" /> Guia completo de Tiradentes - Minas Gerais - Agarre o Mundo

Guia completo de Tiradentes – Minas Gerais

escrito por Kenia Miranda

Hoje lhe convido a descobrir conosco tudo o que fazer em Tiradentes. As cidades mineiras atraem milhares de visitantes anualmente. Um estado repleto de tradição e cultura.

Você provavelmente vai se surpreender com a cidade de Tiradentes, seja por sua arquitetura, seja por sua história ou por sua gastronomia. Além disso, como está localizada próximo a Serra de São José você ainda vai contemplar a natureza.

De fato, é uma cidade que transporta você a outra época. E assim, lhe faz imaginar como seria viver ali em outro período.

Ah, não deixarei de falar da simpatia e hospitalidade dos mineiros. Estão sempre prontos para lhe ajudar, puxar uma conversa e lhe proporcionar a melhor experiência.

Pensando nas suas atrações, fiz um guia com todas as dicas para que você aproveite ao máximo a linda cidade de Tiradentes. Aqui você saberá quais atrações a cidade oferece, assim como dicas de restaurantes e hospedagem. Então, pegue o seu café e vem comigo.

A história que Tiradentes carrega

Antigamente a cidade se chamava Arraial Velho, quando foi povoada em 1702 com a descoberta de ouro nas encostas da Serra de São José. Em 1718, passou a se chamar Vila de São José, uma homenagem ao príncipe português D. José.

Tiradentes

Assim como muitas cidades, que tinham a economia baseada na exploração de ouro, entrou no esquecimento por anos após a sua escassez.

Apenas no final do século XIX, a cidade recebeu o nome de Tiradentes, numa homenagem a Joaquim José da Silva Xavier. Se você não o conhece por este nome, talvez o conheça por Tiradentes. O herói da Inconfidência Mineira. Aliás, a título de informação, algumas reuniões foram realizadas na casa do Padre Toledo, localizada em Tiradentes.

A cidade Tiradentes por conta do seu conjunto arquitetônico e urbanístico foi tombado pelo IPHAN em 1938. O patrimônio compreende edificações coloniais e suas características. Certamente a harmonia da simples arquitetura da época vão lhe chamar a atenção. Sem falar da maneira como a mesma acolhe os visitantes.

É uma cidade pequena, mas não por isso deixa de receber seus milhares de visitantes, já que é um dos destinos turísticos mais visitados entre as cidades mineiras.

De fato, conhecer Tiradentes é voltar ao passado e ver com os próprios olhos a verdadeira história do nosso país. 

Qual a melhor época para conhecer Tiradentes

Primeira coisa que você deve levar em conta é como deseja que será a sua experiência. A cidade estará com o seu comércio e igrejas abertas nos finais de semana e feriados.

 Tiradentes

Alguns ou melhor, muitos dos seus restaurantes fecham no meio da semana, já que trabalham durante o final de semana. E também por conta da queda no número de visitantes.

Eu estive na cidade justamente durante um feriado prolongado. E vou dar a minha opinião de acordo com o que vivenciei. A cidade fica mesmo cheia e alguns restaurantes mais conceituados você nem entra, pois tem lista de reserva realizada meses antes.

Como ficamos dois dias após o feriado, posso dizer que a cidade nem parece a mesma. Com espaço para estacionar em todas as ruas e com a possibilidade de apreciar e tirar fotos sem um monte de pessoas.

Dica do Agarre o Mundo: Vá num final de semana, pois apenas nela algumas atrações funcionam como a Maria Fumaça e fique mais um ou dois dias após o mesmo. E fuja dos feriados prolongados. Caso, só tenha esta opção, vá assim mesmo.

Reserve com antecedência atrações, hotéis e restaurantes. Considere pelo menos uns três meses antes. Os valores das acomodações também ficam mais caros quando são realizados em cima da hora.

Localização de Tiradentes – MG

Tiradentes é uma cidade do interior do Estado de Minas Gerais, a cerca de 192 km da capital Belo Horizonte. Apesar de ser uma distância razoavelmente pequena, a estrada é cheia de curvas e com muitos caminhões de carga. Mas nada que impeça de realizar uma deliciosa viagem.

Tiradentes

Se você estiver com tempo suficiente para conhecer outras cidades mineiras, não deixe de conhecer Ouro Preto, Serro, Diamantina e Mariana.

Se você vem de outros estados, o aeroporto mais próximo de Tiradentes é o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Belo Horizonte.  De lá, você vai de carro até Tiradentes, caso deseje alugar um. E ter um carro lhe permite ir a cidades próximas, como Bichinho.

Embora, de ônibus também valha a pena, principalmente se tiver pouco tempo para realizar a viagem. Isso porque a cidade em si não precisa mesmo de carro para percorrer, como você verá a seguir.

Precisando alugar um carro? Nós usamos e recomendamos a Rentcars, um comparador de preços online das melhores locadoras do país. Por lá, você encontrará várias opções de veículos. Além disso, toda a contratação é feita de forma online. 

Como se locomover por Tiradentes 

As atrações da cidade estão basicamente concentradas no Centro Histórico. Assim é super fácil percorrer todas elas. Conhecer as suas igrejas, capelas e casas coloniais. Além das suas praças, museus e lindas lojinhas de artesanato.

Inclusive, se você for durante um feriado prolongado ou final de semana em que a cidade está cheia, provavelmente não conseguirá estacionar com facilidade. E fique atento as placas de sinalização dos locais onde não é permitido estacionar. Acredite, o melhor mesmo a fazer é conhecer tudo a pé.

Apenas atenção ao caminhar por suas ruas, pois são feitas com grandes pedras e além de escorregadias na chuva, tem espaços entre uma e outra.

Hospedagem em Tiradentes – MG

Por ser uma cidade turística não faltarão opções de hospedagem. Desde as mais luxuosas e exclusivas, até as mais rústicas e aconchegantes. Independente da sua escolha, certamente encontrará o delicioso clima mineiro.

Tiradentes

A saber, existe a possibilidade de hospedagem em duas regiões e a sua escolha deve pesar na disponibilidade ou não de ter um automóvel a sua disposição. Não que seja impossível se hospedar numa região mais afastada, caso esteja sem um carro. Mas ter em mente que isso pode encarecer a sua viagem.

Então você pode se hospedar:

  1. no Centro Histórico: Ideal para quem está viajando sem carro. De fato, vale a pena ficar nos arredores da Rua Direita. Já que fica perto da maioria das atrações, dos restaurantes e de outros comércios.
  2. fora do Centro Histórico: Excelente opção para quem está de carro. E principalmente para quem deseja ter um contato mais próximo com a natureza. Sem falar que muitas delas possuem atrativos de lazer e vistas deslumbrantes.

Confira as sugestões de hospedagem de acordo com a região, visitadas e aprovadas pelo Agarre o Mundo.

1. Centro Histórico de Tiradentes:

Pousada Richard Rothe: está localizada no Centro Histórico de Tiradentes, então saiba que a localização é perfeita. É um casarão lindo, conservando móveis e objetos históricos.

Don Quixote Pousada: localizada a 200 metros do Centro Histórico. Essa pousada é a cara do mineiro. Recebe com amor, acolhe e conforta. Só tem uma coisa para se ficar atento, só aceitam crianças a partir de 11 anos.

2. Nas redondezas do Centro Histórico de Tiradentes

Pousada Pequena Tiradentes – Apesar de ter o nome pousada, garanto que as suas cinco estrelas fazem jus as suas acomodações. É uma elegante mansão colonial, com quartos de puro luxo, alguns com banheiras de hidromassagem.

As instalações completas de lazer da propriedade incluem uma piscina ao ar livre, uma piscina coberta aquecida, uma sauna e uma academia moderna. 

Fica localizada na entrada da cidade. E certamente será uma experiência única ficar hospedado na Pousada Pequena Tiradentes. A sensação é que você está numa mini Tiradentes, pois isso, assim o seu nome a remete.

Solar da Serra Tiradentes – Pense num lugar incrível em meio à natureza, com uma decoração muito bonita e tudo muito bem organizado. Com uma piscina de borda infinita com vista para a Serra. Caso, não consiga se hospedar nele, vá ao menos ao Restaurante Mirador, que fica anexo a pousada.

Dom Xavier Pousada – Se esta for a sua escolha, certamente não vai se arrepender. Reserve com antecedência e busque pelos quartos localizados na parte superior da varanda, que tem uma linda vista para a natureza. Um verdadeiro charme. Sem falar que tem uma piscina interna coberta e aquecida. Eles também têm uma loja na cidade, Casa do Queijo, onde você encontrará vários produtos da região, como: queijos, doces, cachaças, licores, cafés e biscoitos.

Dom Xavier Pousada, Tiradentes
Só um gostinho do salão onde servem o café da manhã.

Quantos dias ficar em Tiradentes – MG 

Sempre penso sobre esta pergunta quando vou indicar um local para alguém. E acredito que depende da sua intenção de viagem. Já fiz viagem onde passei por várias cidades da Europa, porque tinha que estar em outro país em determinado tempo. Assim fiz a viagem, dormindo cada dia numa cidade. Isso me possibilitou ficar um pouco mais em cada cidade.

Mas confesso, que adoro sentir o dia a dia da cidade. Observar o caminhar dos seus moradores. Claro, que a cidade de Tiradentes é pequena e você facilmente consegue visitar todas as suas atrações em dois ou três dias. Mas se deseja, sentir a cidade, fazer todos os seus passeios sem muita correria, certamente, cinco dias seria excelente.

O que fazer em Tiradentes – MG: atrações turísticas 

A cidade encanta todo e qualquer viajante. Tanto aqueles que amam arquitetura e vão desfrutar a beleza das suas construções coloniais, quanto os que buscam por histórias e cultura. Sem falar que não deixará de agradar quem deseja se deliciar com a gastronomia mineira.

Então se prepare para encontrar uma simpática cidade, com ruas de pedras que levarão a lugares lindos, como igrejas, praças, monumentos, casarões históricos e coloniais. De fato, o seu Centro Histórico é o coração que pulsa na cidade, onde você encontrará muitas atrações.  

Não deixe de alongar a visão e apreciar a vista que se tem da Serra São José a partir da cidade. E se estiver com tempo extra na cidade, saiba que nas redondezas existem também lindas cachoeiras.

Então vamos aos principais passeios e atrações na cidade de Tiradentes:

  1. Igrejas e capelas em Tiradentes 
  2. Museus em Tiradentes 
  3. Largo das Forras 
  4. Chafariz de São José 
  5. Cachoeiras
  6. Passeio de UTV pela região
  7. Trem Maria Fumaça para São João del Rei

Igrejas e capelas em Tiradentes 

Como a grande maioria das cidades mineiras, em Tiradentes você encontrará muitas igrejas e capelas. E mesmo que você não seja católico e não deseja entrar nelas, pois a maioria cobra uma taxa de visitação, vale a pena conhecer a sua fachada. Vou deixar aqui algumas das igrejas existentes na cidade.

Igreja Matriz de Santo Antônio 

Este certamente é um dos cartões postais da cidade. E mais do que a igreja em si, o seu conjunto com a rua a sua frente faz uma perfeita composição nas fotos.

Ela fica localizada no alto de uma ladeira bem íngreme. É o mais antigo templo católico de Tiradentes, desde a capela até a estrutura que você encontrará hoje, muitos anos se passaram. Foi inclusive reformada pelo Aleijadinho.

Se estamos falando de uma cidade onde havia a exploração de ouro, imagine como é o templo das igrejas construídas na época. Assim, a matriz conta com uma linda decoração e conta com muito ouro nos seus seis altares. Uma pena não poder tirar fotos no seu interior. Mas será bom que você veja com os seus próprios olhos.

Funcionamento: A igreja abre todos os dias, das 9h às 17h, e a entrada é paga.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Igreja dos Pretos, Tiradentes

Muitas igrejas no Brasil e nas cidades mineiras foram construídas por negros. O diferencial desta igreja é que os frequentadores eram os próprios negros, já que não podiam participar dos cultos realizados nas demais igrejas.

Mostrando assim como a escravidão e o racismo teve um peso na triste história do nosso país, sendo frequente até os dias atuais.

A igreja não conta com tanto ouro, mas tem um lindo arco de pedra com imagem dos Rosários. Fica localizada na linda praça Padre Lourival.

Funcionamento: aberta de quarta a domingo, das 10h às 18h. A entrada é paga. 

Igreja da Santíssima Trindade

Como a graça da cidade é caminhar por suas ruas, siga pela rua ao lado da igreja Matriz e assim chegará a Igreja da Santíssima Trindade. Você passará por umas casinhas bem lindas e isso certamente fará o seu passeio bem prazeroso.

Apesar da sua estrutura externa e interna não chamarem tanto a atenção como a igreja matriz, a igreja da Santíssima Trindade recebe muitos fiéis anualmente, principalmente por ser a responsável por uma das maiores festas da cidade, o Jubileu da Santíssima.

Seu interior conta com muitos quadros e pinturas. Tem também um chafariz e a Sala dos Milagres. 

Funcionamento: A igreja fica aberta todos os dias, das 8h às 17h. A entrada é gratuita. 

Igreja São Francisco de Paula

Uma igreja do século XVIII. Apesar de estar fechada durante a nossa visita, saiba que dali se tem a melhor vista da cidade. Ela fica próxima à rodoviária.

Capelas dos Passos da Paixão

Eu adoro cor e ao passar por esta capela, tive que parar para apreciar. Como estava fechada, fui atrás de informações sobre a mesma. E descobri que na cidade existem seis capelas desta, que representam as estações da Paixão de Cristo. E uma sétima estação é montada na Igreja Matriz de Santo Antônio.

Capela de São João Evangelista 

Capela de São João Evangelista, Tiradentes

Por ser uma construção simples, talvez passe despercebida por você. Aliás, se não fosse pela sua cruz no telhado, poderia facilmente ser confundida com os casarões existentes na cidade.

Apesar de não ser tão visitada, a capela é de grande importância para a história de Tiradentes. Local onde foi sepultado um dos maiores compositores do século XVIII: Manuel Dias de Oliveira, falecido em 1813. 

Aliás, você perceberá que ao redor das igrejas e capelas tem os cemitérios.

Funcionamento: A capela fica aberta de quarta a segunda-feira, das 8 às 17h. 

Capela de Nossa Senhora das Mercês 

Capela de Nossa Senhora das Mercês, Tiradentes 

Mais uma construção do final do século XVIII, com seu estilo rococó. A Capela de Nossa Senhora das Mercês possui uma fachada linda e simples, também na tonalidade branca e amarela. No seu interior tem pinturas de Manuel Victor de Jesus, artista que decorou a maioria das igrejas da cidade.

Funcionamento: aberta apenas nos domingos, das 8h às 17h. 

Capela Bom Jesus da Pobreza

Esta capela foi construída na segunda metade do século XVIII e inaugurada em 1750. Saiba que é uma das mais simples igrejas de Tiradentes. A sua fachada é igualmente linda e datada de 1810 e seu interior, que também é simples, possui uma imagem de Cristo Agonizante, uma das mais bonitas de Tiradentes.

Capela

2. Museus em Tiradentes 

Como eu disse anteriormente, a cidade tem atração para todos os gostos. Então após conhecermos algumas igrejas e capelas vamos aos museus.   

Museu Casa Padre Toledo  

Sem dúvida é um dos casarões mais importantes de Tiradentes. A saber, foi onde aconteceu a primeira reunião dos inconfidentes, em 1788.  Você encontrará no seu interior móveis e pinturas da época.

Como o Padre Toledo foi um dos grandes responsáveis pelo movimento da Inconfidência Mineira, seu nome foi mantido para homenageá-lo.

Quando for a Tiradentes, verifique se o museu já reabriu, pois durante a pandemia, estava fechado.

Museu da Liturgia 

Outro museu existente na cidade ligado a religião. Conta com uma arquitetura colonial preservada e linda por fora. Sem falar da vista para a Serra de São José, que faz mais uma composição perfeita da paisagem.

Se por fora você encontra uma arquitetura antiga, por dentro o museu é equipado, moderno e tem mais de 400 peças sacras dos séculos XVIII a XX.

Funcionamento: às segundas, quintas, sextas e sábados, das 10h às 17h. Entrada paga. 

Museu da Moto

É um museu particular com muitas motos de várias épocas. Se você gosta de motos, não deixe de visitar. Mas se você não entende muito de motos, talvez ainda assim, curta entrar e ficar um tempo no café do local. Mas para entrar no café, você paga a entrada ao museu.

3. Largo das Forras 

A praça tem esse nome, pois era o local onde os escravos recebiam a carta de alforria. Talvez seja o lugar pelo qual você passará inúmeras vezes, entre idas e vindas das atrações e restaurantes da cidade. É uma praça, no centro da cidade onde pode sentar e ver a vida passar lentamente. Assim como o caminhar dos turistas e moradores, é onde ficam muitos dos bares e restaurantes.

Apesar de não ter colocado a Capela do Bom Jesus da Pobreza nas atrações acima, saiba que ela fica nesta praça. Foi construída em 1782, é pequena por dentro e conta com um altar de madeira com Jesus Cristo na cruz, rodeado por pinturas de flores coloridas. 

A saber, é nesta praça que acontece a “badalação” a noite. Ou seja, nos bares e restaurantes. Aliás, quase todos eles contam com música ao vivo. E caso precise de alguma informação o Centro de Atendimento ao Turista também fica nesta praça.

4. Chafariz de São José 

Se você mora numa cidade grande talvez nunca tenha visto um chafariz com água potável para beber em plena cidade. O Chafariz de São José foi construído há mais de 270 anos (1749). Por isso, carrega elementos barrocos presentes na época.

A fonte que alimenta o Chafariz vem da nascente Mãe D’água e fica localizado na Rua Francisco Cândido Barbosa. 

5. Passeio de UTV pela região

Primeiramente, preciso explicar o que é um UVT. É uma mistura de carro com quadriciclo. Além de ser uma experiência diferente, pode ser bem radical.

De fato, a aventura começa onde o asfalto termina. A empresa Hlera, localizada bem na entrada de Tiradentes, oferece três tipos de rotas de passeios: Cava dos escravos; Offroad e Cachoeira Munis. Cada rota tem as suas peculiaridades, passando por mata atlântica e em cidades vizinhas.

Reserve com antecedência e aproveite a aventura.

6. Cachoeiras em Tiradentes  

E já que estamos falando de nascente, saiba que Tiradentes tem muito a oferecer ao viajante que ama a natureza. Rodeada pela Serra de São José é possível fazer trilhas e conhecer cachoeiras, grutas, poços e mirantes.

Vale a pena escolher um dos passeios que passam por alguma cachoeira, se por acaso for fazer o passeio com o UTV.

Passeio de UTV, Hlera, Tiradentes

Embora muitas destas cachoeiras possam ser visitadas sem um guia, vale a pena ir com um, principalmente por conta da profundidade de alguns poços.

7. Trem Maria Fumaça para São João del Rei 

Esta talvez seja a atração mais badalada da cidade. Quem nunca ouviu falar do Trem Maria Fumaça em Tiradentes?

É um passeio que lhe transporta ao passado. A saber, foi inaugurada em 1881 por Dom Pedro II. O passeio turístico na Maria Fumaça ocorre entre as cidades de São João del Rei e Tiradentes. E você pode comprar o passeio de ida e volta ou somente um trecho.

No total são 12 km percorridos em uma travessia que destaca paisagens e arquiteturas do século XIX. O passeio com a antiga Maria Fumaça também conta com atrações turísticas e culturais como o Museu Ferroviário, que tem exposto uma coleção das relíquias da estrada de ferro.

Atenção as dicas do Agarre o Mundo:

  1. Partindo de Tiradentes, sente-se do lado direito, terá uma melhor vista da paisagem.
  2. Como só funciona nas sextas, sábados, domingos e feriados, compre com antecedência os bilhetes.

Compras em Tiradentes 

Eu adoro observar os ateliês e lojinhas de artesanato. Até porque tenho uma artista em casa e sempre ficamos atentas as coisas lindas que são produzidas.

Artesanato, Tiradentes

E se você gosta de sempre voltar para casa com uma lembrancinha, não faltarão ofertas de coisinhas lindas.

Tiradentes tem muitas lojinhas, caminhe por suas ruas com calma e aprecie. Se puder, compre também, acho sempre válido ajudar a população local.

Na entrada de Tiradentes você verá muitas lojas que vendem também móveis rústicos. Um mais lindo que o outro.

Restaurantes em Tiradentes  

Unir viagem com gastronomia é maravilhoso. Tiradentes não deixa a desejar, tanto no seu tempero mineiro, quanto nos pratos mais elaborados e internacionais. Só para ilustrar existem mais de 150 restaurantes na cidade.

A saber, anualmente na cidade acontece o Festival Internacional de Gastronomia. Mas caso não consiga ir durante o festival, não lhe faltarão opções.

Como relatei no início do artigo, alguns restaurantes você só conseguirá conhecer se fizer com antecedência a reserva como o Tragaluz e Angatu. São dois restaurantes sofisticados, românticos e com uma carta de vinhos para agradar todo e qualquer visitante.

Provados e aprovados

Outro restaurante no mesmo padrão, que também precisa reservar é o Pacco e Bacco. Um restaurante elegante e que serve uma costela sensacional.

Outro restaurante que gostamos bastante, pela comida, pelo local e pela vista foi o Restaurante Beta do Rosário. Ele conta com uma área externa, infelizmente estava chuviscando no dia que fomos, então ficamos no interior. Mas igualmente foi uma delícia. Fica localizado na esquina da praça da Igreja do Negro. Tem desde pratos mais simples, até pratos mais elaborados, como uma panceta que vi na mesa do vizinho. (risos)

Cafeteria e confeitaria

Além dos restaurantes, tem confeitarias e também cafeterias, que inclusive torram o café na hora. Sem falar que se você estiver com vontade e tempo, poderá aprender um pouco sobre tipos e torra de café. Para isso vá até a Maffort cafeteria, certamente o cheiro de café torrado vai lhe puxar.

E o Rogério, dono do estabelecimento, tem tanto amor pelo que faz e vai mostrar a diferença entre um puro café e o café vendido nos supermercados. Estes, com aditivos, como milho.

Não deixe de provar um dos sorvetes artesanais do Gelato da Vila. Como os sabores são sem aromatizantes, talvez você estranhe de início o sabor, mas não se preocupe, eles oferecem uma colherzinha para provar antes de comprar. Confesso, que isso é uma maravilha. E atenção, não peça para provar os sabores dos sorvetes quando estiver viajando pela Europa, muitos vão lhe olhar com uma cara de: OI?

Gelato da Vila, Tiradentes

E caso seja amante dos doces, prove na Jane´s Apple a maçã com cobertura de caramelo. Atenção, se você for amante de doces divida com quem estiver com você, pois além de ser grande, é muito doce mesmo.

Como meu paladar já está num processo de remoção de açúcar, pedi a menos doce e mal consegui comer três pedacinhos da maçã. A maçã vem cortadinha. Tem duas lojas na cidade, uma delas serve também tortas. Mesmo que você não seja amante de doces, vale a pena desfrutar do local, que é lindo, tomando assim um café ou um suco.

Organização passo a passo

Viajar é ótimo, entretanto, requer um certo cuidado ao planejar o passo a passo. Desde a compra das passagens, reservas no hotel e os gastos que você vai ter durante os seus dias de lazer. 

Muitas vezes as pessoas olham o valor das passagens e não se dão conta dos demais gastos. Claro que toda viagem pode ter gastos exorbitantes ou ser bem econômica. Tudo vai depender do que você realmente deseja e está disposto a experimentar.

Não se esqueça do seguro viagem

Malas com cadeado, Agarre o Mundo

Para que você tenha uma viagem tranquila e sem preocupações, saiba que o seguro viagem é um item indispensável. 

E os mesmos não deveriam ser usados apenas nas viagens internacionais. Sabe aqueles problemas relacionados ao voo? Como cancelamentos ou atrasos, extravio de bagagem ou até mesmo a perda ou furto de algum documento? Tudo isso pode ser resolvido com um seguro, que dá toda a assistência necessária para possíveis imprevistos. 

Além disso, o seguro também oferece coberturas e assistências médico-hospitalares, o que é de fundamental importância, caso você não tenha um plano de saúde com cobertura nacional.  

Recomendamos fazer uma pesquisa pela nossa página de seguros, sendo possível comparar preços entre todas as seguradoras confiáveis. E você ainda pode garantir até 10% de desconto usando o nosso código.

Se você gosta de aventura leia: Jalapão: 10 lugares para conhecer, Chapada dos Veadeiros com ou sem crianças: o que saber antes de ir, 10 Parques de Diversão incríveis no Brasil.


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações.

Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

Parceiros Agarre o Mundo

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais.



Kenia Miranda

Brasiliense, sempre disposta a aprender e descobrir o novo, com um apreço enorme por novas culturas e costumes. Apesar de ser formada em Odontologia, está sempre buscando novos caminhos e novos aprendizados. Uma das suas frases preferidas: "Minha alma é muito livre para ficar presa seja lá no que for."

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!