" /> Descubra Trieste, uma linda cidade italiana - Agarre o Mundo

Descubra Trieste, uma linda cidade italiana

escrito por Kenia Miranda

A Itália e seus encantos. Descubra Trieste, uma linda cidade italiana.

Que a Itália é encantadora e bastante procurada por turistas, todos nós sabemos, mas talvez poucos se dão conta da quantidade de cidades interessantes e escondidas que existem no país.

Trieste é uma cidade bem bonita e diferente das outras cidades italianas, talvez provavelmente, por ter tido ao longo dos tempos várias dominações.

De tal forma que vale muito a pena fugir um pouco da rota turística e se surpreender pelo novo.

Talvez provavelmente, eu nunca buscaria conhecer a cidade de Trieste isoladamente, e acredito que muitos turistas pensem da mesma forma.

De fato, isso é tristemente uma verdade, pois o Lonely Planet, em 2012, escolheu Trieste como a cidade mais subestimada do mundo.

Como fui parar em Trieste?

Trieste entrou no meu roteiro 15 dias antes da nossa viagem, que seria apenas pela Alemanha, mas precisou ser alterada, pois tínhamos que ir à Eslovênia.

Deste modo, fui pesquisar sobre a região para descobrir em qual cidade dormiríamos, pois estávamos viajando com crianças e não queríamos fazer nada correndo.

Então, quando meus olhos viram algumas imagens de Trieste, mais uma vez fui “forçada” a mudar a programação, já que apenas dormir uma noite ali, não seria o suficiente para deixar meu coração feliz.

Grande canal de Trieste

Hoje falo que sorte a nossa ter conhecido esta riqueza, portanto, vá conhecer Trieste.

História de Trieste

Decerto, não tem como deixar de contar a história da cidade, visto que sempre foi um ponto de conflito e interesses de vários países.

A saber, Trieste é a capital da região de Friul-Veneza Júlia, localizada no nordeste da Itália, onde ocupa uma faixa de terra estreita entre a costa do Mar Adriático e a fronteira com a Eslovênia, principal motivo dos conflitos.

Se você chegar de carro, já vai se deparar com o motivo de tantos conflitos, o maravilhoso Mar Adriático.

A princípio foi colônia Romana, entretanto com a queda do Império Romano, ficou sobre o controle do Império Bizantino, que deixou suas marcas principalmente na arquitetura da cidade.

Por séculos a cidade foi ponto de conflito entre os venezianos e o Império Austro-Húngaro e, durante a Idade Média, Trieste competiu com Veneza pelo controle do Mar Adriático, aliás, quase foi destruída no processo.

Contudo, voluntariamente, no ano de 1382, buscando proteção, passou a pertencer ao Império Austríaco até o ano de 1918.

Durante a primeira guerra mundial, a Itália a fim de obter uma recompensa, por mudar de lado e apoiar a Inglaterra e a França, exigiu Trieste e Trento incorporados ao seu território.

De tal forma que após a Primeira Guerra Mundial, a maioria da população na cidade era italiana, embora tivesse mais eslovenos que a cidade de Ljubljana.

Então, neste momento que se iniciou o processo de italianização forçada, a língua eslovena foi proibida, além de lojas e livrarias destruídas.

De fato, essa reestruturação fez com que muitos eslovenos emigrassem durante este período. Infelizmente, os que ficaram foram enviados para os campos de concentração, anos depois, durante a Segunda Guerra Mundial.

Atrações que você deve conhecer:

Trieste, conhecida como Trst em esloveno ou Triest em alemão, de fato, mostra a sua multiculturalidade.

São grandes e evidentes as influências austro-húngara e eslovena no seu cenário de Trieste.

Mesmo com suas memórias de guerra, a cidade conta com palácios imponentes, sendo também reconhecida por sua vasta literatura.

Piazza Unità d’Italia

Com toda a certeza você vai parar e ficar admirando esta praça, que por sinal, é a maior praça à beira mar da Europa.

Piazza Unità d’Italia, Trieste

Seu primeiro nome foi “Praça de São Pedro”, já que havia uma igreja com o mesmo nome.

No ano de 1919, essa praça ainda era conhecida como “Praça Grande”, embora a mudança de nome tenha um sentido para os italianos, talvez passe despercebido para muitos turistas, mas não deixaremos passar para você.

Esta mudança de nome foi a forma que os italianos encontraram de deixar claro para a minoria de língua alemã e eslovena, que já não eram mais bem-vindos ali.

Inegavelmente a praça é uma das belas atrações da cidade. Afinal, ao redor da Praça existem 5 palácios, um hotel, um edifício de uma empresa de navegação e a Fontana dei Quattro Continenti.

Fontana dei Quattro Continenti, obra feita no século XVIII, construída para comemorar o “porto livre” que a cidade acabara de conquistar.

Trieste e seus cafés

Trieste era uma das maiores cidades do Império, século XIX, juntamente com Viena, Budapeste e Praga e assim como todas estas, tinha uma tradição de cafés.

Com toda a certeza um deles lhe chamará atenção, o Caffè degli Spechi.

Então, entre e além de tomar o seu café, observe os detalhes do seu estilo da Secessão de Viena*.

*Secessão de Viena: foi um movimento de novos artistas que procuraram se firmar sem passar pela Casa do Artista, que ditava as regras no setor cultural. Ocorreu entre 1890 até a Primeira Guerra Mundial.

A história deste café acompanha as histórias conflituosas vivenciadas pela cidade. Fundado em 1914, tornou-se o ponto de encontro de intelectuais e escritores da época.

Durante a Primeira Guerra Mundial, o mesmo foi destruído pelas tropas austro-húngaras, entretanto foi reconstruído e reaberto posteriormente.

Em 2013, uma livraria foi incorporada ao café, deixando-o mais charmoso e simbolizando a importância dele para os antigos escritores.

Igreja de San Nicolò dei Greci

Construída à beira mar, não tão bonito por fora, mas de uma beleza e brilho interior impressionantes.

Piazza Della Borsa

Durante o século XIX foi o centro econômico e leva esse nome por estar nela a antiga Bolsa. Atualmente é onde ocorre a vida social da cidade, pois aloja diversos cafés e restaurantes.

Piazza Della Borsa, Trieste

A saber, é uma praça charmosa que durante à noite fica iluminada, com as cadeiras dos restaurantes na parte externa dos mesmos e nela que se localiza a estátua de Netuno.

Fontana Netuno, Piazza Della Borsa, Trieste

Teatro Romano

Construído no século primeiro e descoberto nos anos 30, até hoje é usado para apresentações ao ar livre.

Teatro Romano em Trieste

Catedral de San Giusto

Eu gosto muito de caminhar pela cidade e assim, chegar aos pontos turísticos. Ao subir a rampa de acesso, por sinal bem íngreme, já é possível ver a fachada desta linda catedral.

Catedral de San Giusto, Piazza Della Borsa

Localizada numa colina, a Catedral de San Giusto é uma igreja charmosinha por fora e lindinha por dentro, com seus antigos mosaicos bizantinos, sendo uma das principais igrejas da cidade.

Historiadores acreditam que ela foi resultado da junção de duas igrejas já existentes, tornando-se a principal igreja católica romana da cidade.

Catedral de San Giusto, Trieste

Castelo de San Giusto

O Castelo de San Giusto localiza-se na mesma colina da catedral. Sem dúvida, um belo castelo, construído pelos venezianos, mas que foi ampliado pelos austríacos para proteger a cidade.

Independente de quem construiu, o castelo está numa posição privilegiada, como deveria ser conforme seu objetivo. De lá, seus olhos encontrarão uma bela imagem da cidade.

No interior, você desce uma escada até o subsolo, assim terá acesso a uma grande coleção de armas e armaduras dos séculos XII e XIX. Além disso, você poderá visualizar obras do século I.

Castelo de San Giusto, Trieste

Mas acho que a estrutura necessite de uma boa reforma, devido às infiltrações, aliás, eu até sentir um certo desespero ao presenciar tantas relíquias debaixo de um teto gotejante.

Igualmente vale a visita, pelas obras, por saber um pouco da história do lugar, mas principalmente, pela vista maravilhosa da cidade. E por sorte, ainda chegamos às 18h e ouvimos as badaladas das inúmeras igrejas locais.

Parco delle Rimembranze

Fica bem ao lado do castelo San Giusto e guarda vestígios históricos milenares, além disso, proporciona mais uma incrível visão da cidade.

Grande Canal

O Canal começou a ser construído em 1754 e antigamente ia até a igreja de Sant’ Antonio, aquela que você vê ao fundo na imagem abaixo, no entanto seu comprimento foi diminuído para a construção da Piazza Sant’ Antonio.

Grande canal, Trieste.

Às margens deste canal, que aliás é lindo, fica outro dos lugares mais badalados da cidade, com diversos restaurantes e cafés.

Só para exemplificar, o histórico café Stella Polare, a Chiesa (igreja) de Sant’ Antonio Taumaturgo, o templo Ortodoxo de San Spiridione e o Palazzo Gopcevich.

E se você tiver a oportunidade de passar por este lugar em diferentes momentos do dia, verá as diferentes tonalidades que se revelam.

Palazzo Gopcevich

Um maravilhoso palácio em frente ao Grande Canal, com fachada colorida, que abriga um museu dedicado ao teatro.

Palazzo Gopcevich

Chiesa de San Spiridone 

Certamente, se você seguir caminhando, seus olhos não lhe deixarão passar por este imponente templo ortodoxo, sem parar e admirar.

Pois além da grandiosidade, suas arquitetura bizantina e colorida cúpula, chamarão sua a atenção.

Chiesa San Spiridione, Trieste

Não deixe de visitar este templo, mesmo que você não seja muito amante das igrejas. Veja as fotos e diga se não vale a pena…

Chiesa de San’t Antonio Taumaturgo

Localizada no final do grande canal, esta igreja cresceu juntamente com a cidade, então, foi erguida em 1767, aberta ao público em 1771 e restaurada em 1784.

Chiesa de San't Antonio Taumaturgo

No entanto por se mostrar insuficiente as necessidades da comunidade, foi demolida em 1828 e reconstruída em seguida.

Mas apenas em 1849, a igreja foi consagrada e permanece assim até os dias atuais, dando um toque especial a praça que tem o mesmo nome.

Chiesa di Santa Maria Maggiore

Popularmente conhecida como igreja jesuíta, é um exemplo único de estilo barroco entre as igrejas locais.

A saber, os jesuítas chegaram à cidade em 1619, onde se dedicaram a formação cultural de jovens no seu colégio inaugurado em 1620. A construção desta igreja iniciou em 1627 e a sua consagração foi em 1682.

Basílica de San Silvestro

A Basílica de San Silvestro fica bem ao lado da igreja de Santa Maria Maggiore e é a igreja mais antiga de Trieste, pois está datada do século XI/ XII. Hoje é a sede das Comunidades Evangélicas Helvéticas e Valdenses.

Simplesmente descubra Trieste

Embora tenha falado de muitas igrejas, já que você está na Itália, não deixe de caminhar até as pernas doerem. E quando isso acontecer, entre em um café, recarregue as energias e continue caminhando, pois em cada esquina você encontrará uma boa surpresa.

Mas se você não for amante de café, então prove a água gaseificada com seus inúmeros sabores. Afinal, é uma daquelas delícias que existem na Europa.

O maravilhoso pôr do sol

Como fomos em pleno verão, os dias eram mais longos e assim podíamos aproveitar muito mais as cidades. Aliás, sempre que alguém me pergunta, sobre o melhor período para ir a Europa, minha resposta é a mesma: VERÃO!

Sendo assim, tivemos o prazer de presenciar as cores refletindo nos prédios localizados no canal.

Grande canal de Trieste

E no momento que vi as cores, foi como se o universo tivesse sussurrando nos meus ouvidos.

“Venham tranquilos, precisam ver o sol entrando no mar, mas não se atrasem, pois ele também tem o seu tempo para ser apreciado. “

Dessa maneira fizemos. Fomos caminhando até a costeira e lá estava ele, nos esperando para ser apreciado.

E não poderia deixar de falar que o pôr do sol, realmente mexe comigo, aliás, sempre que vejo as cores deixadas por seu rastro, sinto uma imensa gratidão apenas por existir.

Dica para quem for com filhos

Com toda a certeza você encontrará algo para fazer com as crianças, afinal a Europa é recheada de parques ao ar livre.

Nós tivemos ainda sorte de encontrar uma exposição de LEGOS, aqueles brinquedos de montar, que as crianças adoram, perto do cais.

Caso esta exposição seja permanente, certamente você gastará um bom tempo lá com eles, admirando tantas cidades de lego e no fim, eles não vão querer ir embora, para montar e desmontar tantos outros.

Dicas importantes

Muitas pessoas perguntam como é dirigir na Europa e sempre respondo, que é como dirigir em qualquer lugar. E se você já viu outros posts, sabe que havendo possibilidade, alugamos um carro e seguimos viagem.

Sem dúvida facilita a locomoção, principalmente quando estamos viajando com crianças ou queremos conhecer vários lugares.

Indico a Rentcar, pois é um buscador que organiza carros disponíveis na sua data por preço e modelo. Existe uma vantagem alugar on-line, pois você paga em reais, não paga o IOF do cartão e ainda pode parcelar.

Se deseja saber como viajamos conectados leia o artigo: Chip Internacional, guia completo de como viajar conectado.

Aproveito e deixo para vocês, o cupom “AGARREOMUNDO” que garante 10% de desconto. Mas saibam que sempre disponibilizamos outros cupons com mais vantagens para quem nos acompanha.

Dica beauty

Se você gosta de maquiagem, não deixe de ir na loja da Kiko Milano, uma empresa italiana maravilhosa, que por sorte começou a vender também na Amazon.

Kiko Milano

Esta dica não é só para as mulheres, portanto, maridos, namorados e pais também podem visitar a loja e fazer uma “gracinha” para as mulheres das suas vidas.

Onde se hospedar

DoubleTree By Hilton Trieste: Se você deseja ficar bem no coração da cidade, ou seja, em sua praça principal, este é o Hotel para você. Além de bem localizado é uma ambiente luxuoso e charmoso.

DoubleTree By Hilton Trieste

Forvm Experience: Situado no centro histórico de Trieste, o Forvm Experience está localizado a menos de 1 km da Piazza Unità d’Italia, a 17 minutos a pé do Porto de Trieste e a 1,9 km do Castelo de San Giusto. Ficar neste hotel é realmente uma experiência, quartos lindos e diferentes.

Forvm Experience

E aqui termino nosso tour por Trieste


Você já conhece ou já ouviu falar de Trieste? Se não foi, vou lhe dar um conselho: quando tiver oportunidade, vá! Tenho certeza que não se arrependerá.

E se tiver dicas para compartilhar, agradecemos. Sugestões e críticas também são bem-vindas!

Se puder deixar o seu like no fim do artigo, pois isso ajuda a levar nosso conteúdo a mais pessoas.

Além disso, se desejar saber mais novidades sobre o Agarre o Mundo é só nos acompanhar através das redes sociais, seja bem-vindo(a).

O Agarre o Mundo segue com o compromisso de sempre mostrar a “Viagem como ela é, sem filtros e em cores.”


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

parceiros

E se desejar um roteiro para curtir sua viagem sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog. Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil de viajante, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip e etc, a viagens completas.

Beijooooo e até breve!



Kenia Miranda

Brasiliense, sempre disposta a aprender e descobrir o novo, com um apreço enorme por novas culturas e costumes. Apesar de ser formada em Odontologia, está sempre buscando novos caminhos e novos aprendizados. Uma das suas frases preferidas: "Minha alma é muito livre para ficar presa seja lá no que for."

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!