" /> Por que Florença é uma obra de arte? - Agarre o Mundo

Por que Florença é uma obra de arte?

Vista de Firenze desde a praça Michelangelo
escrito por Kenia Miranda

Por que Florença é uma obra de arte? Florença, Florença, tão encantadora, tão perfeita e indescritível…

Que a Itália é linda, todo mundo sabe, mas se alguém me pergunta sobre uma cidade que deve conhecer neste país, minha resposta é sempre Florença.

A cidade respira arte por todos os lados, pois abriga inúmeras obras. Você poderia dizer: Certo, outras cidades também contam com várias obras de artes.

Mas o que chama a atenção é que lá, as obras de artes ficam nas suas ruas, esquinas, becos, enfim, na própria arquitetura da cidade. De fato, Florença possui tantas obras-primas que é quase impossível separar a cidade de suas obras.

Então, não basta ver suas imagens, é preciso sentir. Sentir seus olhos se esforçando para aumentar o ângulo, e assim alcançar toda a intensidade da beleza do que se observa.

Além disso, é necessário permitir que a energia das pessoas e da cidade entre pelos seus poros. Assim como sentir as suas pernas doerem de tanto caminhar para ver os mais belos ângulos da cidade.

Sentir que você não precisa de muitas horas de sono, já que o seu coração pede para ver mais e mais.

História de Florença

A saber, Florença foi fundada em 59 a.C, sendo esse período de extrema importância para sua beleza, através dos seus casarões e suas cúpulas ornamentadas. Não é à toa, que é considerada o berço do Renascimento Italiano.

Assim, foi construída às margens do Rio Arno, sobre o qual ainda se encontram pontes ancestrais maravilhosas. O mesmo que se elevou e causou a inundação de algumas igrejas e construções da cidade.

Rio Arno Florença

Embora outras cidades da Itália possam lhe tirar o fôlego, acredite, nenhuma outra cidade italiana possui tanta riqueza histórica representada em museus e galerias.

Já que foi em Florença que trabalharam Dante, Michelangelo, Medici, entre outros que contribuíram para a Idade de Ouro Florentina.

Só para ilustrar, a cidade abriga 30% dos tesouros artísticos da humanidade, segundo a Unesco.

Firenze, como é chamada pelos italianos, é simplesmente indescritível. Portanto, se você além de conhecer os lugares, gosta de aprender sobre história e sua importância, este é o lugar certo.

Então, vamos conhecer Florença?

Quando ir a Florença

Sempre que vamos visitar alguma cidade buscamos, em primeiro lugar, quando ir. Decerto, isso pode fazer muita diferença numa viagem.

Mas como sempre digo, as pessoas continuam vivendo ali, mesmo quando o clima não é tão atrativo para alguns viajantes, então, outro período vai lhe dar uma perspectiva diferente do lugar.

Sendo assim, a escolha do período da viagem depende muito mais do que você deseja vivenciar, que propriamente a recomendação de muitos.

Então, vamos lá:

De abril a junho, durante a primavera, o clima é agradável, além disso, as ruas ficam floridas e o calendário se enche de festivais.

Os meses de julho e agosto, ou seja, no verão, é época de alta temporada, além de ser bastante quente e seco. Isso permite usar roupas mais leves e tomar um sorvete após o outro.

Sofia tomando sorvete em Florença

De setembro a outubro, o clima é ameno, pois o outono chega com o seu friozinho, sem ser congelante, assim a cidade fica mais tranquila, contudo as chuvas podem atrapalhar os passeios ao ar livre.

A partir de novembro, o frio do verdadeiro inverno começa a dar as caras, ademais os dias ficam mais curtos, mas não por isso, você não possa aproveitar a cidade e também provar o famoso gelato italiano.

Gelato no inverno

Verão x Inverno

Então vamos lá, a minha primeira vez em Florença foi durante o inverno, e ainda assim, amei a cidade. Ruim mesmo, só os dias mais curtos. E talvez provavelmente, por esse motivo não tinha a menor vontade de dormir.

Artista de rua em Florença
Florença no inverno, tranquila para caminhar mesmo nos pontos mais turísticos.

Na vez seguinte, fui justamente durante o verão e então constatei o que já sabia a meu respeito… Não curto muito o frio e gosto mesmo de cores, prefiro viajar nas outras estações, embora tenha uma desvantagem, já que esse período é o preferido por todos (risos).

Sendo o verão a minha estação preferida e comparando as duas estações, me senti muito mais a vontade durante o verão, mesmo a cidade estando 5 ou 6 vezes, ou talvez provavelmente, 10 vezes mais cheia de turistas.

O que visitar em Florença

Florença é uma cidade tão única, que se você quiser apenas bater perna na cidade, sem visitar nenhum museu, garanto que já valerá a visita.

Rua de Florença

Entretanto será um desperdício ir até lá e não visitar, ao menos os museus mais conhecidos e que possuem obras de arte tão icônicas.

Contudo se o seu desejo é visitar todas as galerias e museus ali presentes, programe-se para ficar vários dias na cidade, mas tenho certeza que vai amar.

Cadetral de Santa Maria del Fiori

A Catedral de Santa Maria del Fiore é o “Duomo” de Florença, sendo esse um dos seus pontos turísticos mais emblemáticos. Ou seja, a Catedral com cúpula de telhas de terracota projetada por Brunelleschi e o Campanário de Giotto.

Esse é aquele lugar que falei anteriormente, que seus olhos serão extremamente forçados a acompanhar a grandiosidade de sua obra, juntamente com a suas formas e detalhes.

Catedral Santa Maria del Fiori

A saber, em 1971 era já a quinta igreja da Europa em grandeza, depois da Basílica de São Pedro, da Catedral de São Paulo, da Catedral de Sevilha e da Catedral de Milão.

Embora já tenha visitado a maioria delas, a Catedral de Santa Maria del Fiori ganhou meu coração.

Acredito que o fato dela estar numa praça no meio da cidade, ou seja, rodeada de prédios e construções, faz com que a nossa percepção fique extremamente mexida, pois não é possível se afastar um pouco e vê-la completamente.

Enfim, essa é uma das imagens da viagem que ficou marcada na minha alma. Embora você possa se apaixonar pelo lugar apenas olhando essa foto, faço uma advertência, nenhuma imagem descreve a imensidão e beleza desta catedral.

Dica: Evite pegar fila na bilheteria, portanto compre seu ingresso antecipadamente on-line. O ingresso dá acesso à Catedral, à Cúpula, ao Batistério, ao Museu do Duomo e ao Campanário de Giotto.

Cúpula da Catedral Santa Maria del Fiori

Atenção, não se esqueça de reservar horário para subir a cúpula, pois de lá você terá uma das melhores vistas da cidade. Confira!

Contudo não é tão simples chegar no alto, pois você terá que subir 414 degraus. Cansou só ao saber o número de degraus? Então, olhe como são as escadas (risos)!

Só posso falar que após chegar no topo, você nem se lembrará como foi a subida, pois a vista será recompensadora!

No dia seguinte, talvez você sinta um pouco a musculatura das pernas, mas tudo bem, sempre digo, viagens são feitas para cansar e gastar a energia. Para descansar, prefiro ficar em casa, sem ter que gastar euros (risos).

Batistério São João

O Batistério de São João, em italiano Battistero di San Giovanni, o santo patrono de Florença, começou a ser construído por volta do século quarto sobre as ruínas de uma habitação romana.

Batistério São José - Florença

Contudo a estrutura foi reconstruída diversas vezes e foi finalmente consagrada, no dia 6 de Novembro de 1059 pelo Papa Nicolau II. Nas décadas seguintes foi construída a cobertura do pavimento de mármore incrustado e sua cúpula foi finalizada.

Posteriormente, incluíram-se os mosaicos da abside e os elaborados mosaicos da cúpula com a colaboração dos pintores Coppo di Marcovaldo e Cimabue.

Cúpula do Batistério São João

A beleza deste Batistério segue a linha da Catedral de Santa Maria del Fiori na parte externa e por dentro também é simplesmente lindo.

Basílica de Santa Cruz

Diz a lenda que a igreja foi fundada pelo próprio São Francisco de Assis, sendo sua construção iniciada em 1294, mas apenas consagrada, em 1442.

A Basílica de Santa Cruz é a principal igreja franciscana em Florença, sendo uma das principais basílicas da Igreja Católica no mundo, localizada na Piazza di Santa Croce.

Suas características mais marcantes são as 16 capelas, muitas delas decoradas com afrescos de Giotto.

Você pode pensar, será que vale a pena entrar na Basílica por ser paga? Eu respondo que sim, que vale a pena, principalmente se você é amante da arte.

Basílica de Santa Cruz

Além disso, as igrejas sempre são muito ricas de arte e nessa, em especial, estão localizados os corpos de 276 italianos ilustres, entre eles: Michelangelo, Buonarroti, Galileu Galilei e Niccolò Macchiavelli.

Basílica di San Lorenzo

A Basílica di San Lorenzo era a igreja privada da poderosa família Medici, uma das mais ricas da cidade. Tenho certeza que ela não vai passar despercebida, mesmo que você não seja amante das igrejas.

A importância desta Basílica não vem somente da parte religiosa, mas também da sua imponência e de um número inestimável de obras de arte na parte interna.

Só para ilustrar, todo o interior foi desenhado por Michelangelo e os púlpitos de bronze são as últimas obras de Donatello. Aliás, é nela que está a Capela de Martelli com o monumento sepulcral de Donatello. 

Galleria Degli Uffizi

A Galleria Degli Uffizi é um palácio que abriga um dos mais antigos e famoso museu do mundo.

Se você não tiver atenção, passará por ele, admirará a sua beleza externa, mas sem ter ideia da sua importância para a arte e para a história.

Galleria degli uffizi

A saber, está dividido em várias salas dispostas por escolas e estilos em ordem cronológica. O museu exibe obras do século XII ao século XVIII, com a melhor coleção do mundo de obras do Renascimento.

Só para exemplificar, possui obras de artistas como Cimabue, Caravaggio, Leonardo da Vinci, Michelangelo, Rafael, Andrea Mantegna, Ticiano, Parmigianino, Peter Paul Rubens, Rembrandt, Giovanni Battista Pittoni, Canaletto e Sandro Botticelli.

Depois de visitar a Galleria Degli Uffizi, não deixe de passear pela Piazza Della Signoria, ou seja, a Praça da Senhoria. Tenho certeza que vai gastar um bom tempo admirando cada uma das estátuas na Loggia dei Lanzi.

Piazza

Ponte Vecchio

As ruas de Florença são ótimas para caminhar e certamente você chegará até a charmosa Ponte Vecchio.

Ponte Vecchio- Florença

As construções ao seu redor e sobre esta ponte dão um colorido todo especial, fazendo dela um dos cartões postais da cidade.

Construções ao lado do Rio Arno

Embora você possa pensar que a Ponte Vecchio é apenas uma ponte, perceberá que ela mais parece uma galeria de joalherias. A saber, essa ponte sempre foi um dos lugares mais importantes de comércio em Florença.

Ponte Vecchio

Agora se você não vem aqui no blog apenas para ter acesso a roteiros, mas curte também adquirir conhecimento, preste atenção a curiosidade que vou contar.

Existe na Ponte Vecchio um corredor secreto que atravessa o Rio Arno, ligando o Palazzo Vecchio, sede da prefeitura, ao Palazzo Pitti que foi a casa da família Medici, e hoje abriga 8 museus surpreendentes!

Assim a família Medici, que o mandou construir, poderia chegar a sua residência de maneira rápida quando houvesse algum problema nas ruas da cidade.

Dica: Saiba que 24 de junho é o dia de São João, padroeiro de Florença. Assim a cidade fica toda em festa e se você estiver por lá, poderá ver a charmosa ponte, juntamente com fogos de artifício ao fundo.

Galleria dell’Accademia

Não sei se é o museu mais famoso da cidade, mas posso dizer que nele está o famoso e grandioso, além de original “David” de Michelangelo.

Inicialmente ele ficaria em frente ao Palazzo Vecchio, na área externa, entretanto para sua melhor conservação, foi colocado dentro da galeria e no lugar anterior, uma réplica.

Curiosidades sobre “David”:

A escultura possui mãos e cabeça desproporcionais ao resto do corpo, mas não foi à toa. De fato, Michelangelo imaginou que a obra seria vista por baixo, assim mãos e cabeça, neste ângulo da visão, estariam proporcionais.

Outra curiosidade, que é motivo de piada ao longo do tempo, é o pênis bem pequeno e existem duas versões para explicar.

A primeira explicação é que o órgão sexual masculino está representado em estado flácido, portanto as dimensões são menores comparando com um pênis ereto.

A outra justificativa é que no padrão de estética da Grécia antiga, um pênis com tamanho normal era deselegante, além de ser horrível.

Esculturas Galleria dell’Accademia

Embora muitos acreditem que ver o David de Michelangelo já vale a visita, saiba que além desta obra de arte, você poderá apreciar outras belas esculturas, além de pinturas, como “O Nascimento de Vênus”, de Botticelli, e “A Anunciação”, de Da Vinci.

Dica: Se você não gosta de perder tempo em fila, não deixe de comprar seu ingresso antecipadamente on-line, pois aqui, a fila é grande mesmo!

Piazzale Michelangelo

Praça Michelangelo

Em Florença você verá tantas estátuas do David de Michelangelo, que a cidade até deveria se chamar David. (risos)

Brincadeira, já que o nome Florença, Firenze, Florence, Florencia, Florez, como é chamada em várias línguas, tem uma sonoridade tão boa e combina muito com a cidade…

Sabe aqueles lugares que falamos, dali você terá a melhor vista da cidade? Atenção, pois esse já é o segundo ponto que cito.

Então, se você for durante o pôr do sol vai se apaixonar, com toda certeza. Mas à noite também é lindo, já que a cidade e a cúpula ficam iluminadas.

Para chegar lá, você pode ir a pé desde a Ponte Vecchio, contudo gastará em torno de meia hora, já que o caminho fica numa subida.

Na primeira viagem, fiz esse caminho sozinha e na segunda vez, que ainda tínhamos um bebê com um carrinho, também usamos apenas nossas “perninhas”.

Subindo o carrinho do bebê até a praça Michelangelo

Até podíamos pegar um táxi, sem problemas. Mas que história teríamos para contar? Além disso, sinceramente, o simples fato de subir e ver a cidade por cima e por etapas não tem preço.

Entretanto, caso você tenha algum problema de locomoção, o ideal é pegar um táxi. Mas se tiver optado por alugar um carro, esse é um dos pontos que vale a pena usá-lo em Florença, já que no restante da cidade, o melhor mesmo é conhecer caminhando, e caminhando, e caminhando, e …

San Miniaro al Monte

Nesta praça também existe outra linda e secular igreja, a San Miniaro al Monte, uma igreja diferente, um pouco escura na parte interna, mas que vale a visita.

Igreja San Miniaro al Monte

Depois de visitar a igreja, segui andando, pois essa vontade de caminhar sem rumo é uma das coisas que mais me agradam numa viagem.

E de repente me vi dentro do cemitério de Florença, mas tão florido e com lápides tão lindas e diferentes, que fiquei um bom tempo pensando sobre a vida.

Refletindo, em especial, sobre o que realmente aquelas pessoas viveram, se foram felizes, se realizaram seus sonhos…

Enfim, saí dali com a certeza que deveria continuar vivendo cada dia como se fosse o último e principalmente, sendo agradecida por ter cada dia mais uma chance de ser feliz.

Onde comer em Florença

Eu seria injusta se recomendasse um ou outro restaurante em Florença, simplesmente por ter tantos restaurantes lindos e que servem refeições tão deliciosas.

Quando fomos durante o inverno, entrávamos no primeiro restaurante de cara boa que encontrávamos, para sair do frio e ficar num ambiente quentinho, principalmente durante à noite.

Durante o verão, andávamos sem preguiça, até encontrar um restaurante que realmente chamasse a atenção, olhando o menu e o interior ou parte externa do restaurante.

De fato, no verão é uma delícia sentar nas cadeiras externas, colocadas nas praças e aproveitar para ver o ir e vir das pessoas, enquanto desfrutamos dos sabores italianos.

Enfim, sinceramente, na minha opinião não houve nenhum restaurante que me decepcionasse em seus pratos, sem deixar de fora os doces.

Recomendo sim

Agora se deseja comer uma deliciosa pizza, num lugar famoso, vá até a Pizza Napoli 1955 e caso encontre uma fila, não reclame, pois será recompensado com uma pizza incomparável e todinha sua!

Onde ficar

Os hotéis da cidade são charmosos, seja os hotéis de luxo como os Four Seasons Hotel Firenze e Hotel Regency – Small Luxury Hotels of the World, seja as hospedagem de apartamentos como o Domux Home Repubblica e Mamo Florence – Vertical Garden Apartments.

Ah, o amor…

E não poderia deixar de terminar esse artigo com essa imagem linda, que me enche o coração sempre que a vejo, pois o amor é a base de tudo que se faz.

Assim deixamos Florença, com aquele gostinho de quero mais


Então, consegui despertar o seu interesse para conhecer essa cidade tão maravilhosa?

Você a conhece? Tem dicas para compartilhar conosco e com outros leitores? Ah, sugestões e críticas também são bem-vindas!

Se puder deixar o seu like no fim do artigo, agradecemos, pois isso ajuda a levar nosso conteúdo a mais pessoas.

E se desejar saber mais novidades sobre o Agarre o Mundo é só nos acompanhar através das redes sociais, seja bem-vindo(a).

O Agarre o Mundo segue com o compromisso de sempre mostrar a “viagem como ela é”.

E se desejar um roteiro para curtir sua viagem sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

parceiros

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Kenia Miranda

Brasiliense, sempre disposta a aprender e descobrir o novo, com um apreço enorme por novas culturas e costumes. Apesar de ser formada em Odontologia, está sempre buscando novos caminhos e novos aprendizados. Uma das suas frases preferidas: "Minha alma é muito livre para ficar presa seja lá no que for."

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!