" /> Pastéis de Nata: uma legítima receita portuguesa - Agarre o Mundo

Pastéis de Nata: uma legítima receita portuguesa

Pastéis de Belém - Saboroso e aromático
escrito por Sandra Hupsel

Os Pastéis de Nata são sem dúvida o doce mais famoso de Portugal. A combinação massa folhada com um creme a base de leite, açúcar e gemas é sensacional!

A saber, é encontrado por toda Lisboa, das confeitarias aos supermercados.

Certamente, não existe unanimidade de qual o melhor, contudo têm os mais famosos como os Pastéis de Belém, Manteigaria, Fábrica da Nata, Pastelaria Batalha, Pastelaria Santo Antônio, entre outros.

Pastel de Nata - tradição portuguesa

Mas no fim das contas, o melhor é aquele que saiu do forno, quentinho! E qual a melhor maneira de ter em casa Pastéis de Nata quentinho? Fazendo você mesmo!

Sendo assim, trago para nosso leitor, a receita dos Pastéis de Nata da Pastelaria do Batalha, uma das melhores de Lisboa e que faz workshop do doce português predileto dos brasileiros. O curso é feito sob agendamento no site da Pastelaria e você pode marcar antes mesmo da viagem.

Então, pronto para pôr as mãos na massa? Vamos lá!

Como fazer os Pastéis de Nata

Em primeiro lugar, essa receita é suficiente para cinquenta Pastéis de Nata.

Em segundo lugar, preparações doces pedem que as quantidades dos ingredientes sejam seguidas à risca, pois caso contrário, o resultado é diferente.

Além disso, o recheio dos Pastéis de Nata não deve ser muito doce, a massa deve ser corada e pouco gordurosa. É servido polvilhado com canela em pó e açúcar. Eu só adiciono a canela, mas aí vai do gosto de cada um, não é?

Ingredientes e preparo

Massa:

  • Misture numa vasilha 700 g de farinha de trigo e 15 g de sal. Depois adicione 350 ml de água fria. Bata em batedeira com gancho, em velocidade baixa por 5 minutos e depois, velocidade alta por 5 minutos.
  • Então, abra a massa de forma grosseira e acrescente 500 g de manteiga sem sal, de boa qualidade e gelada. Faça um ‘pacote’ da massa com a manteiga dentro. Polvilhe com farinha, pegue um rolo de abrir massa e bata na mistura para envolver a gordura.
  • Depois estique a massa até ficar com 0,5 cm de espessura. Dobre 1/3 da massa a partir da ponta para o centro (da direita para o centro e da esquerda para o centro), deixando a massa com três camadas.
  • Em seguida, estique a massa no rolo. Corte as pontas irregulares e deixe a massa em formato retangular. Neste ponto é possível ver as camadas do preparo, a massa e a manteiga.
  • Antes de mais nada, para enrolar, a massa deve ser molhada com água. Dobre levemente para dentro a para inferior do retângulo. Depois enrole até o final, formando assim um rocambole.
  • Importante: à medida que enrolar, aperte levemente pois retira o ar entre as camadas. Envolva em papel manteiga e deixe na geladeira por 45 minutos.
Recheio:
  • Misture à mão 1 kg de açúcar e 200 g de farinha. Leve ao fogo 2 litros de leite semidesnatado, dois paus de canela e casca de dois limões sicilianos. Em seguida, quando levantar fervura, adicionar a mistura seca. Mexer com batedor sem parar até a consistência de creme. Adicionar de 10 a 12 gemas quando o creme estiver frio.
Montagem:
Preparando o legítimo Pastel de Nata
  • Corte a massa resfriada em rodelas de cerca de 3 cm e coloque em forminha (de empada média). Com o polegar aperte o pedaço de massa e puxe em direção a borda. Repita o movimento até distribuir a massa em toda a forminha.
  • Adicione o creme até encher a forma. Coloque as forminhas em um tabuleiro e leve ao forno pré-aquecido, com temperatura de 250 graus, entre 12 e 20 minutos.

Dica para saber se o pastel está pronto

Agite o tabuleiro com as forminhas e se o creme não vazar é sinal de que está no ponto.

Depois de assada, as camadas da massa devem ser bem visíveis e o recheio tem uma leve crosta dourada e irregular. Desenforme, sirva com canela em pó e açúcar e bom apetite!

O legítimo Pastel de Nata português - Foto Pastelaria Batalha

Agora é só contar se ficou bom e se por acaso, morar em Salvador ou em Brasília, pode mandar para a gente, viu?

Se tiver outras dicas ou receitas do Pastel de Nata, compartilha com a gente e os outros leitores, certo?

E caso queira sua viagem organizada, basta contactar com o Blog. Montamos desde roteiros personalizados e exclusivo conforme o perfil de viajante, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip e etc, a viagens completas.

Beijoooooooo e até breve!


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

parceiros

E se não quiser ter nenhum trabalho com essa organização, podemos cuidar de tudo para você.



Sandra Hupsel

Baiana, mora em Salvador. Sensível e curiosa, gosta de ler e estudar sobre vários assuntos. Especialista em nutrição clínica e oncológica. Sempre gostou de viajar e após experiências negativas com os pacotes prontos de viagem, passou a organizar suas próprias viagens, de familiares e amigos. "Se faz sentir, faz sentido,"

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!