" /> Mallorca na Espanha, o que é imperdível no roteiro - Agarre o Mundo

Mallorca na Espanha, o que é imperdível no roteiro

Mallorca - Espanha
escrito por Sabrina Gomide

Hoje vamos conhecer uma linda ilha espanhola chamada Mallorca, ou se você preferir, Maiorca.

Antes de começar, quero lhe contar que quem produziu este texto foi a Sabrina, que é irmã da Simone, que escreveu para nós O que você não deve deixar de fazer em Brisbane – Austrália. Que aliás, são duas queridas.

Mas vamos ao destino. Afinal, quem aqui é amante do azul turquesa? Aquele que lhe suga ao primeiro encontro e faz com que você deseje, com todas as suas forças, viver ali para sempre.

Entre as cinco ilhas Baleares espanholas, Maiorca é a maior delas. As outras quatro ilhas são, a famosa Ibiza, a ilha Minorca, Cabrera e a Formentera.

A ilha de Mallorca conta com muitas praias lindas, algumas bem diferentes das praias que vemos aqui no Brasil. Entretanto, a maioria com seu azul turquesa, aquele que tira o fôlego.

A capital da região é Palma de Maiorca e o idioma oficial, o mallorquí – uma variedade do catalão.

Quer saber como oraganizar sua viagem para conhecer essa ilha maravilhosa e desfrutar de paisagens incríveis? Acompanhe este artigo até o final e descubra:

Como Chegar a Ilha de Mallorca

Quantos dias ficar na Ilha?

Onde se hospedar

A capital Palma de Mallorca

Vila Valldemossa

Vila Port de Sóller



Porque fomos conhecer Mallorca

De fato, viajar para Mallorca foi uma grande surpresa. E sem dúvida, um destino totalmente inesperado. Planejamos uma viagem em família e inicialmente tínhamos como roteiro as cidades mais conhecidas da Espanha, ou seja, Madri e Barcelona.

Por indicação da “mãe adotiva” de minha irmã, que já morou na ilha por mais de 10 anos, chegamos a esta dica maravilhosa. Assim, Mallorca foi incluída no roteiro.

A saber, Maiorca (Mallorca em catalão ou castelhano) é a maior das cinco ilhas baleares. Situada no Mar Mediterrâneo, a leste da Espanha e ao sul da famosa cidade espanhola Barcelona.

Como chegar a ilha de Mallorca

Existem duas formas para se chegar à ilha Maiorca, que são: de avião ou ferry-boat. A saber, apenas duas companhias de ferry-boat oferecem serviços diretos entre os portos de Barcelona e Palma de Mallorca.

Mas como partimos de Ibiza, optamos por ir de avião para Mallorca e de lá retornarmos a Barcelona. Os voos duram menos de uma hora (50 min), já de ferry-boat, saindo de Barcelona, são sete horas e meia no mínimo.

Companhias aéreas como a Vueling e Ryanair oferecem passagens low-cost (25 euros- 2022), sendo que o aeroporto da ilha fica a 8 quilômetros de Palma.

DeParaTempo de ferryTempo de Avião
MallorcaMenorca2h35min
MallorcaIbiza2h45min
MallorcaBarcelona7h4550min
MallorcaValencia9h451h

Então, assim que chegamos ao Aeroporto Internacional de Mallorca alugamos um carro, o que na minha percepção foi a melhor forma para conhecer bem a ilha. As cidades incluídas no roteiro foram Palma de Mallorca, Valldemossa e Port Sóller.

Quanto tempo ficar em Mallorca

Para aproveitar ao máximo a viagem, nós distribuímos o tempo disponível da seguinte forma: chegamos por Madri onde passamos 03 dias para conhecer os principais pontos turísticos e seus famosos museus. Em Barcelona optamos por ficar uma semana, mesmo sabendo que seria pouco tempo, em Ibiza 03 dias e a última semana foi dedicada a Mallorca.

Apesar de pouco conhecida como roteiro turístico entre os brasileiros, esta encantadora ilha é bastante extensa e representa um refúgio certo entre os europeus em épocas mais quentes, sendo inclusive o destino de veraneio do rei Juan Carlos. Sendo assim, a dica é ficar no mínimo de 7-10 dias por lá.



Onde se hospedar na ilha

A opção de onde se hospedar, irá depender do tipo de viagem e época do ano que realizará. Se for no verão, a costa leste possui praias incríveis. Em nosso caso, optamos por viajar em uma época menos cheia e com clima mais ameno, o outono.

Mallorca - Espanha

Esta é uma boa dica para quem deseja evitar a cidade extremamente cheia e com os preços nas alturas. De fato, isso pode acabar sendo um problema para aqueles que esperam desfrutar das lojas, mercados e diversos restaurantes mais tranquilamente, pelas pequenas ruas da cidade.

Nos hospedamos em Santa Catalina, um bairro que está na moda e que abriga diversos restaurantes e comércio local. Muito bem localizado e perto de tudo, nosso apartamento ficava simplesmente ao lado do Mercat Municipal de Santa Catalina, o que foi uma feliz coincidência.

A capital Palma – Mallorca

O centro histórico de Palma possui várias construções no estilo gótico, sendo a Catedral de Palma de Mallorca uma das principais, um edifício imponente representando uma das maiores catedrais góticas da Europa.

Mallorca - Espanha

Ainda que Barcelona abrigue a maioria das obras do famoso arquiteto espanhol Antoni Gaudí, Mallorca também possui um importante legado deste gênio da arquitetura. Entre os anos de 1904 e 1914 o arquiteto efetuou uma enorme reforma na Catedral a pedido do bispo da época.

Vamos ao que fazer na capital! Além do passeio pelo centro histórico, Palma possui inúmeras lojas especializadas em artesanato local, como cerâmicas e lindos suvenires que certamente vão enlouquecer qualquer um. Possui ainda um extenso e rico comércio de pérolas, um cobiçado item de luxo cuja fama se espalha globalmente. Por isso a dica aqui é, reserve um espacinho na mala para levar estas lindas lembranças da capital mallorquina.

Andar pelas ruas de Palma sem hora marcada e destino certo, foi a opção escolhida para nossa visita pela cidade. Após ter passado as duas últimas semanas em um ritmo intenso de visita a museus e pontos turísticos entre Madri e Barcelona, passear tranquilamente pelas charmosas ruas de Palma nos trouxe um relaxamento e sossego essenciais para fecharmos com chave de ouro nossa viagem.

Melhores restaurantes em Palma de Mallorca

A diversidade geográfica de Mallorca com zonas planas e montanhosas, vales e bosques, favorecem o desenvolvimento de uma grande variedade de plantações e da pecuária.

Mallorca - Espanha

Por isso, a culinária típica mallorquina utiliza produtos que são emblemáticos da ilha, como a famosa sobrasada, que é uma salsicha crua e curada das Ilhas Baleares feita com carne de porco moída, páprica, sal e outras especiarias.

Assim como a ensaïmada (um pouco abaixo, falarei desta delícia), o azeite, as amêndoas (consideradas as de maior qualidade mundial), damasco e os licores como, por exemplo, o de Hierbas, o Limoncello de Mallorca (que utiliza limones da mais alta qualidade vindos de Sóller) ou o Palo de Mallorca.

A gastronomia local de raízes mediterrâneas se aproveita de produtos tanto da terra como do mar, ricas em receitas de pescados ou embutidos. Sem falar nas infindáveis plantações de oliveira, pimientos (uma espécie de pimentão) e na extensa criação de cabras, ovelhas, e, não poderia faltar, o astro das receitas da região, o cerdo negro. 

As dicas para desfrutar da capital são: reserve umas horinhas logo pela manhã cedo para conhecer o mercado, já que seu horário de funcionamento é das 7h às 16h, sempre bom aproveitar tudo fresquinho. E a outra é, aproveite para entrar no ritmo e tome um bom café da manhã no mercado ao estilo mallorquino.

1. Mercat Municipal Santa Catalina

Bar Joan Frau (Mercado Santa Catalina)

Bar Joan Frau (Mercado Santa Catalina) Mallorca

O Bar Joan Frau é uma excelente opção para desfrutar uma comida típica caseira, sejam tapas ou petiscos. O Frito Mallorquín, croquetas, sanduíches de jamón, pimientos de padrón, são as delícias da casa. E para acompanhar não pode faltar una copa de cava (espumante). Sim! É bem comum ver as pessoas tomando cerveja, taça de vinho ou espumante logo cedo pela manhã.

2. Restaurante Sa Ronda (Avenida Argentina)

Descoberta surpreendente para um “almojantar” logo no primeiro dia em que chegamos de viagem. Restaurante quase sempre cheio, com várias opções de tapas e pratos típicos espanhóis. Não deixe de experimentar os licores da região após uma rica refeição.

Em nosso último dia em Palma, inclusive tentamos retornar ao restaurante para comer pela última vez umas das melhores croquetas (ibérico) experimentadas em toda a viagem, porém, como não tínhamos feito reserva foi simplesmente impossível entrar no restaurante de tão cheio que se encontrava!

A dica aqui, aliás, para quase todos os bons restaurantes da região é: faça sempre sua reserva antecipadamente. Pois a maioria costuma ficar completamente cheio ou já estará reservado. Então, nem vale a pena chegar a porta sem ter feito a sua!

3. Desfrute as delícias parando em vários cafés da cidade

Após o passeio pelo centro histórico, dedicamos um dia aos diversos cafés e restaurantes de Palma. Por onde passávamos, aproveitávamos para fazer uma pequena pausa e desfrutar de “una copa de cava o sangria”, experimentar a infinidade de tapas (comidas de rua) que cada um tem a oferecer, além de descansar as pernas um pouco, porque viajar de férias também pode ser bem cansativo (risos).

Sem dúvida, a melhor opção é se perder por qualquer uma das ruelas do centro de Palma. Certamente lhe trará boas surpresas, próximo à Catedral de Palma de Mallorca logo encontrará diversas opções.

Assim como, o Passeig del Born, Plaça de Cort, Plaça de Santa Eulàlia, Carrer de Colom, Carrer de Sant Domingo e a AV. de Jaume III, são alguns dos locais sugeridos.

3. A deliciosa Sobrasada Ferrerico (Plaça de Santa Eulàlia)

Este item bastante típico da culinária mallorquina merece certamente um capítulo à parte, representando o rei dos embutidos insulares.

O cerdo (porco) é criado como um animal doméstico e dele se obtém o couro, presunto (jamón), gorduras e hormônio como a insulina. Deste animal se aproveita praticamente tudo, o que favorece sua criação em sociedades rurais como a de Mallorca.

A raça autóctone da ilha é o chamado porc negre. Este animal acumula muita gordura e com dezoito meses, quando pesa cerca de duzentos quilos, é sacrificado. A carne do cerdo negro está protegida pelo selo de garantia “Porc Mallorquí Selecte”.

A deliciosa Sobrasada Ferrerico (Plaça de Santa Eulàlia)

Para fazer a sobrasada, elege-se a carne de melhor qualidade e a partir dela pica-se bem para que possa se misturar ao restante dos ingredientes que são: um pouco de toucinho, uma quantidade generosa de pimentão doce, pimentão picante e sal.

A denominação “Sobrasada de Mallorca” é uma forma de proteger os tipos deste embutido. Que devem ser fabricados na ilha, sem corantes e com uso exclusivo da carne de cerdo ou cerdo negro (de raça e que vivam em liberdade por pelo menos durante um ano), pimentão, sal, especiarias e aromas todos naturais.

4. Prove as delícias da Fornet de La Soca (Plaça de Weyler)

Uma das padarias familiares mais antigas de Palma, nesta doceria e delicatéssen espanhola você irá encontrar os mais tradicionais doces e tortas da ilha.

Fornet de La Soca (Plaça de Weyler) Mallorca

O destaque vai para a famosa Ensaimada, uma espécie de torta (pastel) de base redonda, formada por uma massa bem fina enrolada em espiral e que tem como ingredientes: farinha, açúcar, fermento, ovos e manteiga de cerdo (em catalão, saïm, de onde deriva o nome de Ensaïmada).

Por isso não se assuste, assim que chegar ao aeroporto de Palma já vir pessoas com caixas e caixas desta queridinha entre as especialidades da ilha.

Aliás, até hoje seguem a receita tradicional passada de geração a geração, ainda que atualmente seja elaborada com diversos recheios como: com fatias de sobrasada e abóbora, creme de nata, damasco, chocolate ou amêndoas.

Ensaïmada - Mallorca

O escritor catalão do século XX, Josep Pla, descreveu a ensaïmada como “a coisa mais leve, aerada e delicada da confeitaria deste país”.

5. Colmado Colom (Carrer de Sant Domingo)

Quando viajamos, além de conhecer um destino, vale muito a pena conhecer a história do comércio local. É o caso do Colmado Colom, um comércio histórico que abriu as suas portas em 1881.

São mais de 130 anos de existência. Em 1985 fizeram uma grande reforma para oferecer mais produtos aos clientes.

Nós fizemos um “pub crawling”, que passa por vários bares e o Colmado Colom estava no roteiro. Assim sentamos e tomamos uma sangria em alguns bares ou provamos alguns tapas, comida também deliciosa.

Aqui no Colmado provamos e amamos um aperitivo de laranja ´Canonita de Mallorca’.

6. Cafè Ca’n Toni (Costa de Santa Creu)

Sem dúvida, o local conta com uma das melhores gastronomias de Palma de Mallorca. Apesar de saber que aqui tem excelentes carnes, apenas provamos a sangria, como disse, estávamos fazendo um tour pelos bares e cafés.

Acredite nesta dica: Não deixe de provar a sangria deste local.

7. Cocktail Bar Abaco (no coração da Cidade Velha, Carrer de Sant Juan)

Antigo castelo recuperado e transformado neste fantástico restaurante, um ambiente que lembra o esplendor da época barroca. Inaugurado em 1981 encanta por toda sua decoração, repleto de flores e frutas frescas, com atendimento excepcional. Adentrar pela porta do Abaco parece lhe transportar para outra época.

Sem sombra de dúvidas, é uma boa pedida para um drink no bar, você ainda poderá visitar a casa tão característica da arquitetura maiorquina.

Cocktail Bar Abaco - Mallorca

(Foto: www.seemallorca.com) Por algum motivo não se pode tirar foto lá dentro.

Valldemossa – Vilarejo localizado no interior de Mallorca

Com certeza um dos povoados mais bonitos de Mallorca, Valldemossa está localizada na Serra de Tramuntana, a 17 quilômetros de Palma. É bastante conhecida na ilha por já ter abrigado e inspirado muitos artistas conhecidos, como Frédéric Chopin.

A melhor dica para conhecer a vila é: não ter roteiro. O município com pouco mais de 2 mil habitantes, convida logo na chegada a um passeio por suas ruas, deixando-se levar por uma viagem no tempo.

Bar Es Roquissar (Plaça Cartoixa)

Olhe o detalhe na foto abaixo: “We don´t sell coffee and tea”. Então, vamos buscar outra bebida, não é? Afinal, acredito que podemos viver sem café em algum momento do dia. (risos)

Vila Port de Sóller – Mallorca

Último destino de nossa viagem, Port Sóller é uma vila a noroeste da ilha e onde está situado o porto da cidade de Sóller. Juntamente com a aldeia de Fornalutx e Biniaraix, combinam-se para formar Sóller. A saber, a pequena e pitoresca vila costeira possui um bonde que faz ligação com Sóller e Palma.

Este pequeno recanto possui diversas atrações em meio às belezas naturais da região. Longas caminhadas pela Serra de Tramuntana, passeios de barco para a Cala Deià ou ciclismo de montanha, são alguns dos atrativos oferecidos.

Poder desfrutar de suas tranquilas praias, foi a opção adotada para fecharmos com chave de ouro nossas férias. Suas praias localizam-se uma em cada extremidade da baía, Platja des Traves. Mas a melhor e a que escolhemos foi a Platja d’en Repic.

Restaurante Es Canyis (Calle Platja D’En Repic)

Es Canys- Mallorca

Este conceituado restaurante do Guia MICHELIN, especializado na culinária mediterrânea e frutos do mar, foi aberto em 1954 e sempre gerido pela mesma família.

Situa-se numa das extremidades de Port de Sóller e possui excelente localização de frente para o mar, sendo uma ótima opção para um almoço à beira-mar onde possuem mesas na calçada, ou nos salões internos para um agradável jantar.

A dica e curiosidade aqui fica para a carta de vinhos. Ainda não mencionado, mas Mallorca produz excelentes vinhos, os quais possuem características únicas, advindas das variadas regiões, além do clima e relevo.

Variedades de uvas autóctones, como por exemplo, a Manto Negro e Moll, ou Callet são produzidas especialmente em duas zonas vinícolas com “Denominação de Origem” (D.O): Pla i Llevant e Binissalem. Esta última se encontra próxima da Serra de Tramuntana, que a protege dos ventos frios do norte, favorecendo um bom microclima, com verões mais secos e quentes e invernos mais curtos.

As sugestões são para os frutos do mar e a paella, porém provamos também deliciosas carnes do cardápio, como o Entrecot de Angus (feito na manteiga com pimenta verde) ou o Solomillo de ternera (nosso conhecido filé mignon). Sem falar nas sobremesas caseiras (postres), uma das especialidades da casa. E não esqueça de fazer sua reserva antecipadamente!

Restaurante Es Canyis

Acho que as imagens falam um pouco por si, mas conhecer Mallorca, suas belezas naturais e principalmente, poder desfrutar de uma gastronomia tão rica, fez deste destino o mais inesperado e inesquecível dentre todos!

Mallorca - Espanha

Se desejar fazer cotação e encontrar um hotel o mais próximo possível do seu perfil de viajante, basta entrar em contato com o Agarre o Mundo. Será um prazer lhe atender.

Além disso, deixo aqui um buscador de passagens, hotéis e carros, o Skyscanner.

 

Colabore com o Agarre o Mundo

Gentileza, gera gentileza. Se você acredita que o nosso conteúdo foi de alguma maneira útil para você, uma forma de retribuir é utilizar os nossos links de parceiros afiliados na organização das suas viagens. Você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

Parceiros Agarre o Mundo

Beijinhos e até mais.



Sabrina Gomide

Brasiliense, vivendo em Blumenau/SC há mais de dez anos. Formada em Odontologia, mas já viveu diversas experiências profissionais e com isso desenvolveu a vontade e o prazer em aprender sempre algo novo. Com viagens não é diferente, adora conhecer e desfrutar o máximo o que a nova cultura possa lhe oferecer, mas experimentar a gastronomia local é sem dúvida o que mais lhe entusiasma.

Veja também

Compartilhe


2 comentários em “Mallorca na Espanha, o que é imperdível no roteiro

  1. Excelente material, eu que já viajei por vários países pelo mundo achei suas informações preciosas de qualidade. Continue assim, o caminho está correto.

Deixe uma resposta

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!