" /> Amor de carnaval não dura? - Agarre o Mundo

Amor de carnaval não dura?

Carnaval
escrito por Kenia Miranda

Será que amor de carnaval não dura? Muitas pessoas me perguntam onde conheci as meninas de Salvador e a minha sócia, aqui do site Agarre o Mundo, pois elas estão sempre presentes nas formaturas e festas da família.

Carnaval de Salvador 2005.

Então, vou contar a nossa história que mais parece uma “estória” de livro, mas que na verdade, foi um amor de carnaval.

Carnaval de 2005

Em 2004, minha irmã (Jana) e eu resolvemos ir a Salvador para curtir o Carnaval. Assim compramos, com quase um ano de antecedência, os abadás do trio elétrico que desejávamos acompanhar.

Se você for mais novo, talvez desconheça o nome abadá, que nada mais é do que a camiseta usada para ficar dentro do bloco.

Então, com os abadás comprados, quando chegou o momento de reservar o hotel, minha mãe começou a assistir os noticiários. E sempre falavam de Salvador que sempre recebe milhões de foliões a cada carnaval.

E assim, começou a ficar preocupada. Mas como é uma pessoa muito religiosa, pediu orientação a Deus para que encontrássemos um lugar seguro para ficar.

Terço da Rádio Nova Aliança x Carnaval

Dessa maneira, num certo dia, às 3 horas da manhã, quando minha mãe falava ao telefone com uma pessoa, acabei acordando e escutando toda a conversa que faço questão de transcrever, pois é impossível esquecer:

Bom dia Sr. Everaldo, desculpe telefonar a essa hora, mas como o senhor acabou de ligar na rádio Nova Aliança para participar do terço e comentou que precisava de livros para montar uma biblioteca comunitária, resolvi ligar, pois tenho vários livros para doar para o Senhor.

Então, eu gostaria de aproveitar e falar com o Senhor outro assunto, minha filhas estão se organizando para passar o carnaval aí em Salvador e eu gostaria de saber se o Senhor não conhece uma casa de família que pudesse recebê-las”

Em seguida, Senhor Everaldo anotou o número da minha mãe e disse que, caso se lembrasse de alguém, lhe avisaria.

De fato, no dia seguinte, ele retornou e passou o contato da “Dona Shirley”.

Shirley morava com as irmãs Bárbara (conhecida por Binha) e Sandra (minha Sócia). E, como de costume neste período, as pessoas aproveitam para fazer das suas casas “pousadas”.

Sendo assim, minha mãe acertou com ela. E se minha mãe ficaria mais tranquila, aceitamos sem muito discutir. Até porque, a “Dona Shirley” falou que também iria ao Carnaval e “cuidaria” de nós duas. (risos)

Carnaval de Salvador, sendo cuidada por Dona Shirley.
“Dona” Shirley (da esquerda) cuidando da gente, no Carnaval de Salvador

Lá fomos nós, cada louco com sua loucura… Então, levamos as duas caixas de livros para o Senhor Everaldo, que nos buscou no aeroporto com um amigo. Ainda bem que eram pessoas de bem e nada nos aconteceu. (risos)

O maravilhoso Carnaval de Salvador

Enfim, ao chegarmos na casa da “Dona Shirley”, descobrimos que não poderíamos parar numa casa melhor. Já que a Shirley era uma pessoa super do bem e de “Dona” não tinha nada.

As irmãs baianas estavam apreensivas ao receber as “patricinhas” de Brasília, queriam que a Shirley aceitasse as paulistas e não as “candangas”, mas não resistiram aos sorrisos distribuídos por nós.

Foi realmente um encontro de almas tanto com ela, como com as meninas e com a paulista mais baiana que poderíamos conhecer, a querida Sueli.

Só para ter uma ideia da farra, na casa delas tinham nada mais, nada menos que 11 mulheres.

A amizade foi tão legal que compramos abadás para ir no bloco delas e num dos dias carregamos a Binha para ir no bloco conosco.

E no final do carnaval ainda fomos para Itacaré, um lugar lindo que nos tirou inúmeros sorrisos e que me fez voltar em 2020.

De tal forma que uma grande e linda amizade foi construída. E não foi à toa que no ano seguinte repetimos a dose no carnaval, mas já com destino certo.

Havaizinho, Itacaré

E muitos anos depois, a Sandra e eu criamos o site Agarre o Mundo e falamos com amor sobre algo que adoramos: Viagens.

Agora vamos saber mais sobre Itacaré e descobrir se é mesmo para crianças.


Somos feitos de histórias e cabe a nós guardar e relembrar das ótimas histórias e deixar para trás as que não nos trazem boas sensações

E você, tem histórias inusitadas que se transformaram em verdadeiras amizades?

Além disso, se desejar saber mais novidades sobre o Agarre o Mundo é só nos acompanhar através das redes sociais, seja bem-vindo(a).

O Agarre o Mundo segue com o compromisso de sempre mostrar a “viagem como ela é”.


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

parceiros

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Kenia Miranda

Brasiliense, sempre disposta a aprender e descobrir o novo, com um apreço enorme por novas culturas e costumes. Apesar de ser formada em Odontologia, está sempre buscando novos caminhos e novos aprendizados. Uma das suas frases preferidas: "Minha alma é muito livre para ficar presa seja lá no que for."

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!