" /> Maldivas: dicas de hospedagem para uma lua de mel incrível - Agarre o Mundo

Maldivas: dicas de hospedagem para uma lua de mel incrível

Maldivas - Todos os segredos para uma lua de mel perfeita, Agarre o Mundo
escrito por Sandra Hupsel

Maldivas: todos as dicas para uma lua de mel incrível. Está pensando em fazer uma viagem de lua de mel para as Maldivas? As Ilhas Maldivas é um sonho de viagem para muita gente. E se tem um lugar no mundo perfeito para curtir a lua de mel, é neste canto da Ásia.

Sem dúvida, as Maldivas estão na lista de lugares em que todos sonham visitar pelo menos uma vez na vida. As praias perfeitas e os bangalôs sobre o mar formam um cenário inesquecível. Além disso, as pessoas que ali estão são tranquilos, receptivos e habituados a conviver com o turismo.

A saber, a superfície da República das Maldivas tem 820 quilômetros de norte a sul e 120 quilômetros de leste a oeste. São quase 2000 mil ilhas, das quais um pouco mais de 200 são habitadas, sendo 87 dedicadas ao turismo.

Chegada às Maldivas, Agarre o Mundo

Mas, infelizmente, o destino está listado para sumir em breve do mapa, devido às ações negativas do homem na natureza. Aliás, algumas ilhas já sumiram!

De qualquer forma, certamente é um local perfeito para os casais apaixonados, pois nele há cenários paradisíacos, mar azul quentinho e areias fofas para momentos especiais de curtição a dois, além de uma excelente gastronomia.

Então, fiz este post tanto para lhe ajudar a sonhar, como também a planejar e realizar assim que for possível. Aqui têm informações úteis sobre o destino, além de dicas sobre os melhores hotéis para casais, enfim, o que saber para planejar sua lua de mel nas Maldivas.

Qual o melhor período para visitar as Maldivas?

Maldivas, Agarre o Mundo

Pode ser agora, sabia? Sim, isso mesmo! 

O inverno lá, é o verão daqui, ou seja, de novembro a abril, que é alta temporada. As temperaturas são mais amenas, de 26 a 29ºC.

De maio até outubro é o verão maldívio, quando ocorrem as monções que trazem ventos e chuvas, mais umidade e maior sensação de calor. Contudo, apesar do alto volume, as chuvas são passageiras e o sol logo volta a brilhar. Uma dica importante é que na parte sul chove mais que na parte norte.

Mas se a chuva pode atrapalhar “um pouquinho”, os bons preços e a quantidade menor de turistas contam pontos a favor para este período. Assim, passar o inverno nas Ilhas Maldivas também é uma boa ideia. 

De quebra, a temperatura da água do mar é sempre a mesma no ano todo, bem quentinha, em torno de 28 graus. 

Em síntese, o melhor período para ir às Maldivas é aquele em que você pode ir!  E sim, pode até mesmo ser agora, pois as Maldivas estão abertas para o turismo com total segurança.

Como chegar às Maldivas

Atualmente, não existe nenhuma companhia de ferry que realize trajetos para lá. Portanto, a única forma de chegar por mar é se você estiver num cruzeiro. Antes existiam opções saindo da Malásia, Singapura e outras cidades asiáticas, mas certamente, um cruzeiro não é a melhor forma de desfrutar das Maldivas. 

Já pelo ar, ao contrário do que muitos pensam, não é somente via Dubai. Inclusive, na minha opinião, a melhor forma seria via Paris, Amsterdã ou Zurich. Até já imagino a viagem perfeita: flanar em Paris, ou seja, andar sem rumo, “flanar” como dizem os parisienses, sem coisas com as quais se preocupar e, mergulhar nas Maldivas.

Outras opções seriam via Doha, Istambul e Frankfurt. Mas voltando ao momento atual (abril/2021), a melhor e única opção é via Dubai, que tem seus encantos também! 

A viagem leva cerca de 19 horas. Usando como exemplo a saída de São Paulo são 14 horas até Dubai e daí para as Maldivas, mais 5 horas. 

Maldivas vista do avião, Agarre o Mundo

Normalmente existem algumas boas rotas de aéreo e como a viagem é longa, o ideal é escolher uma rota que permita parada em um destino de interesse, fazendo duas viagens em uma. Ou melhor, a famosa paradinha ou stopover, onde não se paga pelo segundo destino em alguns tipos de tarifas. 

Chegando ao aeroporto das Maldivas

Como transporte nas Maldivas é feito de barco ou avião, atenção com o aeroporto de chegada e partida quando selecionar os seus voos. 

O principal aeroporto das ilhas é o Aeroporto Internacional de Velana, também conhecido como Aeroporto de Malé.

Mas saiba que existem 14 aeroportos no arquipélago, sendo 5 internacionais, portanto, dependendo da sua passagem aérea, das conexões e também da localização do hotel, sua logística de deslocamento será bem específica. A dica de ouro aqui é alinhar o hotel ao aeroporto final da passagem.

Traslado do aeroporto para o hotel  

Lá funciona assim. O agendamento do traslado do Aeroporto até a ilha do hotel em que você vai ficar é feito previamente com o hotel. 

Se a ilha do seu hotel for perto de Malé, provavelmente lhe buscarão com uma embarcação local, a Dhoni, motorizada, mas que parece um mix do sapato de Aladim com as gôndolas de Veneza. Entretanto, se seu hotel for mais distante, será usado lancha ou hidroavião ou avião comercial. 

Maldivas, Agarre o Mundo
Dhoni nas Maldivas.

Se puder escolher, prefira o hidroavião, pois já é uma das experiências da viagem. Aliás, sobrevoar as centenas de ilhas rodeadas pelo estonteante azul turquesa tira o fôlego de qualquer mortal!

Hidroavião - a melhor opção de traslado nas Maldivas, Agarre o Mundo

Quanto tempo ficar

Bem, se fosse me guiar pelo meu “turquesômetro”, seria no mínimo 1 semana, sem contar chegada e saída…hahaha.

No entanto, esquecendo minha loucura pelo mar, mas considerando a distância e a adaptação ao fuso horário, é é recomendado ficar no mínimo cinco noites para aproveitar. Atenção aqui! Cinco noites são diferentes de cinco dias, ok? Mas tenho certeza que você vai querer ficar mais!  

Hotel nas Maldivas, Agarre o Mundo

Atente que a viagem aérea dura mais ou menos um dia (sim, 24h contando com as conexões, caso você saia do Brasil), tanto para ida quanto para volta. Você não achou que o paraíso fosse tão perto, não é? Não para nós que residimos no Brasil.

Aconselho reservar pelo menos mais de 3 dias para o stopover, contudo dependendo do seu interesse e da opção aérea, podem ser mais! Portanto, no total, é ideal reservar de 8 a 15 dias ao todo para fazer esta viagem!

O que fazer nas Maldivas

Antes de tudo, curtir o amor, a natureza e a vida. Em seguida, deixo bem claro que as Maldivas não se resumem ao turismo de hotel! Existem sim muitas experiências únicas e inesquecíveis por lá!

Assim, além de curtir o hotel que pode ser a primeira ou a segunda experiência que você vai viver lá, ainda existem a riquíssima vida marinha e inúmeras experiências. Mas é claro que ambos dependem da sua hospedagem.

Os resorts são exclusivos a cada ilha, o transporte entre elas é distante (e oneroso), feito em hidroavião ou lancha. Por isso, é essencial escolher o resort ideal para vivenciar as Maldivas do jeito que você sonha.

Certamente, uma das coisas mais maravilhosas nas Maldivas é ter contato com a belíssima e incrível vida marinha, que se destaca principalmente nos atóis (estruturas de corais separadas por lagoas), onde estão as arraias, tubarões-baleia, tartarugas gigantes, além de uma infinidade de peixes.

Peixes e corais - Maldivas, Agarre o Mundo

Assim, se quer encontrar os tubarões-baleia fique na região do South Ari Atoll. Já se desejar nadar com as arraias vá para o  Baa Atoll e no North Malé Atoll. Mas se seu desejo mesmo é ficar cara a cara com as tartarugas e peixes tropicais, escolha a região do North Malé Atoll. 

De fato, não faltará o que fazer. Então, pratique atividades aquáticas, como mergulho e snorkel, alimente-se com os produtos naturais, como frutas frescas, peixes e frutos do mar da região, faça passeios pelas ilhas habitadas e também para as desertas, entre tantas outras coisas.

A saber, as atividades são oferecidas (algumas com custo adicional) pelo próprio hotel que você se hospeda, por isso, invista numa boa hospedagem, assim, não precisará se preocupar com os passeios

E as tão faladas experiências incríveis das Maldivas?

Provavelmente uma das primeiras imagens que você já viu das Maldivas foi essa: acordar num bangalô sobre as águas, dar alguns passos e mergulhar naquele mar incrível!

Mas saiba que cada resort oferece experiências únicas e inesquecíveis como: 

  • Mergulho
  • Esportes náuticos como windsurf, jet ski, vela ou stand up
  • Pesca oceânica
  • Aulas de tênis ou de yoga
  • Cinema ao ar livre
  • Observação astronômica
  • Jantar romântico privado na praia 
  • Restaurante na copa de árvores
  • Jantar em restaurante de 3 andares no meio do oceano
  • Dormir sob as estrelas na famosa Beach Bubble (suíte em formato de bolha)
  • Boate subaquática

Onde ficar nas Maldivas

Aí você pergunta, então como escolho meu hotel nas Maldivas? Esta é a pergunta chave ao planejar uma viagem às Maldivas! 

Bem, como já falei, a escolha do hotel neste destino é o que determina as experiências da sua viagem.  Mas sendo sincera, não é uma tarefa muito simples. Até porque existem em torno de 150 hotéis nas Maldivas, sendo pelo menos 100 na categoria 5 estrelas.

Além disso, cada um fica numa ilha – que são diferentes, com localização, proposta e infra estrutura bem específicas entre si. E como sempre falamos no Agarre o Mundo, detalhes não são apenas detalhes!

De fato, os exclusivos bangalôs sobre o mar piscina, são perfeitos para casais apaixonados. Com o mar a poucos passos, o convite para sair da cama e mergulhar direto no mar é irresistível. Já as vilas isoladas “pé na areia” têm banheiro a céu aberto e hidromassagem privada, de onde se vê sempre o mar iluminado.

Assim, a escolha tem que ser assertiva, pois além do conforto ser fundamental, é importante oferecer belas paisagens e atividades pelas ilhas. 

Aliás, quero chamar atenção para algo que vejo muito ultimamente. Como Maldivas é sonho de muitos e está mais em alta do que nunca, têm empresas oferecendo pacotes com preço irrisórios, mas lhe digo uma coisa: abra bem os olhos! Pois, o barato além de sair caro, pode causar muita dor de cabeça.

Decerto, o investimento para uma viagem para lá caiu, mas ainda continua sendo um bom investimento. Normalmente essas propostas com valores surreais não oferecem boas comodidades, os hotéis não são bem qualificados e ficam em ilhas lotadas de pessoas. E vamos combinar que quando sonhamos com as Maldivas pensamos em algo exclusivo e inesquecível, não é?

Pontos chaves para escolher o hotel

Diante de tantos detalhes, deixo aqui o que você deve considerar na hora da escolha do hotel: Como imagino meu hotel nas Maldivas? Quero muita ou pouca estrutura? Vou descansar ou quero explorar cada segundo? O que meu acompanhante deseja? Quero acordar e cair dentro do mar ou quero sentir a areia?

Pôr do Sol Maldivas, Agarre o Mundo

Além disso, se sua viagem tem como foco principal conhecer o maravilhoso mundo subaquático, é bom saber que algumas hospedagens não possuem bons arrecifes, então, é necessário um longo deslocamento encontrar lindos corais.

De qualquer forma, independente do seu perfil de viajante, recomendo preferir uma ilha privativa para ter a experiência paradisíaca tão sonhada das Maldivas! 

Mas vou deixar os melhores hotéis para uma lua de mel incrível.

Os melhores hotéis nas Maldivas para lua de mel 

Para fazer a seleção, usei como base alguns critérios essenciais, mas é claro, que existem outras opções.

  • Hotéis no mínimo 5 estrelas
  • Nível de romance 
  • Gastronomia 
  • Maior espaço e privacidade
  • Nível de experiências com a natureza
  • Recomendações de outros viajantes

Mirihi Island Resort

Além de lua de mel, o resort Mirihi Island Resort é muito procurado para a cerimônia de casamento.

O resort oferece acomodações confortáveis, além de restaurantes em pontos com diferentes paisagens e equipe especializada em mergulho, assim, os mais aventureiros tirarão o máximo desta experiência com a natureza. 

Além disso para quem quer desfrutar ao máximo da gastronomia local e curtir a natureza de forma intensa é uma ótima opção.

Obs: Um  casamento nas Maldivas, numa cerimônia intimista, custa em torno de 50 mil reais.

Niyama Private Islands

Quem disse que nas Maldivas só existe mar tipo piscina?

Cercado por ondas incríveis, o resort Niyama Private Islands é perfeito para lua de mel se você deseja surfar. Entretanto, o hotel também oferece um ambiente surpreendente para quem busca uma viagem romântica.

Considerado um dos melhores resorts do mundo, o Niyama possui muitas qualidades que o tornam um dos preferidos das Maldivas, entre elas estão: duas belas ilhas privadas, várias opções de restaurantes incríveis, incluindo uma opção subaquática e outra sobre a copa das árvores e um excelente mix de atividades.

Anantara Veli

Localizado na ilha Veligandu, o Anantara Veli possui certificação Green Globe pelas suas conquistas de sustentabilidade ambiental, social e cultural, fazendo um mix perfeito de luxo e sustentabilidade.

Assim, o resort é um exemplo de proteção ao meio ambiente através de diversas medidas notáveis de preservação da vida marinha. Além disso, promove experiências com a cultura indígena e local, através de apresentações de culinária e entretenimento com as “noites Maldivas”.

Com 67 bangalôs sobre as águas e acesso direto ao mar azul turquesa do Índico, além de ser exclusivo para adultos, acho este hotel perfeito para sua honeymoon!

Tratamentos de spa para casais, cinema ao ar livre, jantares privativos estão entre as experiências. Viva o romance nas Maldivas!

Kuramathi Island Resort

O resort Kuramathi Island Resort promete que qualquer casal irá sentir-se numa lua de mel verdadeiramente luxuosa.

Com nada mais, nada menos que 12 restaurantes, um ginásio, 7 bares, quadra de tênis e maravilhosas piscinas, certamente é outro refúgio perfeito para sua lua de mel.

Além disso, o hotel é cercado por uma incrível vegetação e belíssimas praias que afunilam em intermináveis bancos de areia.

Huravalhi Island Resort

O Huravalhi, que tem preços bem competitivos para a região, é outro resort que mistura o moderno com o rústico, pois os quartos não desconsideram o magnífico visual da região, mas ao mesmo tempo, os ambientes têm um requinte clássico e sem exageros. 

Uma das opções de acomodação tem banheira em deck privativo. Além disso, é impossível não se encantar pelo restaurante submerso, onde muitos peixes lhe acompanham durante as refeições.

Milaidhoo Island

Apesar de não ser um dos resorts mais novos, pois foi inaugurado em 2016, o Milaidhoo Island é um resort boutique de luxo, localizado na reserva da biosfera da UNESCO do Atol Baa.

Com a proposta de “luxo reinventado”, ou seja, da vida simples e natural ao ar livre, promete oferecer experiências significativas para que você se enriqueça, além, do relaxamento, é claro!

Cercada de vegetação e praias de areia branca, a pequena ilha é um excelente local para snorkel e mergulho, ou seja, uma boa opção para os amantes da natureza. E se você tiver dúvida sobre os encantos da natureza, o resort ainda conta com um biólogo marinho que reside na ilha.

Mas destaque fica com o Ba’theli Lounge and Restaurant, construído como três, é o único restaurante do mundo sob um barco numa lagoa apresentando pratos gourmet inspirados pela antiga rota das especiarias

LUX* South Ari Atoll

Um dos queridinhos das celebridades, o LUX* South Ari Atoll é ao mesmo tempo um refúgio tranquilo e de aventura. Com toda a certeza, na linda ilha de Dhidhoofinolhu, onde fica o resort, seu sonho se torna realidade.

Ao longo de 4 quilômetros de praias, você encontra quase 200 vilas, seja sobre as águas ou na praia, seja no pôr ou no nascer do sol, mas com um detalhe essencial, todas bem espaçosas.

Dono de um centro de mergulho certificado, as águas límpida vão tirar seu fôlego, principalmente se você ama mergulhar ou fazer um simples snorkeling.

Além disso, oferece 2 piscinas de bordas infinitas que compõem um luxuoso beach club, quadra de tênis com iluminação artificial, mergulho noturno fluorescente, 8 restaurantes, 5 bares e um café.

Vakkaru Maldives

Também localizado no Baa Atoll, o Vakkaru valoriza bastante a cultura local e a sustentabilidade.

Dono de vegetação nativa e exuberante, decoração atemporal, além de 2 blue holes, promete privacidade total e sensação de reclusão incomparáveis.

A saber, tem apenas 2 anos e se você for fitness de carteirinha poderá malhar numa academia sobre as águas e depois, relaxar no spa, também sobre as águas. Para os amantes dos vinhos, o resort conta com adega de rótulos do mundo todo, sendo alguns raros e avaliados em USD 500 mil.

Já a gastronomia vai agradar até os mais exigentes paladares, com toda a certeza vai lhe encantar.

Obs: As blue holes são cavernas – ou buracos, azuis no meio do mar.

Finolhu

Finolhu, que na tradução significa “banco de areia”, foi Inaugurado em 2016, é um dos melhores resorts de praia das Maldivas e o queridinho dos brasileiros.

Suas deslumbrantes praias de areia branca se estendem por cerca de 2 quilômetros, espalhadas em 4 ilhas, o que proporciona amplo espaço para explorar e desfrutar.

Formada por 125 vilas privadas e 4 restaurantes, o resort é tão variado quanto a paisagem de corais do Baa Atoll. Assim, plantas tropicais alinham-se nos caminhos da ilha principal como em um jardim botânico. Além disso, você vai poder experienciar uma inesquecível noite na Beach Bubble.

De fato, um paraíso dentro do paraíso para você se “maravilhar”.

Quanto custa uma viagem para as Maldivas?

Certamente, se você chegou até aqui já deve estar se perguntando quanto custa ir para o paraíso, como também deve estar pensando ir, certo?

Antes de mais nada, as Maldivas correspondem a tudo aquilo que vemos nas fotos e, até onde eu sei, nunca decepcionou ninguém. E com toda a certeza, sua estadia por lá vale todas as horas gastas de avião, o jet lag e todos os dólares também. (risos)

Lua de Mel nas Maldivas, Agarre o Mundo

Mas chega de enrolação, não é? Então, saiba que as Maldivas, mais do que nunca, está bem mais acessível para brasileiros. Só para você ter ideia, o bangalô sobre as águas no LUX, hoje em dia (2021), custa em torno de R$ 18 mil reais por pessoa, incluso café da manhã, aéreo saindo de São Paulo e traslado no hidroavião.

Ah, e não pense que está caro não, viu? Até início de 2020, uma hospedagem como esta não saía por menos de 30 mil reais.

Em síntese, o investimento varia conforme resort escolhido, se é em bangalô sobre as águas, tipo de traslado até o resort, preço do aéreo e mais do que tudo, o câmbio e impostos locais.

Novidades

No início da segunda quinzena de abril, o Ministro do Turismo das Maldivas anunciou a intenção de oferecer vacinação do Covid-19 aos turistas, após a população local ser vacinada. O mesmo chamou a iniciativa de “3 VS: visit, vaccinate and vacation”, ou seja visita, vacina e férias.

Além disso, pretendem mudar as regras para entrar no país, assim, viajante que viajar já vacinado, não precisará fazer nenhum tipo de teste para entrar nas Maldivas.


Pronto para embarcar para as Maldivas?

Bem, eu já estou !

Maldivas é o cenário de sonhos. Local onde o sol brilha praticamente o ano todo e que tem 24h de conexão com a natureza. Certamente, uma lua de mel nessa parte da Ásia garantirá uma viagem de tirar o fôlego, cheia de encantos e cliques “instagramáveis”.

Então, se você sonha com a viagem perfeita, inspire-se com a nossa curadoria e faça seu planejamento, pois sua viagem tem tudo para ser em 2021 ou início de 2022.

Apesar do câmbio desfavorável, a viagem saí mais em conta do que os melhores valores em tempos normais. Certamente, é um negócio e tanto, e se apesar das dicas, preferir só ter o trabalho de arrumar as malas, basta falar com a gente! Planejamos e organizamos uma Viagem sob Medida para você.

Mas vamos aproveitar e fazer um apelo! Você já parou para pensar que toda vez que viajamos para um destino, nós mudamos ele um pouquinho?

Assim, produzimos lixo, gastamos água e energia, usamos locomoção que poluem… Ou seja, interferimos na natureza do local e muitas vezes, mesmo que de forma inconsciente, prejudicamos o meio ambiente.

E por conta disso, alguns destinos paradisíacos podem sumir do mapa, como as Maldivas, que segundo estudiosos, corre o risco de desaparecerem ainda no século XXI.

Entretanto, se cada um de nós fizermos nossa parte e nos tornarmos viajantes conscientes, o planeta e as Maldivas podem ser salvas. E se desejar saber mais sobre o tema, veja estes post aqui ou esse.

E se tiver alguma dica ou dúvida sobre as Maldivas, deixe nos comentários ou entre em contato via e-mail ou rede social com a gente.

Beijooooo e até sempre!


Se você gostou deste post e deixo aqui dicas de hospedagem de outro lugares

  1. Voyajando: Dicas de acomodação: trabalhando como camareira.

2- Experiencia Barbara: Hospedagem em Manaus, Presidente Figueiredo e de selva.

3- Descobrir e viajando: Onde ficar em Lisboa: melhores bairros.

4- Mundo Viajante: Onde se hospedar em João Pessoa (PB)

5- Elizabeth Werneck: Onde ficar em Aswan – Hotel Sofitel Legend Old Cataract.

6- Viajante Colorido: Melhores bairros pra se hospedar em Barcelona

7- De Lugar Nenhum: Onde se hospedar em Natal- RN

8- Classe Turista – Como escolher um bom hotel? Dicas para selecionar sua acomodação


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações.

Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

Parceiros Agarre o Mundo

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Sandra Hupsel

Baiana, mora em Salvador. Sensível e curiosa, gosta de ler e estudar sobre vários assuntos. Especialista em nutrição clínica e oncológica. Sempre gostou de viajar e após experiências negativas com os pacotes prontos de viagem, passou a organizar suas próprias viagens, de familiares e amigos. "Se faz sentir, faz sentido,"

Veja também

Compartilhe


13 comentários em “Maldivas: dicas de hospedagem para uma lua de mel incrível

  1. Que sonho de viagem! Não tinha me atentado aos detalhes de que cada região tem uma vida marinha diferente! Valeu muito a pena essa dica!

    1. Sim Luciana, é um sonho de viagem e a viagem dos sonhos de muita gente. Mas é importante ficar atenta aos mínimos detalhes, pois cada hotel e cada ilha têm suas peculiaridades. Já salva a dica para quando você for! Beijooo

  2. Achei sensacional a descrição da Dhoni. Mas o Aladdin não usa sapatos hahahaha!!! Se um dia for para as Maldivas, com certeza meu principal ponto de escolha será a melhor região para mergulhar. Gostei que vocês diferenciou isso no seu texto!

    1. Kkkk…existe um modelo exótico de sapato com a ponta arredondada que recebe o nome de “Aladim”. Geralmente faz parte da fantasia do Aladim que se usa no carnaval e afins, mas algumas marcas comercializam modelo semelhante. Muito bom saber que que você leu o texto com muita atenção. Aliás, Aladim, assim como eu, gostava de ficar descalço. E de fato, muita gente não sabe como as ilhas das Maldivas são diferentes. Gratidão e já salva essas dicas. Abraços, Sandra

    1. Já começa a planejar Elizabeth. O segredo é planejamento, mas se de repente sentir vontade de ir já em 2022, saiba que os resorts estão com vária campanhas promocionais…quem sabe, ne? vai que, de repente vc nas Maldivas, bejooo

  3. Estou impactada com esse post! Logo eu, que nunca fui de praia! São as ironias da vida, né? Hahahaha que lugaaar, se-nhooooor! Eu nem sabia que eu tinha um “turquesômetro”, mas ele está apitando fortemente aqui. Já vou começar a planejar essa viagem aí, ainda mais sabendo que as ações humanas estão contribuindo para a sua extinção.

    1. Jeanine, amei o seu comentário.
      Sim, o azul mexe com o ser humano de maneira intensa.
      E tendemos a escolher e desviar os olhos para a direção do azul.
      Vamos ativar o nosso Turquesômetro e conhecer o mundo, enquanto ainda existe.
      Beijinhos

Deixe uma resposta

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!