" /> Estocolmo: linda, colorida e charmosa - Agarre o Mundo

Estocolmo: linda, colorida e charmosa

Estocolmo
escrito por Bianca Oliver

Estocolmo, a capital da Suécia, por sua estrutura geográfica, ou seja, construída sobre água que abrange 14 ilhas, já faz da cidade um lugar especial, assim conta com inúmeras praias, já que situa-se as margens do lago Mälaren que se encontra com o mar Báltico.

A cidade está dividida entre a parte moderna e a medieval. A parte antiga, Gamla Stan abriga a Catedral de Estocolmo, que data do século XIII, um lindo Palácio (Kungliga Slottet) e o Museu Nobel, dedicado ao Prêmio Nobel. Além disso, suas ruas são fechadas para a circulação de carros, fazendo que o passeio seja bem mais tranquilo.

Suas ruas pavimentadas com pedras arredondadas e construções de cor ocre dão um charme especial a cidade, além das suas balsas e barcos de turismo que transportam os passageiros entre as ilhas. A cidade está ligada por 57 pontes e tem uma extensa área verde.

Não há em Estocolmo um edifício ou monumento, parque ou igreja com fama internacional, mas encanta pela harmonia do conjunto, sua mistura de arquitetura medieval e vanguardista, que por si só já encanta o viajante e o faz caminhar mais lentamente para apreciar tamanha beleza.

Sobre Bianca Santana

Sou jornalista, fotógrafa amadora, mãe da Violeta. Moro na Suécia desde 2019, estudo sueco todos os dias e estou com um projeto novo o @freyaPhotography_se, já que amo fotos e trabalho indiretamente com fotografia desde 2008.

Bia Oliver

Estocolmo é sinônimo de…

Certamente, acho que tranquilidade é a palavra que a define, pois aqui a vida é muito mais tranquila em relação à nossa rotina de São Paulo.

Além disso, a segurança de poder andar sozinha na rua em qualquer horário e a confiança na educação e na saúde, nos deixam bastante tranquilos.

Por que foi morar em Estocolmo?

Tudo começou com a situação em que se encontrava o Brasil, ou seja, a crise, a bagunça política, o crescimento do conservadorismo. De fato, tudo isso nos levou a considerar algumas propostas de trabalho que meu marido recebia da Europa.

A primeira proposta foi da Alemanha, mas não deu certo, a segunda foi da Suécia e o processo de seleção foi muito rápido. Aliás, durante o processo seletivo, pesquisamos muito sobre o país e vimos que a Suécia tinha tudo a ver com a gente.

Ou seja, contato diário com a natureza, a busca pela igualdade de gênero, o empoderamento das crianças desde a pré-escola, tudo isso influenciou na decisão.

Passamos um ano e meio morando no centro de Estocolmo, mas hoje moramos em Tyresö, distrito ao sul da capital.

Tyserö, Suécia
Tyserö

Estocolmo é uma boa cidade para se morar? Como é o clima?

Tanto Estocolmo como Tyresö são lugares ótimos, são cidades bem tranquilas, apesar de Estocolmo ser a capital do país, muitas vezes me sentia em uma cidade do interior.

O clima é bem diferente do Brasil, as estações do ano são muito bem marcadas e de fato, nós conseguimos sentir no ar quando a nova estação está chegando. A primavera e o verão são quentes, as temperaturas variam de 18 a 25 graus, embora, raramente chega próximo de 30 graus.

Estocolmo

O outono, com certeza é a minha estação favorita, pois as temperaturas variam de 0 a 15 graus e os dias são mais escuros e também mais molhados. De fato, eu sou apaixonada por dias cinzas, acho que contrasta com as árvores amarelas enquanto elas perdem suas folhas.

Estocolmo outono

Por enquanto (2020) só passei um inverno aqui, confesso que foi um pouco decepcionante. Eu esperava um natal com neve, como nos filmes da Netflix, mas quase não nevou e a neve que caiu só formou barro no chão, não deu para acumular. A temperatura mais baixa que pegamos aqui foi de -7, mas pessoas que estão aqui há mais tempo dizem que já pegaram -20.

Quando mudamos de cidade, costumamos estudar um pouco sobre suas características. Estocolmo superou as suas expectativas ou deixou a desejar?

Pesquisamos muito sobre o país e sobre Estocolmo a princípio. Vimos que era uma cidade bem planejada, com ótimas escolas, ótimos bairros, entretanto, nenhuma cidade é perfeita em nenhum lugar do mundo.

Os primeiros meses foram de deslumbramento com tudo, só para ilustrar, o transporte público que praticamente não atrasa, saúde gratuita para as crianças (inclusive remédios com receita médica).

Assim como escolas públicas com sistemas Montessori, assim como o Reggio-Emilia, auxílio do governo para quase tudo, a licença parental de mais de um ano. Não vou negar que a infraestrutura daqui é fantástica, pois aqui temos acesso à serviços e produtos que não tínhamos no Brasil.

Entretanto, com o tempo nós começamos a ver as coisas com um olhar mais sueco eu acho, ou menos deslumbrado, acabamos vendo pequenos defeitos aqui e ali. Ou seja, percebemos que nem tudo é perfeito, que também existem falhas no sistema. Embora aqui, os problemas sejam outros.

Por exemplo, percebo que muitos jovens fumam mais que no Brasil, que também existe problema com bebidas, mas a diferença é que aqui há um maior controle do Estado. De fato, os suecos são muito independentes e sozinhos, então durante o período de inverno aumentam os casos de depressão e suicídio, dados não muito divulgados para não incentivar ainda mais. Mas no geral, a nossa vida aqui superou muito as nossas expectativas.

Qual a característica de Estocolmo que mais lhe agrada?

A tranquilidade, sem dúvida. Aqui a vida tem que ser muito planejada, de tal forma que os suecos planejam tudo com meses de antecedência. Então, a impressão que eu tenho é que tudo é tão organizado que os suecos nunca estão com pressa ou atrasados.

Relógio

Além disso, o estilo de vida que equilibra muito bem a vida profissional e a vida pessoal. A saber, é muito raro um sueco ficar até mais tarde no trabalho e é mais raro ainda ver crianças na creche depois das 16 horas.

Os horários de trabalho aqui são bem flexíveis, dessa maneira os pais se organizam para ficarem mais tempo com as crianças.

O que foi mais difícil para se adaptar em Estocolmo?

Acho que não tivemos muita dificuldade em relação à cultura sueca, chegamos aqui com a cabeça aberta e preparados para nos adaptarmos, apesar de achar que o nosso estilo de vida já combinava com o jeito sueco de ser muito antes de virmos para cá.

O que ainda estranhamos um pouco são alguns alimentos específicos que os suecos amam, mas que não combina com o paladar brasileiro. Apenas para se ter uma ideia, o milho verde das refeições é sempre doce e alguns doces tem sabor e cheiro de desinfetante de lavanda.

Isso é licorice, o doce com sabor que nem sei descrever e quando você experimenta passa um bom tempo com esse sabor na boca. É um “doce” que divide até a opinião dos suecos, ou seja, ou você ama ou você odeia.

Quais as características mais marcantes do povo de Estocolmo?

O que eu mais gosto nos suecos é que eles literalmente não ligam para você, estranho falar isso, mas eu acho incrível você ter a liberdade de se vestir como quiser, ter tatuagens, piercings, cabelo colorido e ninguém olhar diferente ou julgar por isso.

Estocolmo

Eles reparam? Provavelmente sim, mas não demonstram. Então, é ótima a sensação de saber que tudo bem ir para o trabalho vestida de unicórnio que ninguém irá julgar.

Agora, o que um turista não deve fazer? Eu acho que é invadir o espaço dos suecos, pois eles são bastante reservados.

Quem viaja para Estocolmo não pode deixar de …

Conhecer Gamla Stan

Conhecer o Gamla Stan, a cidade velha ou medieval. É uma das mais preservadas da Europa, a arquitetura é fantástica e tem bastantes lojinhas de souvenirs.

Em Gamla Stan, além de andar por ruas antigas é possível visitar:

Stortorget

A praça mais antiga de Estocolmo, onde fica o Museu do prêmio Nobel e a igreja Riddarholmen.

Estocolmo
Foto: Bia Oliver

Palácio Real

A troca de guarda acontece às 10 horas da manhã e dá para ver gratuitamente. Também há visitas pagas, nas quais podem conhecer o Paradrum, SkattKammaren, Gustav IIIs Antikmuseum, Slottskyrkan e o Museum Tre Kronor.

Palácio Real Estocolmo
Foto: Bia Oliver

Museu do Prêmio Nobel

Como o próprio museu se define “Somos um pequeno museu com um grande conteúdo. Por meio de filmes, objetos únicos e visitas guiadas, você conhecerá lutadores pela liberdade, escritores e pesquisadores que contribuíram para o maior benefício da humanidade.”

Nobel Prize Museum
Foto: @canli.rotalar

Marten Trotzigs Gränd

É a rua mais estreita de Estocolmo, um lugar ótimo para uma selfie.

Conhecer o centro de Estocolmo

  • Drottninggatan: é uma das principais ruas de Estocolmo, é basicamente um calçadão com diversas lojas, restaurantes e cafés.
Drottninggatan, Estocolmo
Foto: Bia Oliver
  • Hötorgshallen: o mercadão de Estocolmo, é bem pequeno comparado aos mercadões do Brasil, mas dizem que a sopa de peixe que servem lá é fantástica. Eu ainda não provei.
  • Kungsträdgården: é onde acontecem os principais eventos da cidade, o Brazilian Day, por exemplo. No verão a praça ganha um espelho d’água e fontes e no inverno uma pista de patinação.
Kungstradgarden, Estocolmo no inverno
Foto: Bia Oliver
  • Nationalmuseum: O Museu Nacional é o museu de arte e design da Suécia., sendo também uma agência governamental encarregada de promover as artes. Incluem em suas coleções pinturas, esculturas, miniaturas, artesanatos, designs, desenhos, folhas gráficas e fotografias de retratos. A saber, no total, as coleções consistem em aproximadamente 700.000 objetos desde o século 16 até os dias atuais.
Museu Nacional Estocolmo
Foto: @mussaoimao

Conhecer a ilha dos museus

  • Vasamuseet: Um museu dedicado ao navio Vasa, encomendado pelo Rei Gustav, mas que naufragou antes mesmo de sair do porto. O navio preservado do século 17 que passou mais de 300 anos embaixo da água e hoje é o museu mais visitado da Escandinávia.
  • ABBA The Museum: com certeza é ponto de parada obrigatória para quem curte a banda.
Banda ABBA
  • Nordiska Museet: o museu tem diversos acervos que contam a história e as tradições suecas, ainda é um dos lugares que preciso visitar.
Nordiska Museet, Estocolmo
Foto: @nordiskamuseet
  • Skansen: o museu a céu aberto, pode considerar que vai gastar metade do dia passeando por ele. Está situado na ilha de Djurgården em Estocolmo. Ele reproduz todas as regiões da Suécia desde meados de 1720 até 1965, com animais típicos de cada área do país.

Skansen, o museu a céu aberto é uma das nossas atrações favoritas. Lá é possível ver como eram as vilas antigamente, tem personagens que mostram como era o estilo de vida, tem zoológico. É perfeito para quem está viajando com criança também.

  • Junibacken: é o museu perfeito para quem tem criança. Lá é possível conhecer o mundo da Pippi, a personagem infantil mais famosa da Suécia.

Passear livre pelas ruas de Östermalm, conhecer o Historiska Museet, passear pelo Humlegården.

Por fim, visitar o Monteliusvägen, é um lugar incrível para ter uma vista panorâmica da cidade de Estocolmo.

Monteliusvägen, Estocolmo
Foto: @micaelwidell

É caro morar em Estocolmo?

De fato, Estocolmo é uma cidade cara. Acredito que uma pessoa solteira precise ganhar no mínimo umas 20 mil coroas para se manter com tranquilidade, ainda assim, morando no subúrbio.

E para o turismo?

Para o turismo é tão caro quanto morar aqui, talvez provavelmente um pouco mais, porque o turista vai querer conhecer e comer em lugares que geralmente são mais caros por estarem em zonas turísticas.

Contudo eu deixo aqui uma dica para quem vem a turismo, venha preparado para andar de transporte público, mesmo com criança pequena.

O transporte público é ótimo e é bem tranquilo se locomover, inclusive com carrinho de bebê, quer seja de ônibus, quer seja de metrô. Apesar de ser caro o cartão do transporte público, sai mais barato do que andar de táxi, por exemplo.

Comida nos move. Quais especialidades gastronômicas que mais se destacam em Estocolmo?

Com toda a certeza, o prato sueco que é mais popular e que mais agrada o brasileiro é o Köttbulle, é uma espécie de almôndega e geralmente é servido com purê de batata e molho de lingonberry.

Köttbulle, comida tradicional da Suécia
Foto: @altomminmat_jonas

Também tem o kanelbulle, um bolinho de canela maravilhoso que é servido em praticamente todos os cafés.

Para quem busca uma experiência diferente, com direito a show burlesque e pratos deliciosos, o Melt Bar é a melhor opção, sendo uma experiência bem divertida. Agora, se a intenção é experimentar clássicos suecos o Man in the Moon é perfeito, pois é um pub que serve pratos suecos e de outros lugares do mundo também.

Nós gostamos bastante do Joe & Juice, tem vitaminas e sanduíches muito bons e o custo benefício faz valer a pena.

O meu preferido é o Espresso House, o chocolate quente é maravilhoso e vale a pena experimentar todos os bolos e sanduíches.

Expresso House, Estocolmo
Foto: Bia Oliver

De fato, comer fora (restaurantes) em Estocolmo é caro, uma refeição barata é em média 100 coroas.

E tem muitos lugares bons espalhados pela cidade com este preço, desde lanchonete à rodízio de japonês.

Algum local com refeição saborosa com o valor mais em conta?

O que os suecos fazem, quando desejam uma refeição mais em conta, é comprar marmita pronta no supermercado e comer sentado no parque. Sim, não é vergonha nenhuma fazer isso. No verão é ótimo, econômico e super agradável.

Foto: Bia Oliver

E que programas a cidade oferece para as crianças?

A Suécia, no geral, é um país preparado para crianças. Por exemplo, o transporte público permite andar tranquilamente com carrinho de bebê.

E o melhor, o responsável que está com carrinho de bebê não paga passagem de ônibus, mas metrô e trem tem que pagar.

Existem playgrounds em todas as áreas da cidade, só aqui perto de casa tem 3 parquinhos, sem contar o da escola dela que fica aberto aos finais de semana.

E os parquinhos são públicos, no início eu ficava meio tímida de abrir o portãozinho e entrar, mas é assim que funciona. Os portões são para que as crianças não fujam.

Que lugar você sugere para badalar à noite em Estocolmo?

Acho que Stureplan é o lugar ideal, com bares e casas noturnas, mas pelo pouco que vi as baladas aqui são bem mais tranquilas do que as brasileiras. E Södermalm, uma ilha com ótimos restaurantes.

Quais os melhores lugares para fazer compras em Estocolmo?

Que tipo de compras? Roupas, maquiagens, presentes? Acho que na Drottninggatan tem as principais lojas (H&M, Zara, Kaphal, Lindex, etc), inclusive a Åhléns, com as principais marcas (Mac, Filippa K, Calvin Klein, Lacoste, Michael Kors, etc).

Se for supermercado Wyllis é bem barato e tem bons produtos, ICA é um pouco mais caro, mas tem mais diversidade.

Indica algum bate e volta partindo de Estocolmo?

Sigtuna, é uma cidadezinha bem pequenininha mais ao norte de Estocolmo. É possível ir para lá de trem (pendeltåg) e passar o dia por lá. O centro é repleto de lojinhas e restaurantes, tem pedras de ruinas espalhadas por toda a cidade e a ruína de uma igreja. Vale muito a pena o passeio.

Estocolmo  é uma cidade segura para morar e passear?

Estocolmo é uma cidade bastante segura, Tyresö também. Acho que não tem um lugar perigoso, que deva ser evitado, até porque somos brasileiros, né? O que acontece por aqui são crimes pequenos, batedor de carteira ou pequenos furtos, por exemplo, mas acho difícil acontecer.

Estocolmo

Eu por exemplo, às vezes entro em algum comércio e deixo o carrinho da Violeta do lado de fora, às vezes com brinquedo e a mochila dela, tem pessoas que deixam até a criança no carrinho. Então, nos sentimos seguros aqui sim.

Sempre temos um lugar especial, que vamos com frequência, seja um parque, um café ou qualquer outro lugar. Qual é o seu lugar especial em Estocolmo? E por que é tão especial?

Quando eu morava em Estocolmo eu gostava de andar por Gamla Stan e pela área verde que tinha perto de casa.

Agora em Tyresö caminho bastante pela floresta, quase todos os dias. É uma dica para quem vem “turistar”, conheçam e desfrutem das áreas verdes.

Na sua opinião qual é a melhor região para hospedagem em Estocolmo?

Difícil responder também, acho que cada um tem um objetivo quando viaja. O fato é que se a pessoa quiser ficar mais próxima do centro de Estocolmo, a hospedagem vai sair mais cara. Mas todas as regiões da cidade são boas e todas tem acesso fácil ao transporte público.

Tudo depende de como deseja passar os seus dias na cidade. Assim você pode escolher ficar num hotel de alto padrão como o clássico e luxuoso At Six ou escolher um hotel três estrelas que atenda muito bem as suas necessidades como o First Hotel Kungsbron ou o Best Western Royal Star.

O que mais você sente falta do Brasil?

Acho que da família e da comida. (risos)


E assim terminamos o artigo de Estocolmo

Você já esteve em Estocolmo? Se não, tem vontade de conhecer?

Mas se você já visitou e tem dicas para compartilhar com nossos leitores, agradecemos. Ah, sugestões e críticas também são bem-vindas!

E se gostou das dicas, confira também os artigos de brasileiros que vivem em outras cidades como Orlando, Boston, Madrid e Antuérpia, entre outras.

Se puder deixar o seu like no fim do artigo, agradecemos, pois isso ajuda a levar nosso conteúdo a mais pessoas e principalmente, saberemos que você gostou do que leu.

Além disso, se desejar saber mais novidades sobre o Agarre o Mundo, é só acompanhar através das redes sociais, seja bem-vindo(a).


Selamos pela qualidade da sua leitura

Optamos por manter o site limpo de propaganda, pois acreditamos na nossa missão de levar um conteúdo de qualidade e não seria justo com o leitor ter várias caixas de distrações. Entretanto, se você quiser colaborar com o site do Agarre o Mundo, pode organizar toda a sua viagem através dos nossos parceiros, e você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

parceiros

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Bianca Oliver

Amo fotografia, trabalho indiretamente com foto desde 2008, com o @freyaphotographe_se um projeto que visa fazer ensaios de rua, meu hobby está se tornando algo profissional, assim posso usar a criatividade e o meu olhar.

Veja também

Compartilhe


2 comentários em “Estocolmo: linda, colorida e charmosa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!