo um sonho.

Para quem fica na avenida San Francisco, hospedado por exemplo, no Aloft hotel, tem a cerca de 10 minutos, o Shopping Albrook, que fica na avenida Balboa, sendo esta, a avenida mais linda do Panamá.

Essa é a parte nova da cidade, onde você pode encontrar lojas incríveis, por exemplo, a Titan, com preços fora do comum. Tem também a El Costo, que não é tão boa como a Titan, entretanto as pessoas também gostam muito.

Outra opção é o Metromall, que fica perto do aeroporto. Contudo, para quem quer algo mais sofisticado tem o Shopping Multi Plaza é tipo o Iguatemi aqui no Brasil. As coisas são mais caras, mesmo que você não compre, vale a pena conhecer.

Indica algum bate e volta partindo da Cidade do Panamá?

Certamente, pois a cerca de 4 horas tem San Blás, que é um arquipélago com mais de 750 ilhas, eu particularmente, amo.

Existe também um lugar chamado Bocas del Toro, que é maravilhoso. As pessoas, não tem noção do que é aquilo.

Bocas del Toro - Panamá

Existe algum ponto turístico que você não recomenda? Porque?

Não recomendo ir aos povoados, como San Miguelito, simplesmente por ser perigoso.

Que lugar você sugere para sair a noite?

Sempre, Casco Antíguo. Com toda certeza, estão lá os melhores pubs, na minha opinião, em primeiro lugar, ou seja, o meu favorito é a “Casa Casco“, um lugar com muitos estrangeiros e gente bonita.

Casa Casco Pub

Se você é um turista, talvez não conhecerá alguns pubs, pois no Panamá, eles ficam todos bem escondidos entre um hostel e outro.

Assim, vale muito a pena ir também no “Salvaje” que é o meu segundo lugar favorito no Casco Antíguo.

Salvaje Panamá Foto: Salvaje
Salvaje Restaurante y Rooftop Foto: Salvaje

E por último, mas também favorito, o “Gatto Blanco“, não tem como não visitar esse pub quando você estiver por lá.

Gatto Blanco - Panamá Foto: Gatto Blanco
Gatto Blanco – Cidade do Panamá Foto: Gatto Blanco

Vou confessar, afinal lá é o único lugar que me deixa dar uma de DJ e escutar todos meus cantantes favoritos.

Que programa a Cidade do Panamá oferece as crianças?

Você pode levar as crianças a Cinta Costera (Causeway), pois lá você pode andar de patins, tem aquelas bicicletas enormes, tem “El Gellato” e muitas atividades para “los niños”.

Na mesma região se encontra o lindo Biomuseu, focado na história do Panamá.

Causeway

Enfim, o Panamá é incrível e vale muito a pena fazer um tour pela cidade e pegar uma conexão de pelo menos 3 dias. Eu amo esse lugar, me fez muito feliz por muitos anos.

Assim terminamos nosso tour pelo Panamá


Você conhece a Cidade do Panamá? Se você gostou do post, confira também as dicas de brasileiros que vivem em outros locais: Turquia, Orlando, Boston e Madrid.

E se desejar um roteiro para viajar para o Panamá ou para qualquer outro destino, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo, conforme o perfil de viajante, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, passagens e hoteis, ou seja, a viagem completa.


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

parceiros

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Camila Carvalho

Baiana, formada em aviação civil, sendo atuante na área. Apaixonada pela profissão que exerce, conta com mais de 10 anos de experiência no ramo da aviação. Além da paixão por trabalhar na área da aviação civil, Camila ama aproveitar a vida viajando, conhecendo pessoas pelo mundo, desbravando lugares e novas culturas.

Veja também

Compartilhe


4 comentários em “Panamá, um destino surpreendente

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!