" /> Vamos de trem a Morretes? - Agarre o Mundo

Vamos de trem a Morretes?

Trem a Morretes
escrito por Kenia Miranda

Quem vai a Curitiba, certamente, já vai de olho na possibilidade de fazer um dos passeios de trem mais bonitos do Brasil: o passeio de trem a Morretes. Aliás, se você ainda não leu o artigo de Curitiba, saiba que esta é uma daquelas cidades que merecem mais do que um fim de semana para sentí-la.

A capital paranaense é repleta de atrações, muitas delas, sem custo para o turista. Entretanto, para melhor desfrutar de cada atração, devemos reservar um tempo para contemplar calmamente, sem se preocupar com o relógio. Aliás, assim acreditamos que deveria ser toda e qualquer viagem.

De fato, ir a Curitiba merece um passeio a Morretes. E digo mais, se estiver de carro, faça também o percurso para apreciar a Estrada da Graciosa.

O passeio de trem é uma experiência que merece ser vivenciada ao menos uma vez na vida. A saber, o passeio já foi considerado um dos dez mais bonitos do mundo, segundo os jornais The Guardian, do Reino Unido, e The Wall Street Journal, dos EUA.

Passeio de trem a Morretes que leva você ao passado

Se alguém me perguntar porque deveria colocar o passeio no roteiro, responderei que sentir como era a vida no passado por si só, já seria um excelente motivo. Imaginar quanta dificuldade foi a construção desta estrada.

Trem a Morretes

Entretanto, vou apresentar mais alguns motivos: A beleza da natureza é sensacional e a história que você ouvirá sobre a região e a construção da estrada, vai lhe deixar impressionado.

O passeio dura cerca de 4h, e você pode fazer de Curitiba a Morretes ou de Morretes a Curitiba. Nós fizemos de Morretes a Curitiba e adoramos, vou lhe explicar o porquê.

Primeiro, porque você poderá apreciar a Estrada da Graciosa descendo e durante o dia, podendo assim desfrutar da vista. Segundo, porque quando você contrata o passeio com a empresa, pode incluir o almoço e certamente vai pegar tudo recém feito e não, aquecido.

Apesar da maioria das pessoas decidirem ir de trem a Morretes, saiba que quando elas chegam, o grupo que decidiu voltar de trem já chegou, pois gastaram apenas 2 horas no percurso, assim, já almoçaram. Ou seja, a menos que me provem o contrário, a comida será aquecida. Não tenho nada contra comida aquecida, mas prefiro uma comidinha feita na hora.

O percurso do passeio de trem a Morretes

O percurso é de 65 km. A saber, o trem passa por 41 pontes e dezenas de pontes menores. Além disso, passará por 13 túneis, vários lindos penhascos e cachoeiras. E o melhor é saber, que tudo isso está emoldurado pela maior área preservada de Mata Atlântica do Brasil.

Sem dúvida, a viagem é uma verdadeira volta ao passado. Todo o percurso é feito pela ferrovia Paranaguá-Curitiba, que tem mais de 135 anos. Isso mesmo, ela foi inaugurada em 1885 com a presença da princesa Isabel.

Quando pensamos numa estrada de ferro, já imaginamos toda ela sendo construída aqui mesmo no Brasil. Agora vou contar uma coisa, existe uma ponte metálica, São João, que foi construída na Bélgica, e depois montada no local.

A ponte é grande, contando com 112 m de extensão, 70 m de vão livre e 55 m de altura. A sua beleza é encantadora e nos faz voltar mais uma vez ao passado e pensar na sua montagem ali, num período onde as dificuldades dentro da mata eram imensas.

Parque Estadual do Marumbi

Certamente você não vai se esquecer da grandiosidade das montanhas existentes no Marumbi. Aliás, o Marumbi é o berço do montanhismo brasileiro. Tanto a primeira equipe de homens, quanto a primeira mulher do nosso país escalaram este conjunto de montanhas.

No ano de 1879, no mês de agosto, uma comitiva de desbravadores (4 amigos) chegou ao cume de uma montanha ainda desconhecida, liderados por Joaquim Olímpio Carmeliano de Miranda. Eles chegaram ao ponto mais alto do Conjunto Marumbi (1.539m de altitude) no Paraná.

Olha que legal, após o feito do primeiro homem brasileiro ter se tornado montanhista, decidiram que levariam uma mulher. Mas não foi tão simples encontrar a candidata. A única a aceitar foi uma menina de 13 anos, Hercília Pinheiro Lima, no ano de 1901.

Se você também curte uma aventura, prepare-se bem, pois necessitará de 4 dias para escalar estas montanhas e mais 3 dias para descer. Um dia a menos, afinal para descer todo Santo ajuda.

Mantenha a cabeça dentro do trem durante o passeio até Morretes

Durante todo o passeio do trem a Morretes, o instrutor alerta para manter o corpo dentro do trem para não se machucar. E mesmo que o seu desejo seja de tirar mil fotos como essa abaixo, obedeça.

Muitas vezes, acontece do trem parar por mais ou menos trinta minutos no meio do caminho, para o outro trem cruzar a estrada. Então, com o trem parado, você pode aproveitar para fazer todas as suas fotos. Foi exatamente assim que fizemos.

Outra coisa importantíssima: em hipótese alguma jogue lixo para fora do trem. Pode parecer algo absurdo, mas acontece tanto que existe uma empresa, que faz um serviço voluntário de coleta de lixo e a quantidade de lixo que recolhem diariamente é enorme.

Empresa que presta o serviço de passeio de trem a Morretes

A Serra Verde Express é a concessionária dos trens turísticos na ferrovia Paranaguá. Ou seja, é ela quem realiza os passeios de trem pela Serra do Mar paranaense, que podem ser feitos em diversos tipos de vagões, desde a classe turística até os mais luxuosos.

Trem a Morretes

Até 2017, o trem percorria o trajeto diariamente o ano todo, mas a empresa reduziu a circulação a partir do começo de 2018. Então, fique atento, caso deseje comprar de última hora.

Aliás, recomendo fortemente não fazer reserva de última hora, por correr um grande risco de não conseguir fazer o passeio por lotação. Então, fique atento a essa mudança na hora de organizar a viagem.

Horários do passeio de trem a Morretes

As saídas ocorrem sempre às 8h15. O retorno do trem ocorre às 15 horas, saindo da estação de Morretes.

Saiba que durante a baixa temporada, as saídas ocorrem apenas nos finais de semana (sextas, sábados e domingos). 

Escolha o trecho que deseja percorrer e vá se divertir. Além dos motivos apresentados por mim na escolha do trecho, vale a pena ressaltar que sejam verificadas as condições climáticas, já que a ida ou a volta de van ocorre pela bela estrada da Serra da Graciosa, com seus 33 km calçados em paralelepípedos e inúmeras curvas bem sinuosas.

Caminho dos jesuítas- Estrada da Graciosa

Hisgeopar

A empresa, enquanto você estiver na van, vai levar você até Antonina.

Além disso, você conhecerá o Hisgeopar – optativo (ingresso R$ 30), que nada mais é do que um galpão, onde dentro tem uma maquete gigante, que conta a história e a geografia do estado do Paraná, bem como a construção da ferrovia.

Hisgeopar

O legal é que não é uma maquete estática e sim, bem animada. Sempre digo que ver a história é muito melhor do que apenas ouví-la. Assim, não só adultos, como as crianças se interessam mais.

Esqueci de apresentar acima, ainda existe mais um motivo para escolher voltar de trem de Morretes, que é o maravilhoso pôr do sol, que você poderá apreciar das janelas do trem.

Como você ficará 4 horas dentro do trem, saiba que os pacotes da classe turística incluem kit lanche e uma bebida gratuita (água ou refrigerante). Eles servem um sanduiche bem gostosinho, alguns biscoitinhos também.

Trem a Morretes

Como disse anteriormente, os pacotes mais luxuosos têm um atendimento diferenciado, como ‘Welcome drink’ (espumante moscatel) e também mais opções de lanches e bebidas (água, café, chá, refrigerante e cerveja).

Sem dúvida, não importa a ocasião ou o tamanho do seu orçamento: você encontrará o passeio inesquecível. Escolha a classe em que deseja viajar e bom passeio.

No caminho o instrutor vai explicando e alertando para tudo que vem pela frente, como estações antigas, muitas delas em ruínas, barragens, cachoeiras, pontes e montanhas.

Trem a Morretes e barreado

Alguns dos pacotes ainda incluem um almoço típico como o famoso barreado, em um restaurante instalado num casarão colonial de Morretes, Stazione Morretes.

Stazione Morretes

Se você optar por não aceitar o almoço no pacote, saiba que existem vários restaurantes em Morretes. Mas vou dar a minha percepção sobre a inclusão no famoso passeio.

Como este restaurante fica bem na entrada de Morretes, reservado apenas para as pessoas que optaram pela inclusão do almoço no pacote, ao chegar, se acomodar e se sentar, rapidamente vem a sua refeição.

Tem várias opções de pratos no almoço, que eles servem igualmente em todas as mesas. Ou seja, não há atraso nos pratos e praticamente todas as pessoas comem ao mesmo tempo. E rapidamente, o restaurante começa a se preparar para receber a segunda leva de turistas, aqueles que optaram por ir de Curitiba a Morretes de trem.

Afinal, no que consiste o barreado?

A receita e o preparo do barreado consiste em: um ou mais tipos de carne bovina de segunda e magra, como a paleta, a maminha e o patinho, temperados com cebola, alho, toucinho de porco, pimenta-do-reino, louro e cominho e cozida por horas em uma panela de barro até desmanchar.

Barreado Morretes

Na verdade, é como uma carne de panela que passou do tempo, chegando a derreter. Sinceramente, uma delícia. O verdadeiro barreado, segundo a menina que nos serviu, vai ainda com farinha de mandioca, como se fosse um pirão, mas feito no próprio prato.

Além disso, é servido com uma banana enorme. Eu sou suspeita para falar porque sempre que posso, coloco banana na comida e ao provar essa banana, só faltei ir ao céu e voltar. Pense numa banana doce, maravilhosa. E que ficou perfeita neste prato.

Para quem não gosta muito de carne, ainda tem a porção de peixe frito. Acredite, este também não deu para quem quis. Nós nunca comemos em excesso, mas para quem gosta mesmo de comer, saiba que pode ainda pedir para trazer mais porções do que já foi servido.

Dica: Mesmo que a comida seja uma delicia, faça força para não comer tanto, pois você ainda terá um tempinho para caminhar por Morretes. E se tiver comido muito, perderá a gana de caminhar tranquilamente pela pequena cidade.

Agora, não deixe de experimentar esta iguaria, que é uma delícia.

História do barreado

Existem algumas versões sobre a origem do barreado, mas alguns historiadores acreditam que a receita surgiu entre os caboclos das encostas da Serra do Mar, no litoral do Paraná, ainda no período colonial. E, com o passar do tempo, acabou sendo associado às festas que antecediam a quaresma, o chamado Entrudo.

A saber, o Entrudo /Carnaval significava introduzir, começar, anunciar a aproximação da quaresma. De fato, era uma tradição muito antiga, com suas primeiras referências em Portugal datadas de 1252.

O Entrudo era festejado durante três dias. E tinha durante o período várias brincadeiras bem engraçadas, como por exemplo, pessoas jogavam entre si, polvilho, farelo de pão, bacias de água, frutas e até mesmo terra.

Se receber isso era bom eu não sei, mas que deveria render várias risadas, isso eu não tenho dúvidas. E para garantir energia para tanta brincadeira, uma comida bem calórica deveria ser oferecida.

Assim, o barreado supria, e ainda supre, muito bem esse objetivo e necessidade. Pois nada melhor que carne + arroz + farinha de mandioca + banana, para trazer uma boa dose de energia.

Com o passar do tempo, este alimento passou a ser consumido fora do período de carnaval e hoje faz parte da gastronomia típica de Morretes.

O trem lhe leva ou lhe traz de Morretes, mas afinal o que fazer na cidade

Eu não sei você, mas visitar cidades históricas me encanta. Ver tantos casarões como em Tiradentes ou Pirenópolis me faz retornar ao passado e imaginar, como teria sido a vida, se eu tivesse vindo ao mundo em outro período.

Além disso, como toda cidade do interior, onde não existe muito fluxo de carros, o barulho mais ouvido são de crianças brincando ou o som dos passarinhos.

A cidade é cercada de morros e cortada pelo rio Nhundiaquara. Aliás, ver alguns moradores tomando banho no rio, me deu uma vontade imensa de também mergulhar ali, já que passei boa parte da minha infância tomando banho em rios.

Sem dúvida, o melhor a se fazer em Morretes é caminhar pelo centrinho histórico. Faça como fizemos, compre um sorvete, sente-se em algum banquinho a beira do rio e veja a vida passar.

Morretes

E por falar em sorveterias, saiba que existem várias na cidade. Além disso, você encontrará algumas barraquinhas que vendem produtos artesanais e produtos típicos.

Melhor lugar para se sentar no trem de Morretes

Essa talvez seja a única “péssima” notícia: Não é possível escolher onde se sentar. São eles que definem onde você vai se sentar, de acordo com o número de pessoas existentes no seu grupo.

Ao escrever isso, estou aqui sorrindo. Pois, mais uma vez o Universo agiu como eu esperava e nos colocou no lado direito. Isso significa que era exatamente deste lado que eu desejaria estar.

Pois sentadinha na minha cadeira, com minha janelinha aberta, e sem ter que me levantar conseguia ver todas as maravilhas da estrada, em plena Mata Atlântica, que estão localizadas a direita mesmo.

O que eu desejo para você?

Tudo que desejei e obtive do Universo: Fervedouros particulares apenas para minha família; Cachoeira da Santa Barbara só minha; Ponte Marie só da minha galera; Castelo de Eltz exclusivamente meu. Estes foram o que me vieram a mente agora, mas tenho certeza que tantos outros foram providência dele. E é exatamente isso que desejo a você: o mesmo que desejo para mim.


Deixo aqui um buscador de passagens, hotéis e carros, o Skyscanner. E para a reserva do trem e para tirar dúvidas de qual vagão escolher, entre em contato com o Agarre o Mundo.

 

Então, gostou de conhecer Morretes e o passeio de trem? Você gosta de estar em contato com a natureza? Conte nos comentários se você conhece essa região e suas maravilhas.


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Assim deixamos aqui algumas sugestões.

Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

Parceiros Agarre o Mundo

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Kenia Miranda

Brasiliense, sempre disposta a aprender e descobrir o novo, com um apreço enorme por novas culturas e costumes. Apesar de ser formada em Odontologia, está sempre buscando novos caminhos e novos aprendizados. Uma das suas frases preferidas: "Minha alma é muito livre para ficar presa seja lá no que for."

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!