" /> Dicas de Morro de São Paulo: o que fazer e onde comer - Agarre o Mundo

Dicas de Morro de São Paulo: o que fazer e onde comer

Morro de São Paulo - Vista do Farol
escrito por Sandra Hupsel

Nesse segundo post, preparei um guia com dicas de gastronomia e diversão em Morro de São Paulo e assim, ninguém deixará de curtir tudo que esse paraíso oferece. Então, vamos lá?

Da mesma forma, que Morro de São Paulo é famoso por suas belezas naturais, passeios, esportes e baladas, também tem boa gastronomia e muita diversão.

Morro de São Paulo - Lateral da Fortaleza

Para quem já conhece ou leu e viu as fotos do outro post, certamente, já morre de amor e nem será necessário fazer propaganda desse lugar inesquecível.

E diante de tantas atividades e restaurantes, as vezes os comerciantes “disputam” o cliente, mas nada que incomode. Afinal, proatividade é marca registrada dos trabalhadores do Morro (risos).

Dicas de onde comer em Morro de São Paulo: do acarajé ao sorvete tailandês

De fato, em Morro você acha do acarajé a empanada argentina, da moqueca baiana ao sushi, do famoso “prato feito” ao la carte, do brigadeiro de praia ao petit gâteau, do “geladinho” ao sorvete tailandês, do suco de umbu ao prosecco, ou seja, variedade não falta e ninguém fica com fome ou sede.

Sem dúvida, o forte é a comida regional, mas existem comida italiana e japonesa, hamburgueria, pizzaria, sorveteria, cafeteria, e por aí vai…

Entretanto, nesta última visita, um fato me chamou atenção. Muitos restaurantes deixaram de ser especializados e passaram a oferecer todo tipo de culinária, o que pode influenciar na qualidade do prato final.

De qualquer forma, os restaurantes de Morro são um convite a boa mesa.

Sendo assim, seguem dicas de locais para comer em Morro de São Paulo, conforme a localização. Contudo, os valores praticados são semelhantes a outros locais turísticos do Brasil.

Vila e arredores

Na Vila, o que não faltam são boas alternativas para se deliciar com a gastronomia do lugar.

Sugestões: O Casarão, Café das Artes, Sabor da Terra(self service saboroso), Dice 10 (simples e gostoso), Ponto G (é isso mesmo, risos), Basílico, Portaló, Tinharé (comida caseira simples e saborosa), Mediterrâneo, Cantina do Morro, Bossa Nova Bistrô (início do caminho do farol), entre outros.

Dica: Não deixe de experimentar o pastel do Foom. Lugar tradicional, simples, mas o pastel é bastante saboroso. Aliás, na alta temporada e nos feriados fica rodeado de gente e tem sambão.

Primeira Praia

Antes de tudo, são poucos os lugares para comer e ficam na descida da Vila, no caminho para Segunda Praia. Na areia da praia só existem bares mais simples.

Sugestões: Hamburgueria Bahia Delicia e a Sorveteria Fragola. No Hotel Farol do Morro existe um restaurante japonês bastante famoso.

Segunda Praia

De maneira idêntica a Vila, aqui existe uma variedade incrível de culinária e valores. E, se por acaso passar pelo deck logo cedo, dê uma “olhadinha” despretensiosa nos preços expostos em lousas, nas entradas dos restaurantes e compare depois.

Sugestões: Budha Beach, Sambass, Funny, Bella Vida, Marilyn Café, Club do Balanço, Santa Villa Restaurante, entre outros.

Terceira Praia

Também oferece boas opções e quanto mais distante da praia, mais em conta.

Culinária em Morro de São Paulo

Sugestões: Chez Max (muito bom), Minha Louca Paixão, Mare Bar & Grill, Cantina Barolo, Bella Vida, Canoa, Santa Luzia (simples e saboroso), entre outros.

Quarta Praia

Possui poucos restaurantes, pois é mais distante e isolada.

O Bar e Restaurante Piscina tem mais de vinte anos e serve uma moqueca maravilhosa. Ah, eles servem de cortesia uma cocada de forno, que é perfeita.

Ainda existem o Terrazzamare Beach Bar e o Restaurante da Pousada Vila dos Corais que fica aberto ao público.

Pegadinhas dos restaurantes de Morro de São Paulo

A Vila possui muitos restaurantes, mas alguns não funcionam durante o almoço. Até porque, a Vila fica vazia.

Vila de Morro de São Paulo fica vazia durante o dia

Vale a pena ficar de olho nas promoções do dia, pois sempre rola. No Morro, cada cliente vale ouro, acredite!

Ao mesmo tempo, os valores variam de acordo com a estação e conforme a procura e horário (risos).

Então, se assim como eu, você se delicia com o café regional das pousadas e almoça mais tarde, geralmente vai encontrar preços mais convidativos… Coisas do Morro (risos).

Bem como, alguns lugares oferecem uma bebida como cortesia.

Além disso, é possível fazer um programa romântico: jantar à luz de velas com os pés na areia ou não (risos). Mas, prepare o bolso, pois a depender do local, essa opção não será muito barata.

Dicas do que fazer em Morro de São Paulo…praia? esporte? pôr do sol? vila à noite? baladas?

Você já programou sua viagem para Morro ou está na sua lista de destinos ir visitar? Então, prepare-se, pois lá não falta o que fazer, tanto ao dia, quanto à noite. De fato, só fica parado quem quer.

Antes de mais nada, o meu conselho é experimentar tudo que o Morro de São Paulo oferece como diversão, se bem que, estar no Morro já é uma diversão e tanto.

Sendo assim, já anota as dicas do que fazer em Morro de São Paulo, que por sinal, podem ser pagar ou gratuitas. Você decide!!

Morro de São Paulo: dicas do que fazer durante o dia

Não gosto de acordar cedo, mas se tem algo que faço e recomendo é: se estiver viajando, acorde cedo, porque dormir a gente dorme em casa! E se o “dormir” for em dólar ou euro, melhor nem dormir (risos)…

Fim de tarde em Morro de São Paulo

E em Morro de São Paulo não é diferente. Acorde cedo, antes que morra de arrependimento ou de saudade.

Praias e praias…Primeira, Segunda, Terceira, Quarta, Quinta

As águas das praias de Morro, normalmente são calmas, mornas, cristalinas e com muitas piscinas naturais e peixinhos…enfim, um paraíso! O meu conselho é curtir todas, pois nenhuma é igual a outra.

Segunda Praia do Morro de São Paulo com a maré baixa

Primeira Praia

É a praia mais perto do cais de entrada de Morro de São Paulo. As primeiras casas de veraneio foram construídas lá. Entretanto, praticamente todas viraram pousadas, lojas ou bar.

Primeira Praia de Morro de São Paulo

Antes de tudo, a praia possui pequena extensão de areia e tem onda. É sobretudo, frequentada pelos moradores e praticantes de esporte.

Tem banana boat, aluguel de equipamentos de mergulho e de pranchas. É a praia de chegada para quem desce da tirolesa. A visão para o farol é fantástica.

Primeira Praia de Morro de São Paulo

Segunda Praia

Com mar calmo e cristalino, é boa para passar o dia e no fim da tarde assistir o pôr do sol. As piscinas naturais se formam no início da manhã ou fim da tarde, a depender da maré.

Segunda Praia de Morro de São Paulo - maré baixa

Todavia, é super agitada. Ferve durante o dia, pois o sol é mais quente e faz mais calor, não sei o porquê, mas é verdade.

Segunda Praia de Morro de São Paulo

Possui um deck/passarela, sendo rodeada de bares e restaurantes

Além disso, possui redes de vôlei e futevôlei, caiaque e pranchas de SUP para alugar. Na faixa de areia próxima ao mar, existem sombreiros e espreguiçadeiras para alugar com direito a alguns mimos, como na foto abaixo.

Certamente, é a praia mais agitada e onde rola todo o burburinho.

Terceira Praia 

É menos movimentada que a segunda, mas é enorme. De lá saem os barcos dos passeios, mas em alguns trechos não tem infraestrutura e por isso é mais usada como acesso a Quarta Praia.

Mas é justamente no lugar que não tem comodidades, que o mar é tranquilo e calmo, perfeito para um mergulho.

Terceira Praia de Morro de São Paulo 
 com a maré baixa

No entanto, quando a maré está alta, a passagem é feita pelo deck de madeira e o banho já não é tão agradável.

É nesta praia que se localiza a ilhota do Caitá que tem uma grande barreira de corais. Ao mesmo tempo, cardumes, arraias, moreias, estrelas do mar, ouriços, e se der sorte, até tartarugas.

O acesso à Ilha do Caitá pode ser feito através de mergulho com cilindro e caiaque, que estão disponíveis para aluguel assim como o SUP.

Os bares e restaurantes estão, sobretudo, na primeira metade da praia.

Quarta Praia 

Aqui ficam as mais bonitas piscinas naturais de Morro de São Paulo. É o melhor local para ver os peixinhos, mas se a maré estiver muito baixa, o espaço das piscinas reduz. No entanto, se a maré estiver muito cheia, as piscinas desaparecem. É necessário olhar a Tábua das Marés.

Alguns moradores vendem ração para atrair os peixes. Como resultado o mar fica todo colorido. Se você tiver snorkel, leve! Mas é possível ver o cardume de fora do mar mesmo, pois a água é cristalina!

Contudo, na maior parte da área, só existem areia, mar e palmeiras – é perfeita para quem busca um pouco de reclusão. Possui uma extensa faixa de areia, além de muitas palmeiras. É comum ver os turistas lendo ou tirando uma soneca debaixo da sombra.

Quarta Praia de Morro de São Paulo com a maré cheia

De maneira idêntica, é ideal para longas caminhadas, passeios a cavalo, charretes e se preferir, alugar uma bicicleta. É a minha queridinha…

Quinta Praia ou Praia do Encanto

É a continuação da Quarta Praia, mas recebe o nome de Praia do Encanto. Em virtude de ser muito distante da Vila, é quase deserta.

Além disso, não possui infraestrutura, no máximo ambulante. Portanto, leve água, snacks, frutas e lanchinhos.

Dica: Se você curte caminhadas longas, vale ir até lá. Sem dúvida, a paisagem é encantadora. Caso contrário, use bicicleta, cavalo ou charretes.

Ilha da Saudade: não é uma ilha

Fica bem na divisão entre a Segunda e a Terceira praia. Todavia, não é uma ilha. É um istmo e quando a maré está cheia, o mar da Segunda e Terceira praia se encontram, formando uma ilhota, que rende belas fotos.

Ilha da Saudade em Morro de São Paulo (seta vermelha)

Tirolesa: se é corajoso, vá!

Bem, apesar de já ter ido em outras tirolesas, até mais altas, como em Cancun, nunca tive coragem de ir nessa. Mas, minha irmã já foi algumas vezes e adora.

Tirolesa de Morro de São Paulo

Conforme dados, são 340 metros de extensão. É segura e nunca aconteceu acidente.

Embora alguns sites e agências de viagens informem que a tirolesa fica na Primeira Praia, não é bem assim.

Para chegar ao ponto de partida é necessário subir vários degraus até o farol, portanto a Primeira Praia é o local de chegada de quem desce a tirolesa. A subida começa próxima à Igreja.

Lá em cima, a equipe responsável dá as instruções e se encarrega para que seus objetos pessoais cheguem embaixo. No final da descida, na Primeira Praia, existe outra equipe para encontrar os corajosos que descem.

Certamente, a vista do alto é deslumbrante. Então, mesmo que não vá na tirolesa, suba para admirar a paisagem. Quer dizer, isso se você tem disposição e/ou preparo físico para encarar um longo trecho entre a mata.

Vista da Tirolesa de Morro de São Paulo

Dica: Não pode descer com celular ou GoPro. Portanto, caso queira fotos, tem que comprar com os responsáveis pela tirolesa.

Pôr do Sol: mais um dos encantos do Morro

Sem dúvida, é mais um dos encantos de Morro de São Paulo. E o melhor é que você pode assistir em lugares e ângulos diferentes. É só escolher ou ir cada dia em um lugar. Ah, tem pago, mas também tem de graça.

Pôr do Sol em Morro de São Paulo

Os principais lugares para admirar são:

Toca do Morcego – É um bar dançante que cobra entrada, mas não inclui consumação. Contudo, é lugar bonito, charmoso, que além do belo visual do mar e da boa música, proporciona conforto. Funciona a partir das 16h e às vezes tem baladinha a noite. Vale a pena conhecer!

Hotel Portaló – Fica logo na entrada do Morro e tem um deck aberto ao público. Assim como a Toca do Morcego, ambiente agradável, ideal para tomar drinks e saborear petiscos. Tem música, com DJ ou som do sax, mas não cobra entrada e a caminhada é menor.

Pôr do Sol em Morro de São Paulo - Hotel Portaló

Mirante do Forte de São Paulo – Na mesma direção da Toca do Morcego. É gratuito e tem um deck de madeira. Fica próximo ao ponto de partida da tirolesa, ou seja, bem no alto. No entanto, se der sorte, terá como bônus o show dos golfinhos.

Segunda Praia – Essa é uma boa opção para quem já está lá ou não está a fim de ir até a entrada da ilha. Sou suspeita para opinar, porque sou apaixonada pelo mar. Sem dúvida, praia + brisa do mar + pôr do sol formam uma combinação para lá de perfeita.

Pôr do Sol em Morro de São Paulo - Segunda Praia

Praia da Argila

É famosa pelos paredões de argila. Os turistas são levados até lá para se lambuzar de argila que é anunciada como medicinal. Diversão garantida para quem curte ou tem curiosidade.

Praia do Forte: você sabia que pode ir à Praia do Forte estando em Morro?

Antes de mais nada, não é pegadinha não, viu?

Vá ao Forte, logo na entrada da ilha. A entrada é gratuita. No final da caminhada, você encontra uma praia linda, com águas cristalinas e vazia. Então, a Praia do Forte em Morro.

Dica: Sugiro ir em grupo e no meio do dia. Ah, antes que a danada da mente comece a imaginar mil coisas, é só excesso de cuidado, viu gente?

Mergulho com snorkel ou cilindro

Você pode levar seu snorkel ou alugar na ilha. Entretanto, o mergulho de cilindro depende da maré e o melhor lugar é a Terceira Praia. Por lá, tem equipamento de mergulho para aluguel. Já o snorkel pode ser feito na Quarta Praia.

Passeio: volta a ilha

Certamente é o passeio de barco mais vendido pelas agências de Morro de São Paulo. O valor do passeio é tabelado. Inclui uma volta completa na Ilha de Tinharé e uma parada na Ilha de Boipeba, onde se pode comer frutos do mar frescos..

Além disso, tem um mar cristalino, perfeito para snorkel.

Outros passeios mais curtos e baratos são vendidos nas agências de Morro de São Paulo.

Todavia, de todas as dicas de Morro de São Paulo, certamente a melhor, é passar boa parte do tempo nas praias e curtir as atividades dentro da própria ilha, pois os passeios são semelhantes.

Mas se for, escolha um dia claro e com muito sol. Portanto, caso esteja hospedado próximo às agências, compre no dia. Os passeios começam entre 9h e 10h.

Dica: Prefira contratar nas agências, pois preço menor pode significar falta de segurança. O valor não inclui almoço, guia local e ingresso do Convento de Cairu. Sendo assim, viaje preparado para gastar além do valor do barco.

Dicas de Morro de São Paulo: o que fazer à noite

Morro de São Paulo tem animação tanto de dia, quanto de noite.

De fato, alternativas não faltarão. Todavia as festas fechadas geralmente ocorrem nos feriados e na alta temporada.

Entretanto, cada local tem seu dia especifico para funcionar e as festas começam em torno de 1h da madrugada e duram até o amanhecer. Sendo assim, se você é do tipo festeiro, se jogue!

Andar e comer na Vila: uma opção “light”

A Vila fica bem movimentada no início da noite, mas a partir de 23h os estabelecimentos fecham e os mais empolgados vão para as baladas.

Além dos bares e restaurantes com gastronomia variada e música ambiente, existe uma feira de artesanato.

Ainda tem lojinhas que vendem de roupa a obra de arte, no entanto, os valores são acima da média, afinal, é um lugar turístico.

Aproveite para sentar num banquinho da praça, tomar sorvete ou saborear os doces regionais, assistindo ao show dos artistas locais.

Luau e Música ao vivo na Segunda Praia

De maneira idêntica ao dia, a Segunda Praia ferve à noite. Os restaurantes e bares funcionam até tarde da noite e sempre tem música ao vivo.

A praia fica repleta de barraquinhas de caipifrutas à beira-mar e em alguns dias da semana, tem luau aberto ao público.

"Caipifrutas" na Segunda Praia de Morro de São Paulo

Teatro em Morro de São Paulo

Antes de tudo, é uma casa noturna com duas pistas de dança, que tem festa uma vez na semana. O lugar oferece apresentações de bandas, além de exibição de filmes.

Contudo, as resenhas na internet não são boas. Nunca fui, portanto prefiro não opinar.

Localiza-se numa área cheia de árvores e para ter acesso, tem uma escadaria.

Toca do Morcego

O mesmo local que abre para o pôr do sol, oferece festa à noite com DJ, mas apenas em alguns dias. Sempre tem alguém vendendo convite na vila e na praia.

Festa a noite na Toda do Morcego

Pulsar Disco: a boate em Morro

Fica no caminho do Forte e oferece a famosa Festa da Espuma. Normalmente acontece aos sábados.

Dicas: Os vendedores fora do local cobram uma taxa de serviço, então se você quiser economizar, compre na bilheteria.

Extra: Turismo sustentável e o que acontece com o lixo produzido em Morro de São Paulo

Morro é o terceiro destino turístico mais visitado na Bahia. Chega gente do mundo inteiro, o ano todo. São 200 mil turistas por ano (dados de 2019).

Apesar do foco do post ser dicas de Morro de São Paulo, não posso omitir um fato tão grave. A intenção é divulgar para o mundo, pois quem sabe assim, os responsáveis cumpram suas obrigações.

Além disso a proposta do blog é mostrar a viagem exatamente como ela é, expondo a parte boa dos destinos, mas também, o lado ruim, caso exista.

Você já ouviu falar sobre turismo sustentável? Sabe o que significa? Se Morro é uma ilha, por acaso você já pensou para onde vai o lixo produzido?

Turismo sustentável cuida do meio ambiente

Turismo sustentável é aquele tipo de atividade turística que preza pelo cuidado ao meio ambiente e aos recursos naturais.

Até porque, o destino precisa ser bom para o turista, para o local e para o morador.

De fato, o turismo sustentável depende em grande parte das políticas públicas, elaboradas pelo Governo, e de boas práticas, aplicadas pelo setor privado, mas também da nossa contribuição como turista.

O viajante também é responsável pelo turismo sustentável

A Lei Federal 12.305/2010 determinou o fechamento dos lixões a céu aberto no país.

Contudo, Morro de São Paulo mantém um lixão a céu aberto, que recebe resíduos de 4 povoados e armazena o equivalente a dez campos de futebol.

Lixão a céu aberto em Morro de São Paulo
Lixão em Morro de São Paulo

O local fica a cinco quilômetros do centro da Vila. Certamente, é assustador e inacreditável, saber que ao lado de tanta beleza natural, existe um lixão que já destruiu muita área verde e que as providências não saem do papel.

E a TUPA? Qual a finalidade dela?

Infelizmente o Brasil está, juntamente com os EUA, China e Índia, entre os dez maiores produtores de lixo do mundo, em especial de material plástico.

Segundo a Prefeitura de Cairu, a Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (TUPA) foi criada para manutenção, restauração, e preservação do patrimônio histórico, cultural, ambiental e estrutural, assim como as condições ambientais e ecológicas do local.

Taxa de turismo - Morro de São Paulo

Além disso, manter e preservar a APA (Área de Preservação Ambiental) Tinharé-Boipeba, assim como as piscinas naturais de Garapuá e Moreré, todas as praias da região, os rios e os manguezais.

Diante do não cumprimento da lei federal, a pergunta que não quer calar…O que é feito com o dinheiro da TUPA??

Aliás, uso duvidoso do dinheiro público é marca registrada do Brasil, não é?

No entanto, não é porque o governo não aplica nosso dinheiro corretamente, que a gente como turista, vai deixar de fazer a nossa parte, certo?

A ideia do turismo sustentável é que além de diversão, o turista influencie positivamente o destino. Ou seja, vai muito além das famosas plaquinhas “deixe apenas suas pegadas, leve somente fotos” …

Turismo sustentável vai além das famosas placas (Não tire nada além de fotos...)

Dicas para o viajante contribuir com o turismo sustentável em Morro de São Paulo

1) Preferir hotel/pousada local, ao invés de um hotel de rede, pois os lucros vão para o negócio local, incentivando assim a economia da região.

2) Optar por guias e serviços locais.

3) Deixar de lado aquela troca diária de toalhas do hotel. Será que alguém faz isso em casa?

4) Respeitar a cultura local e valorizar o trabalho de artesãos locais – mas não comprar uma lembrancinha que tenha causado danos à natureza.

5) Além do básico em relação à preservação do meio ambiente, ou seja, não deixar o lixo para trás e evitar descartáveis.

Vale ressaltar, que essas lições são super fáceis para ensinar as crianças e assim, formamos uma geração mais consciente. O planeta agradece!

Turismo sustentável deve ser ensinado ás crianças (na foto, Tiago, filho da Kênia).

E por aqui encerro as dicas de Morro de São Paulo


E aí? Quem ainda não conhece Morro de São Paulo? E quem já tem planos para vir ou ficou com vontade de conhecer?

Ah, caso queira essa viagem toda organizada, é só entrar em contato com o blog, viu? A gente monta tudo para você, inclusive, um roteiro personalizado e exclusivo!

Tem alguma dúvida? É só deixar a pergunta nos comentários e se não soubermos a resposta, certamente, iremos atrás, viu?

E quem tiver outras dicas para compartilhar, conta para gente, viu? Assim poderemos ajudar outros viajantes, tá? Sugestões e críticas também são bem-vindas!

Não se esqueça de deixar o seu like no fim do artigo, pois isso ajuda levar nosso conteúdo até mais pessoas.

Para acompanhar nossas viagens em tempo real, siga-nos nas redes sociais. Lá temos atualizações diárias das nossas andanças pelo mundo, assim como fotos, dicas e links dos principais artigos daqui do Blog.


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

parceiros

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Sandra Hupsel

Baiana, mora em Salvador. Sensível e curiosa, gosta de ler e estudar sobre vários assuntos. Especialista em nutrição clínica e oncológica. Sempre gostou de viajar e após experiências negativas com os pacotes prontos de viagem, passou a organizar suas próprias viagens, de familiares e amigos. "Se faz sentir, faz sentido,"

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!