" /> Encontro com o Amor, porque você deveria ler este livro - Agarre o Mundo

Encontro com o Amor, porque você deveria ler este livro

Encontro com o Amor
escrito por Kenia Miranda

Hoje vou lhe contar minhas motivações para escrever o livro “Encontro com o Amor”. E você pode se perguntar, o que isso tem a ver com um site de viagem?

Eu acredito que a vida é uma viagem. E somos nós quem definimos a rota e o destino. Confesso que a minha viagem pela terra está recheada de viagens. Algumas delas, relatadas também no livro.

Encontro com o Amor

Agora pensa comigo: Quem nunca desejou ter um encontro com o amor?

E vou mais longe: Por que para algumas pessoas encontrar o verdadeiro amor é tão fácil e para tantas outras nem tanto?

Eu sempre me questionava: A sorte está no nascimento, ou seja, depende do lugar e família que nascemos ou somos nós quem traçamos o nosso destino?

Após estudar muitos anos sobre o assunto, cheguei a uma conclusão: Tudo parte do autoconhecimento. Assim, eu decidi contar um pouco da minha história para que você comece a entender sobre a mágica viagem chamada vida e então, comece a desenhar a vida que sempre desejou.

Encontro com o Amor

Uma das coisas que mais me chama a atenção é ver pessoas apenas passando pela vida, aceitando que assim ao entrar nela, já se tem um destino traçado e assim será, independente do que se deseja.

Eu penso o contrário, que temos a vida que desejamos e se ainda não a temos, podemos mudar pensamentos e comportamentos para que possamos usufruir da vida com toda a abundância que merecemos.



Uma infância ligada a intuição

Intuição

Durante muitos anos eu acreditava que tinha um dom. Porque desejava algo, e rapidamente isso acontecia. Dia após dia um dos meus pensamentos acabava se realizando. Eu achava tudo o máximo. Entretanto, algo não tão legal, aconteceu.

Foi a primeira vez que uma intuição me assustou muito em relação a pensar e acontecer um fato. Eu ainda era uma criança e tinha 9 anos. Acordei chorando e pedi para minha mãe ligar para minha tia, que iria passar uns dias no Araguaia. E chorando eu a pedi que não fosse naquela viagem.

E claro que ela não deu nenhuma bola para o que eu estava falando e disse: Não tem como não ir, eu já paguei a excursão e sairemos amanhã cedo. Então, numa última tentativa falei: Tia, então não entra na água.

Mais uma vez, isso não foi o suficiente para que ela me ouvisse e assim seguiu para a sua viagem ao Araguaia. Para que você entenda, o Araguaia é um rio grande que banha os estados de Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Pará, no Brasil. Então, ir acampar às margens do rio e não entrar na água estava fora de cogitação.

O pior aconteceu!

Em uma manhã, tentaram acordar a minha tia para um passeio de barco no rio. Por sorte, ela nunca foi de acordar cedo, então preferiu seguir dormindo. Infelizmente, o barco virou e um rapaz de 19 anos morreu afogado.

Talvez ela nem se lembre deste episódio com a mesma frequência com que eu me lembro. Imagina uma garotinha com 9 anos, ouvindo o relato do que havia acontecido. De fato, eu fiquei desesperada, pensando que eu poderia estar prevendo algo ruim.

Minha mãe não sabia como lidar com isso. Tão pouco tinha tempo para ler sobre qualquer coisa a respeito, para tranquilizar e acalmar o meu coração.

Será que eu tinha o poder de enxergar à frente do tempo?

Bola de vidro

Na época eu acabei acreditando nisso e sentia um medo profundo.

O que esse medo que senti me ensinou? Primeiro, preciso dizer que o medo tem um grande potencial ou para nos paralisar, ou, nos fazer fugir de algo que possa afetar a nossa sobrevivência.

Então, eu sozinha e tão pequena, decidi que não viveria com aquele medo dentro de mim. O medo dos meus próprios pensamentos. Assim, aprendi a bloquear a maioria dos pensamentos negativos que chegavam até mim.

Como a minha mãe tinha uma tendência a ser extremamente positiva, comecei a adotar também essa postura. Assim fui crescendo e desenhando uma vida pautada na positividade.

Agora imagina a minha felicidade, durante a fase adulta, ao fazer um curso chamado “Ciência da felicidade” em Harvard e perceber que essa positividade me colocou num lugar onde muitos almejam estar: vivendo feliz.

Conhecendo a lei da atração

Enquanto a minha infância ia ficando para trás, eu lia diversos livros, sobre vários assuntos. Até que um belo dia eu li algo sobre a lei da atração. Sinceramente, eu fiquei fascinada, já que esta lei tinha uma explicação para o que acontecia comigo.

Óbvio, que comecei usar a lei a meu favor. Eu desejava algo com todo o meu coração e ali estava ele esperando por mim.

Assim, o meu destino foi sendo desenhado por mim mesma e várias viagens aconteceram no meio do caminho. Fui morar no interior da Bahia, numa cidade chamada Boquira, detalhe, com um emprego me esperando. (coisas do Universo). Saí de lá, e fui parar em João Pessoa com outro emprego me esperando, sem eu nunca nem ter pisado na cidade.

Em João Pessoa, fiz meu mestrado, passando num concurso de apenas 6 vagas. Sem falar que não conhecia ninguém na Universidade e a professora que foi a minha orientadora, havia aceitado essa função apenas 2 semanas antes das provas.

Depois voltei para Brasília e aqui fiz o meu doutorado, da maneira que desejei. No meio do caminho, sem nem saber que tinha a possibilidade, a minha orientadora me perguntou, se eu desejaria receber uma bolsa. Isso mesmo! As coisas iam aparecendo sem eu ter que me movimentar muito.

Por que estou contando isso? Para que você perceba que nenhuma destas coisas foi ao acaso. TODAS elas, eu desejei no fundo do meu coração. Mais a frente você vai entender.

Usando a lei da atração intencionalmente

Assim que voltei para Brasília, após a minha separação, estava realmente descrente em relação a encontrar o verdadeiro amor. Até que um dia reli um livro e acabei escrevendo duas cartinhas para o Universo para atrair a vida que desejava.

Confesso que hoje eu tenho exatamente aquilo que pedi anos atrás. Atraí o homem que sempre desejei ter ao meu lado e sou muito feliz com a vida que tenho. Até posso afirmar que vivo num conto de fadas, não porque é a coisa mais importante na vida, mas porque eu mereço ter a vida que desejo.

E quando eu comecei a viver esta relação tão linda, a interação era tão grande que as pessoas começaram a me perguntar: Onde vocês se conheceram? Quando e como? Muitas vezes eu contava, até que um dia resolvi responder: “Vou escrever um livro e conto tudo.”

Anos se passaram e as pessoas começaram a questionar: Cadê o livro? Já escreveu? Então, eu simplesmente me sentei e comecei a escrever.

Encontro com o Amor


Mas a verdade é que eu não queria que fosse uma autobiografia. Eu queria que o livro mostrasse as pessoas que elas podem ter a vida que quiserem. E que isso não depende absolutamente de ninguém, apenas delas mesmas.

O livro Encontro com o Amor

Encontro com o Amor

Assim surgiu o livro “Encontro com o Amor”, que fala sobre o verdadeiro amor, aquele que existe dentro de nós.

Apenas esse amor e capaz de deixar a sua vida leve o suficiente para que outra pessoa, que também já encontrou o amor próprio, possa compartilhar uma vida junto, onde o respeito e a vontade de permanecer ali prevaleça.

Muitas pessoas acreditam que ter uma vida plena e feliz não é para todos. Que dirá ter uma pessoa que realmente se ama ao seu lado. Como se o amor fosse um bônus desta vida apenas para poucos.

Ao longo do livro eu vou lhe mostrar que isso não é verdade. Partimos do amor próprio para encontrar o amor que está sendo emitido pelo outro.

Encontro com o Amor

O que foi abordado no livro

Então, para ajudar a entender o processo abordei vários ensinamentos no livro, sempre exemplificando com alguma história para facilitar o entendimento, entre eles:

  • Felicidade e as suas falácias; Como podemos alcançar a felicidade e por que razão deixamos sempre para depois.
  • Autocura. E para que exista uma cura é necessário que se identifiquem os problemas, que estão diretamente associados as suas crenças. Geralmente, adquiridas na infância. Sempre digo que encontrar uma ferida nos traz dor, mas ao compreender essa dor, a deixamos partir.
  • Autorresponsabilidade. Sem dúvida, este é um quesito importantíssimo em toda e qualquer relação, inclusive a que você tem com você mesmo. Outro dia ouvi uma frase que fez tanto sentido para mim, que a uso com certa frequência: “Cada um tem a vida que merece.” E se você não está feliz na relação que vive hoje, quem pode tomar a atitude para mudar, e ter uma vida melhor, com uma relação saudável? Apenas você.
  • Auto perdão e como lidar com os sentimentos quando nos frustramos e tentamos ou precisamos mudar a rota.
  • Como ver a vida sobre a ótica da positividade. E os benefícios por ter uma postura positiva.

Ou seja, se fosse resumir o livro em uma única frase seria: o autoconhecimento é o caminho.

E por fim, como explicar tudo isso, com base na neurociência

cérebro

Assim, como eu não tinha ideia do que me aconteceu aos nove anos, acreditei posteriormente que a lei da atração era quem agia na minha vida.

Até que iniciei uma pós graduação em Neurociência e confesso que, de fato, tantas outras coisas que até então não eram claras, começaram a fazer sentido na minha vida. E por que não explicar a lei da atração, vista pela ótica da neurociência?

Foi exatamente isso que fiz no livro “Encontro com o Amor”. Expliquei de maneira clara o que acontece com o nosso cérebro e a nossa neuroquímica quando pensamos e temos alguns comportamentos.

Hoje consigo perceber que a minha vida foi desenhada, devido a emissão de energia que eu emanava ao vibrar em determinada frequência. E como a minha neuroquímica foi fundamental, para que tudo acontecesse conforme eu pedia.

E o que eu tenho para lhe dizer é que se eu consegui, você também conseguirá. Não só encontrar o amor próprio, como encontrar uma pessoa que você ame muito, e que deseja também compartilhar com você uma vida plena e feliz.

Acredite, a vida é feita hoje, e o amanhã é apenas a continuação das suas ações de hoje. Se você deseja viver uma vida plena amanhã, comece a trabalhar para isso, hoje.

Se você deseja ter inúmeras coisas boas na sua vida, comece a buscar nas pequenas coisas a grandeza do Universo. Mude pensamentos e comportamentos, entendendo, quem você foi e quem você deseja ser.

E claro, que sou suspeita para falar, já que fui eu quem escreveu o livro “Encontro com o Amor”. Mas faço questão de mostrar o que algumas pessoas estão falando sobre ele.

Depoimentos de quem leu o livro “Encontro com o Amor”

Sabrina Gomide

Um livro que te surpreende a cada trecho, que te passa mil ensinamentos com poucas palavras, que te faz viver e sentir uma história extremamente romântica sem que seja piegas, pelo contrário, muito realista e sólida. Este é o livro Encontro com o Amor.
Kênia Miranda consegue transmitir de forma tão simples e tão enriquecedora ensinamentos adquiridos ao longo dos anos de estudo e dedicação ao assunto.

Muito bem embasado, este conhecimento ganha agora o universo e é transmitido nestas páginas um recado a todas as mulheres, sem exceção, que pretendem tornar-se seres humanos melhores, mulheres seguras e realmente felizes, mais ainda, completas e realizadas em sua jornada!

Uma conversa enriquecedora e gostosa em um delicioso café com uma amiga querida, este foi o sentimento ao ler este livro, gratidão!

Suellen Lopes:

“Oiii!!! Que livro lindo! Quanto amor, esperança ele carrega, em cada página…
Obrigada, por me mostrar, através da sua história, que eu também posso ser feliz, ser próspera e alcançar tudo que eu desejo! Obrigada, por despertar em mim, o desejo de resgatar sonhos que eu nem sabia que ainda existiam e desejá-los com todas as minhas forças, porque hoje eu sei, EU MEREÇO cada um deles!!

Que, através do seu livro, muitas outras pessoas se inspirem e consigam ter nas suas histórias, páginas escritas com muito amor, esperança, superação e plenitude!
Parabéns, por esse belo trabalho!!”

Laisa Aragão:

“Bom dia! Tudo bem?! Não sei se lembra de mim, estive aí no centro odontológico, você me ajudou com uma consulta e no dia senti que foi tudo muito encaminhado por Deus. Nesse dia você me passou um livro seu, eu comecei a lê-lo ontem e ontem mesmo terminei.

Eu estava tendo uma crise de ansiedade muito forte, e estava muito mal, olhei para o seu livro na minha bolsa peguei e comecei a ler, quando percebi já havia terminado, tinha absorvido tudo e cada palavra que você havia escrito ali e vim pra lhe agradecer.

Eu iniciei um novo ciclo na minha vida ontem, escrevi minhas cartas e vou ser uma mulher como você. Que crê, pede e recebe! Eu já indiquei seu livro para outras pessoas porque quero que elas sintam o que eu senti, muitas pessoas precisam. Então só vim agradecer e dizer que se um dia você tiver um tempo, adoraria sentar e conversar, sou muito grata pelo que fez por mim naquele dia e por essa leitura extraordinária que me ajudou no exato momento que eu precisava.”

Vanessa Severiano:

“O Encontro com o Amor foi uma bela surpresa. Um livro descontraído, de leitura fácil, que mistura conhecimento científico e uma narrativa de vida.

Quando comecei a ler o livro, tive a impressão que o título deveria ser “Encontro com a vida”, pois era uma introdução maior do que encontrar um amor. Me surpreendeu. Traz uma abordagem para se viver de uma forma positiva, realizada e plena.

Olhar a vida com as lentes da positividade e do amor… Fiquei empolgada em absorver todo aquele conhecimento e reforçar o que já tenho como propósito de vida. No decorrer do livro, a história foi se passando e o porquê do seu título. Uma narrativa envolvente, em que as páginas se passam e o leitor nem percebe.”

Adriallen Gonçalves:

“Olá. Passando aqui para lhe agradecer por ter compartilhado o seu encontro com o amor com todos nós… confesso que até agora estou emocionada com tudo o que li sobre você e sua história de amor.

Confesso que fiquei com uma vontade imensa de correr atrás e fazer aquela minha cartinha para o Universo com tudo aquilo que eu almejo nessa vida.

Obrigada mais uma vez por essa linda história, espero também um dia poder chegar e lhe contar sobre a minha cartinha ao Universo, e que outras pessoas que estão lendo ou já leram façam o mesmo que eu, que não desistam tão fácil assim do amor. Um grande abraço, e estou pronta para o próximo livro.”

Carlos André Borges:

“Boa noite, Doutora! Eu apenas gostaria de agradecer por ter escrito e compartilhado o Encontro com o Amor, nós leitores fomos abençoados! Terminei chorando de tanta felicidade! Foi emocionante, da metade para trás eu chorei por algumas vezes. Foi lindo, lindo, lindo. Eu me vi em muitas cenas ali e hoje eu também vivo um conto de fadas com a minha esposa. Obrigado mais uma vez.”

Lisiane Carpaneda:

“Amiga, li seu livro em 4h!!! Foram 4h lhe ouvindo falar porque você conseguiu traduzir em palavras sua essência linda. Poucas pessoas têm o privilégio de ter uma pequena parte de sua vida relatada nas páginas de um livro. Obrigada por me proporcionar essa experiência!!! Você conhece minha memória, né? Então, reler nossas conversas e reviver todos aqueles sentimentos foi maravilhoso!

Parabéns por consegui traduzir em palavras a força da Dona Maria!!! Ela realmente é uma mulher de muita garra e você não é diferente. Orgulho poder conhecer e conviver com pessoas tão excepcionais. O Zé é exatamente o que você merece do Universo e desejo que continuem sentindo as borboletas no estômago até hoje!”

E como faço para adquirir o livro “Encontro com o Amor” e assim ter acesso a toda história e conhecimento existente nele?

Existem vários links de vendas, basta escolher e fazer o seu pedido: Um livro, Amazon, Magalu e Estante virtual. E claro, quando terminar a leitura, vou amar receber o seu feedback.



Kenia Miranda

Brasiliense, sempre disposta a aprender e descobrir o novo, com um apreço enorme por novas culturas e costumes. Apesar de ser formada em Odontologia, está sempre buscando novos caminhos e novos aprendizados. Uma das suas frases preferidas: "Minha alma é muito livre para ficar presa seja lá no que for."

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!