" /> Copa do Mundo no Qatar, com o que se preocupar? - Agarre o Mundo

Copa do Mundo no Qatar, com o que se preocupar?

Copa do Mundo no Qatar
escrito por Kenia Miranda

Copa do Mundo no Qatar, com o que se preocupar? Quem não ama uma Copa do Mundo? Mesmo para quem não gosta de futebol, a energia da copa vem e contagia e quando menos se espera, a pessoa já está assistindo e torcendo.

Para nós brasileiros que amamos um verão, altas temperaturas, temos toda uma cultura de afeto e demonstração de carinho, devemos pensar como se passará a copa num país com uma cultura tão diferente da nossa.

Pensando nisso, resolvi escrever um post sobre algumas preocupações reais que você deve ficar atento.

Entendendo o Qatar

Qatar (ou Catar, nome oficial) é um pequeno país do Oriente Médio. Mas enorme economicamente. O Qatar corresponde a um emirado. Ou seja, é um território administrado pelo membro da classe dominante, aqui no caso, o emir.

Copa do Mundo no Qatar

Para você ter uma noção do tamanho do país, saiba que ele conta com uma área de 11.610 km². Apenas para você se situar, o Qatar é ainda menor que o nosso menor estado brasileiro, Sergipe.

Como um país tão pequeno pode ser tão rico? Aliás, ele foi considerado o país mais rico do mundo, pelo Fundo Monetário de Investimentos, em 2022.

Isso se dá por conta da indústria de exploração do petróleo. Que representa 70% da receita da nação, 60% de seu PIB e 85% dos seus ganhos de exportação.

Sem dúvida, essa riqueza toda teve um peso para a FIFA escolher o Qatar como sede da próxima Copa do Mundo de futebol, em 2022.

É importante ressaltar que o Qatar é um país islâmico e com costumes muito diferentes dos nossos. Então, não deixe de prestar atenção as regras e restrições que prevalecem no Qatar e que você não pode deixar de observar, se você vai a Copa do Mundo no país.



Cuidados para aproveitar a Copa do Mundo no Qatar:

1- Demonstrações de carinho em público

Afeto em Público

Brasileiro é sinônimo de carinho. Gostamos mesmo de dar beijinhos e abraços. Se você nunca observou, comece a analisar os comportamentos num jogo de futebol. Assim que sai gol, nos abraçamos, pulamos juntos e não temos problema algum ao fazer isso com pessoas que nunca vimos.

Mas, vale ressaltar que no Qatar manifestações de afeto não são bem vistas. Aliás, o código penal do país enquadra não só beijos e abraços, como também aperto de mão entre pessoas de sexo oposto como atos obscenos.

Quando estive em Dubai, fiquei bem tensa por conta de todas as regras do país e meu marido (na época namorado) me falava que Dubai era super tranquilo perto de Doha, no Qatar.

2- Relações LGBTQIA+

Israel LGBT, Agarre o Mundo

Se as manifestações de afeto em público, inclusive entre marido e mulher não são bem vistas no país, saiba que relações entre pessoas do mesmo sexo são ilegais e podem ser punidas com até 7 anos de prisão. Segundo o presidente do comitê todos os torcedores serão bem vindos, mas ainda assim não vão aceitar manifestações de afeto em público, independentes do sexo.

Neste país não existe uma lei de proteção para pessoas, nem acusações de que o outro está sendo homofóbico. É a regra e ponto.

3- Consumir bebida alcoólica em espaços públicos

Bebidas Alcóolicas

Imagine para o brasileiro, ir a um torneio de futebol, sem beber a sua cervejinha. Aliás, muitos acreditam que futebol sem cerveja não é futebol. Pois bem, se você não consegue ir a um estádio e não beber a sua cerveja ou outra bebida alcóolica, então não vá a Copa do Mundo no Qatar.

A não ser que você esteja num espaço VIP, onde bebidas serão vendidas e poderão ser consumidas. Pensando nos inúmeros visitantes, alguns estabelecimentos, designados pela FIFA, venderão bebidas e também nestas áreas será permitido o consumo.

4- Roupas escolhidas para curtir a Copa do Mundo no Qatar

Abaya, Abu Dhabi, Agarre o Mundo

Uma das minhas maiores preocupações ao viajar para Dubai, era sobre a roupa que eu usaria. Embora mesmo coberta, com roupas que tampavam os braços e as pernas, os olhares que vinham na minha direção não era confortáveis. Porque eram roupas ocidentais e querendo ou não, por si só, já chamavam a atenção.

Eu já contei em outros posts sobre algumas turistas que vi no shopping em Dubai, com shorts curtíssimos e eu ficava pensando, quanto a afronta as regras e a cultura seria isso para eles.

No Qatar, como comentei, as regras são bem mais fechadas. Quando meu marido esteve no Qatar em 2012, ele comentou que não viu nenhuma mulher sem a sua abaya (vestido longo que se coloca por cima da roupa) e com os cabelos expostos.

Observando uma cultura

Uma das coisas que mais gostamos de observar como brasileiros, é o que o outro veste. Em muitos países isso pouco importa, como comentamos em alguns artigos dos Novos Olhares, onde as meninas iam ao supermercado de pijama e não recebia nenhum olhar diferente por isso.

Já no Qatar, o meu marido, que é português, fala que ficava olhando os sapatos das meninas, pois como não se dava para observar nada além dos olhos, que aliás, não podiam ter trocas longas de olhares.

É claro que por debaixo das abayas, roupas caríssimas são usadas. Já que seus sapatos eram de lojas de grandes nomes como: Louis Vuitton, Hermes, Prada entre outras.

Termino de escrever este texto com um sorriso no rosto, pois dizem que nós mulheres nos vestimos para sermos observadas por outras mulheres. Fico pensando se em Portugal as mulheres estão sendo avaliadas por homens.

E assim, segue a minha vontade de morar em lugares que isso pouco importa, como diz o grande Chicco,que vive no ártico, ele diz que lá todos se vestem igual, já que precisam de roupas que os protejam do frio e o que menos importa é a marca ou apetrechos existentes nelas.

Então o que usar?

Não digo que as meninas tenham que usar abaya, mas evitem shorts e regatas. Dê preferencia para saias abaixo dos joelhos e nada de decotes também, mesmo que o calor seja muito para suportar. E para os rapazes, nada de sair sem a camiseta mostrando o abdômen que malhou o ano todo para ser exposto ao público.

5- Fotografias não autorizadas

Fotografia sem autorização

Outro dia fiz um curso de fotografia e chegamos num assunto que deveria ser abordado mais intensamente pelas pessoas. Fotografar pessoas sem autorização.

E não precisamos ir ao Qatar para fotografar uma mulher vestida com uma abaya ou com uma burca, e sofrer as consequências disso. Já que lá, fotografar ou filmar as pessoas sem autorização é crime.

Um dos alunos comentou que uma peruana ao vê-lo com a sua máquina fotográfica, lhe virou as costas e saiu correndo. E o guia comentou que elas não aguentam mais serem fotografadas por todos os turistas que vão até lá.

Hoje com as redes sociais e com todos os celulares com câmeras fotográficas, perdemos a noção dos nossos limites e muitas vezes acabamos invadindo o espaço do outro.

E se você deseja sentir na pele como é ser diferente num país, onde você é atração, vá para o interior da China. Lá, você é a estrela e será fotografado de todas as formas, até enquanto estiver comendo.

Minha história com a fotografia e a polícia de Manchester

Aqui vou contar um fato que me ocorreu em Manchester. Estávamos caminhando pela rua (meus primos e eu), quando meu primo viu um prédio com as insígnias da polícia, no alto de um prédio do outro lado da rua. Então, levantou a câmera e fez algumas fotos.

Algumas minutos depois, a polícia veio num carro rapidamente e nos abordou com as mãos em suas armas de fogo. Fizeram várias perguntas e não estávamos entendendo nada, pois minha prima e eu estávamos andando a frente dele e nem o vimos tirar a bendita foto.

Até que um dos policiais de repente olhou para câmera e perguntou porque ele havia tirado uma foto do prédio da polícia.

Ele explicou que também era policial no Brasil e lhe mostrou a sua identidade militar. Só então fomos liberados. Então, se passar por policiais ou prédios onde eles trabalham no Qatar, não invente de fotografar, pois isso é proibido e trará muita dor de cabeça.

Regras de entrada no Qatar para assistir a Copa do Mundo

Eu preferi aqui não falar das regras em relação a vacinação, pois isso muda constantemente e diariamente.

Mas não posso deixar de falar para ficar atento a isso, pois nada pior que chegar para embarcar para um país e ser barrado por não estar com toda a documentação arrumadinha conforme as regras exigidas.

Boa Copa do Mundo no Qatar para você

Após estar atento as regras, tenho certeza que a diversão será garantida. E você vai amar conhecer um país tão culturalmente diferente do nosso.

Caso a cidade escolhida seja a capital Doha, você vai amar ver prédios tão diferentes e tantas atrações legais. Como fazer um tour romântico pela cidade (sem manifestações de afeto) ou fazer um passeio no deserto com um 4×4, cheio de aventuras.

Colabore com o Agarre o Mundo

Gentileza, gera gentileza. Se você acredita que o nosso conteúdo foi de alguma maneira útil para você, uma forma de retribuir é utilizar os nossos links de parceiros afiliados na organização das suas viagens. Você não gastará nenhum real a mais por isso e ainda ganhará desconto em alguns serviços.

Parceiros Agarre o Mundo

Saiba que podemos lhe ajudar em toda a sua viagem, e ainda se desejar um roteiro para curtir sua viagem, sem nenhum trabalho para organizar, basta contactar com o Blog.

Montamos desde roteiro personalizado e exclusivo conforme o perfil do viajante, até uma viagem completa, incluindo restaurantes, dicas de compras, chip, etc.

Beijinhos e até mais



Kenia Miranda

Brasiliense, sempre disposta a aprender e descobrir o novo, com um apreço enorme por novas culturas e costumes. Apesar de ser formada em Odontologia, está sempre buscando novos caminhos e novos aprendizados. Uma das suas frases preferidas: "Minha alma é muito livre para ficar presa seja lá no que for."

Veja também

Compartilhe


Deixe uma resposta

VOLTAR AO TOPO
error: Content is protected !!